A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
AV1 Legislação Fiscal, trabalhista e previdenciaria

Pré-visualização | Página 1 de 2

Questão
	Acerto: 1,0  / 1,0
	
	João celebrou um contrato de trabalho com a empresa Benfica Automóveis S/A, no qual restou consignado que o seu intervalo para almoço seria de 2 horas. Após 2 anos trabalhando dessa forma, a empresa unilateralmente alterou o horário de almoço o adequando ao que preceitua a CLT, ou seja, 1 hora. Diante de tal quadro, marque a alternativa correta:
		
	
	A empresa tem o direito de fazer isso, visto que a CLT prevalece sobre o que fora acordado, por ser uma lei.
	 
	A empresa não tem o direito de fazer isso, pois tal conduta viola o princípio da Inalterabilidade contratual (unilateral) in prejudicial.
	
	A empresa tem o direito de fazer isso, em razão do princípio da primazia da realidade caso haja real necessidade para tanto.
	
	A empresa não tem o direito de fazer isso, pois tal conduta viola o princípio da primazia da realidade.
	
	A empresa não tem o direito de fazer isso, pois tal conduta viola o princípio da autonomia da vontade.
	Respondido em 22/09/2020 07:34:20
	
	Explicação:
A empresa não tem o direito de fazer isso, pois tal conduta viola o princípio da Inalterabilidade contratual (unilateral) in prejudicial.
Resposta no Módulo 1.
	
		2a
          Questão
	Acerto: 1,0  / 1,0
	
	Assinale a alternativa incorreta:
		
	
	O entendimento dominante é o de que o adicional de insalubridade não pode ser recebido conjuntamente com o adicional de periculosidade, ainda que o trabalhador esteja exposto a riscos que ensejem o pagamento de ambos.
	
	O valor a ser recolhido pelo empregador para a conta vinculada do empregado é de 8% das parcelas remuneratórias.
	
	O terço de férias deve ser pago até 2 dias antes do gozo das férias.
	
	Férias devem ser gozadas em até 12 meses após a aquisição de seu direito, que se dá após 12 meses de trabalho.
	 
	A multa de 40% dos depósitos do FGTS é devida quando ocorre despedida do empregado por justa causa.
	Respondido em 22/09/2020 07:32:33
	
	Explicação:
A multa de 40% dos depósitos do FGTS é devida quando ocorre despedida do empregado por justa causa.
Resposta está no Módulo 2.
	
		3a
          Questão
	Acerto: 1,0  / 1,0
	
	Sobre a Previdência Social no Brasil, não é correto afirmar.
		
	
	Através da equidade, é possível instituir contribuições menores para os mais necessitados.
	
	Antes do INSS como órgão gestor do RGPS, houve caixas setoriais para certas profissões.
	
	Há diversos regimes próprios de previdência social, mas apenas um regime geral.
	
	O seguro-desemprego é um benefício previdenciário, ainda que não pago pelo INSS.
	 
	Promove programas de segurança alimentar e atendimento médico a famílias necessitadas.
	Respondido em 22/09/2020 07:32:49
	
	Explicação:
Promove programas de segurança alimentar e atendimento médico a famílias necessitadas.
Respostab está no Módulo 1. 
	
		4a
          Questão
	Acerto: 1,0  / 1,0
	
	Assinale a alternativa correta considerando a questão dos crimes previdenciários.
		
	
	Os crimes que foram migrados da LCPS para o CP dizem respeito exclusivamente a fraudes relacionadas à concessão de benefícios.
	
	Houve revogação, anistia, ou o que se denomina no Direito Penal como abolitio criminis, com a migração de alguns crimes previdenciários para o Código Penal com a Lei 9.983/00.
	 
	Houve perdão ou retirada do ordenamento jurídico dos crimes ou tipos penais que migraram da LCPS ¿ Lei 8.212/91 para a Lei 9.983/00.
	
	O advento da Lei 9.983/00 não implicou migração de tipos penais para o Código Penal que antes estavam previstos no art. 95 da Lei de Custeio da Previdência Social (LCPS ¿ Lei 8.212/91).
	
