A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
AV LEGISLAÇÃO FISCAL, TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA

Pré-visualização | Página 1 de 1

1a Questão (Ref.: 202004928967) 
Sobre dano moral e dano material, assinale a alternativa correta: 
 
 
Só geram o direito à indenização caso comprovada a culpa do agente causador do dano. 
 
Como estão previstos no Código Civil, não se aplicam às relações de emprego. 
 
O primeiro significa dano patrimonial e o segundo dano extrapatrimonial. 
 
Como o dano moral trata de dano que não pode ser quantificado, pois se trata de dano 
a um bem imaterial, não é indenizável no Direito do Trabalho brasileiro. 
 
Nas relações de emprego, os empregados que sofrem dano material ou moral podem 
ser indenizados independentemente de culpa do empregador. 
 
 
 
 2a Questão (Ref.: 202004928999) 
A gratificação de função se trata: 
 
 
De verba que pode ser reduzida enquanto o trabalhador permanecer exercendo a 
função que a ensejou. 
 
Nunca poderá ser paga em valores inferiores a 40%. 
 
De verba de natureza indenizatória pelo exercício de atribuição de maior importância e 
com maior liberdade. 
 
De verba que, se recebida por mais de 10 anos, mesmo após a edição da Lei nº 
13.467/17, não pode ser suprimida, conforme preceitua a CLT. 
 
De verba de natureza salarial, integrando mesmo quando do exercício de alguma função 
de confiança ou de chefia, significando plus salarial por isso. 
 
 
 
 3a Questão (Ref.: 202004929047) 
Aponte a alternativa que representa um programa ou área de atuação direta por parte do 
Estado e que, ao mesmo tempo, é entendido como seguro social: 
 
 
Segurança Pública. 
 
Previdência social. 
 
Seguro saúde. 
 
Benefício de Prestação Continuada BPC-LOAS 
 
Médico da Família 
 
 
 
 4a Questão (Ref.: 202004929250) 
Sobre os benefícios por incapacidade, assinale a alternativa correta: 
 
 A carência mínima para o gozo de benefícios por incapacidade é de 10 meses. 
 O segurado empregado que, em razão de incapacidade, se afasta do trabalho por 
30 dias, terá os primeiros 15 dias de auxílio-doença pagos pela empresa, que 
poderá se reembolsar desse valor perante a previdência quando do pagamento de 
suas contribuições. 
 O auxílio-acidente pode ser pago com valor abaixo de um salário-mínimo, mas isso 
não ocorre com o auxílio-doença. 
javascript:alert('C%C3%B3digo da quest%C3%A3o: 3876225/n/nStatus da quest%C3%A3o: Liberada para Uso.');
javascript:alert('C%C3%B3digo da quest%C3%A3o: 3876257/n/nStatus da quest%C3%A3o: Liberada para Uso.');
javascript:alert('C%C3%B3digo da quest%C3%A3o: 3876305/n/nStatus da quest%C3%A3o: Liberada para Uso.');
javascript:alert('C%C3%B3digo da quest%C3%A3o: 3876508/n/nStatus da quest%C3%A3o: Liberada para Uso.');
 Quando o segurado ingressa no RGPS já portador de incapacidade, apenas é 
admitida a concessão de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez caso sua 
doença esteja especificada na lista de patologias contida no Decreto que 
regulamenta essa modalidade. 
 Uma vez perdida a qualidade de segurado, a pessoa que retorne ao sistema deverá 
se submeter novamente à carência prevista em lei, qual seja, 12 meses. 
 
 
 
 5a Questão (Ref.: 202004935648) 
Segundo o Código Tributário Nacional, o tributo: 
 
 
é cobrado mediante autolançamento. 
 é instituído mediante ajuste firmado entre as partes envolvidas na relação 
jurídico-tributária. 
 
é instituído e cobrado, com base nas regras previstas em decreto expedido pelo 
chefe do Poder Executivo Federal. 
 é toda prestação pecuniária opcional. 
 não se constitui como sanção de ato ilícito. 
 