	Alguns crimes previdenciários estavam previstos no art. 95 da Lei de Custeio da Previdência Social (LCPS ¿ Lei 8.212/91), mas, a partir do ano 2000, com o advento da Lei 9.983/00, houve uma migração desses tipos penais para o Código Penal.
	Respondido em 22/09/2020 07:37:15
	
	Explicação:
Houve perdão ou retirada do ordenamento jurídico dos crimes ou tipos penais que migraram da LCPS ¿ Lei 8.212/91 para a Lei 9.983/00.
Resposta está no Módulo 3,
	
		5a
          Questão
	Acerto: 1,0  / 1,0
	
	A Constituição Federal Brasileira de 1988, no campo das limitações do poder de tributar do Estado, estabelece: Art. 150. Sem prejuízo de outras garantias asseguradas ao contribuinte, é vedado à União, aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios: I - exigir ou aumentar tributo sem lei que o estabeleça. O dispositivo Constitucional acima configura o princípio tributário constitucional da:
		
	 
	Legalidade.
	
	Isonomia Tributária.
	
	Irretroatividade.
	
	Reserva de Lei Complementar.
	
	Anterioridade.
	Respondido em 22/09/2020 07:37:38
	
	Explicação:
Legalidade.
Resposta está no Módulo 1.
	
		6a
          Questão
	Acerto: 1,0  / 1,0
	
	De acordo com o disposto no Código Tributário Nacional, o fato gerador da obrigação principal é definido como o(a):
		
	 
	Situação definida em lei como necessária e suficiente à sua ocorrência.
	
	Ato previsto em leis, tratados ou convenções internacionais, decretos ou normas complementares que versem, no todo ou em parte, sobre tributos e relações jurídicas a eles pertinentes.
	
	Pagamento de tributo ou penalidade pecuniária.
	
	Fato decorrente da legislação tributária, tendo por objeto as prestações, positivas ou negativas, nela previstas no interesse da arrecadação ou da fiscalização dos tributos.
	
	Lei tributária que define infrações, ou lhe comina penalidades.
	Respondido em 22/09/2020 07:38:01
	
	Explicação:
Situação definida em lei como necessária e suficiente à sua ocorrência.
Resposta está no Módulo 3.
	
		7a
          Questão
	Acerto: 1,0  / 1,0
	
	Sobre o Processo Administrativo Previdenciário (PAP), marque a opção incorreta:
		
	
	Em razão do informalismo procedimental, erros formais não devem prejudicar o requerente.
	 
	Em razão do princípio da congruência, o analista deve ater-se ao que tiver sido pedido pelo segurado no requerimento inicial, julgando procedente ou improcedente, mas dentro dos limites do pedido inicial.
	
	Deve observar a cooperação das partes na produção de provas.
	
	A presunção de veracidade das informações constantes nos sistemas corporativos da Previdência é pressuposto de análise.
	
	Aplica-se a prova tarifada, através de rol de documentos previamente definidos em instrução normativa.
	Respondido em 22/09/2020 07:38:20
	
	Explicação:
Em razão do princípio da congruência, o analista deve ater-se ao que tiver sido pedido pelo segurado no requerimento inicial, julgando procedente ou improcedente, mas dentro dos limites do pedido inicial.
Resposta está no Módulo 2. 
	
		8a
          Questão
	Acerto: 1,0  / 1,0
	
	Sobre o processo judicial em matéria previdenciária, é correto afirmar que:
		
	
	A revelia do INSS induz presunção de veracidade das informações trazidas pelo autor.
	
	Causas que envolvam acidente do trabalho são julgadas na Justiça Estadual, mas eventual recurso de Apelação deve ser julgado pelo TRF ¿ Tribunal Regional Federal.
	
	Se o somatório das parcelas vencidas com 12 vincendas ultrapassar 60 salários-mínimos, a ação não poderá ser proposta no JEF, ainda que se apresente termo de renúncia ao excedente.
	 
	É de 10 anos o prazo decadencial para pedidos de revisão da renda mensal inicial dos benefícios concedidos pelo INSS.
	
	O prévio requerimento administrativo é sempre indispensável ao ajuizamento da ação.
	Respondido em 22/09/2020 07:37:25
	
	Explicação:
É de 10 anos o prazo decadencial para pedidos de revisão da renda mensal inicial dos benefícios concedidos pelo INSS.
Resposta está no Módulo 2.
	
		9a
          Questão
	Acerto: 1,0  / 1,0
	
	Se o responsável legal pela empresa omite fatos geradores de contribuições previdenciárias em suas declarações transmitidas ao Fisco através de sistema de informática, haverá enquadramento legal no(s) crime(s) de:
		
	
	Inserção de Dados Falsos em Sistema de Informações (art. 313-A

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.