 
 
 6a Questão (Ref.: 202004935730) 
Sobre a obrigação tributária acessória, é incorreto afirmar-se que: 
 
 
Tem por objeto prestações sempre positivas previstas na legislação tributária. 
 
Sua inobservância converte-se em obrigação principal, relativamente a penalidade 
pecuniária. 
 
Tal como a obrigação principal, supõe, para o seu surgimento, a ocorrência de fato 
gerador. 
 
Realizar matrícula no cadastro de contribuintes, emitir nota fiscal e apresentar 
declarações ao Fisco constituem, entre outros, alguns exemplos. 
 
Objetiva dar meios à fiscalização tributária para a investigação e o controle do 
recolhimento de tributos. 
 
 
 
 7a Questão (Ref.: 202004929063) 
Não é segurado obrigatório do Regime Geral de Previdência Social: 
 
 
Dona de casa de baixa renda. 
 
Trabalhador anônimo. 
 
Médico residente. 
 
Empregado doméstico. 
 
Trabalhador avulso. 
 
 
 
 8a Questão (Ref.: 202004935735) 
javascript:alert('C%C3%B3digo da quest%C3%A3o: 3882906/n/nStatus da quest%C3%A3o: Liberada para Uso.');
javascript:alert('C%C3%B3digo da quest%C3%A3o: 3882988/n/nStatus da quest%C3%A3o: Liberada para Uso.');
javascript:alert('C%C3%B3digo da quest%C3%A3o: 3876321/n/nStatus da quest%C3%A3o: Liberada para Uso.');
javascript:alert('C%C3%B3digo da quest%C3%A3o: 3882993/n/nStatus da quest%C3%A3o: Liberada para Uso.');
Sobre a hipótese de incidência, é correto afirmar que: 
 
 
A não incidência tributária é hipótese de imunidade qualificada pela interpretação, a 
contrário sensu da hipótese de incidência. 
 
A não incidência não se confunde com a imunidade, pois esta é ausência expressa em 
norma constitucional de competência, enquanto aquela é um fato que não está descrito 
em norma como fato gerador de tributo. 
 
A norma que descreve os casos de não incidência tributária tem natureza de isenção 
quando se tratar de lei ordinária, mas tem natureza de imunidade quando se tratar de 
lei complementar. 
 
A mesma norma que descreve a hipótese de incidência deve descrever, objetivamente, 
as hipóteses de não incidência tributária. 
 
Trata-se da descrição abstrata de fato que, se acontecer por meio do lançamento, faz 
surgir o crédito tributário. 
 
 
 
 9a Questão (Ref.: 202004929019) 
Assinale a alternativa que apresenta uma afirmação correta sobre o pagamento do 
salário: 
 
 
Pode ser pago em pecúnia ou totalmente em utilidade. 
 Pode ser pago em pecúnia, somente. 
 
Só pode ser pago em utilidade caso seja comprovadamente impossível pagar em 
pecúnia. 
 
Pode ser pago em pecúnia e em utilidade, tal como comida, roupas ou vinho. 
 
Pode ser pago em pecúnia e em utilidade, mas jamais somente em utilidade. 
 
 
 
 10a Questão (Ref.: 202004929074) 
Sobre o valor dos benefícios no RGPS, podemos afirmar que: 
 
 
O fator previdenciário é obrigatório nas aposentadorias por idade. 
 
O fator previdenciário não será aplicando em nenhum dos benefícios concedidos a 
partir da promulgação da EC 103/19. 
 
O Salário de Benefício (SB) é obtido através de uma média dos salários de 
contribuição (SC) durante o período básico de cálculo (PBC). 
 
O período básico de cálculo (PBC) leva em conta apenas os meses em que há 
contribuições vertidas ao sistema. 
 
A Renda Mensal Inicial (RMI) não sofre redução em razão da acumulação de 
aposentadorias e pensões, mesmo depois da EC 103/19. 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo da quest%C3%A3o: 3876277/n/nStatus da quest%C3%A3o: Liberada para Uso.');
javascript:alert('C%C3%B3digo da quest%C3%A3o: 3876332/n/nStatus da quest%C3%A3o: Liberada para Uso.');