A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
29 pág.
Simulados Cultura Brasileira

Pré-visualização | Página 5 de 8

e problemático, na contemporaneidade. Esse processo produz o sujeito pós-moderno, compreendido como não tendo uma identidade fixa, essencial ou permanente. A identidade torna-se uma celebração móvel,  formada e transformada continuamente em relação às formas pelas quais somos representados ou interpelados nos sistemas culturais que nos rodeiam. Esse sujeito assume identidades diferentes em diferentes momentos, identidades que não são unificadas ao redor de um eu coerente. Nele, há identidades contraditórias, empurradas em diferentes direções, de tal modo que as identificações estão sendo continuamente deslocadas.
	7a Questão
	
	
	
	Em seu livro "A Identidade Cultural na Pós-Modernidade", defende a tese de que "as velhas identidades que por tanto tempo estabilizaram o mundo social, estão em declínio, fazendo surgir novas identidades e fragmentando o indivíduo moderno, até aqui visto como um sujeito unificado". O autor dessa tese é:
	
 
	Stuart Hall
	8a Questão
	
	
	
	"A construção da identidade apresenta características diversas em razão das diferenças culturais.  A cada experiência vivida, a cada problema enfrentado, se está alimentando o processo de construção da identidade."
 
http://www.apagina.pt/?aba=7&cat=172&doc=13175&mid=2
 
Com base no fragmento apresentado, podemos assinalar qual das respostas abaixo como corretas?
 
		
	 
	A construção da identidade humana está relacionada à formação de processos histórico-culturais.
PS. Sim, teve questão repetida, não fui eu que coloquei errado hahaha.
Aula 8
	1a Questão
	
	
	
	Em sua obra A Sociedade Global, o cientista social Otavo Ianni afirmou que o mundo ampliou-se além da capacidade interpretativa dos conceitos já conhecidos, que partem sobretudo das ciências sociais. Nessa afirmação Ianni faz referências a noções de sociedade global, afirma que:
	
 
	O indivíduo e a sociedade já não se situam apenas no âmbito da nação e de sua história.
	2a Questão
	
	
	
	Duas vertentes contraditórias estão presentes na Globalização:
	 
	A tendência à autonomia nacional e a tendência à globalização.
	Explicação:
A globalização contemporânea singulariza-se por abarcar uma ampliada constelação de práticas sociais e culturais. Longe de constituir fenômeno linear que nivela as diferenças entre países e regiões, é característico da globalização, justamente, ser baseada em trocas desiguais entre países cêntricos e periféricos, tanto nas práticas estatais e econômicas, quanto nas socioculturais. Segundo Milton Santos, convivem na Globalização possível dois processos institucionais contrastantes, ou seja, duas tendências contraditórias. De um lado, uma globalização hegemônica que se realiza como difusão de valores e modelos institucionais que são adotados por concordância, consciente ou inconsciente, nos países periféricos; de outro, uma globalização contra-hegemônica, constituída de respostas estratégicas originadas nos países periféricos que divergem das pressões institucionais prevalecentes. Dito de outro modo, a primeira uma tendência à autonomia nacional dos países periféricos e a tendência à globalização hegemônica e difusa.
	
	
	3a Questão
	
	
	
	Considere a seguinte conceituação:
Corresponde à intensificação das relações sociais em escala mundial, que ligam localidades distantes de tal maneira que acontecimentos locais são modelados por eventos ocorrendo a muitas milhas  de distância e vice-versa.
Tal ideia aplica-se à noção de:
	
 
	globalização
Explicação:
A ideia aplica-se ao conceito de globalização.
	4a Questão
	
	
	
	Com relação à globalização na atualidade, assinalar a única opção incorreta:
		
	 
	As identidades culturais nacionais não estão sendo deslocadas pela globalização porque ela não atravessa fronteiras nacionais.
	5a Questão
	
	
	
	O termo Culturas Híbridas pode ser definido como um rompimento entre as barreiras que separam o que é tradicional e o que é moderno, entre o culto, o popular e o massivo. Em outras palavras, culturas híbridas consistem na miscigenação entre diferentes culturas, ou seja, uma heterogeneidade cultural presente no cotidiano do mundo moderno. Com relação à identidade híbrida, pode ser afirmado:
	
 
	A hibridação cultural está sempre presente no dia a dia de cada cidadão, e formando sempre novas e variadas identidades. Sendo um marco da sociedade globalizada, dotada de misturas, de variadas cores e estilos, formando a essência do homem moderno e pós- moderno, marcando o fim das culturas tradicionais.
	6a Questão
	
	
	
	O sujeito, visto até então como uma identidade unificada e estável, nas circunstâncias da Globalização, tem se tornado fragmentado, composto não de uma única, mas de várias identidades, inseridas nos sistemas de significação e representação cultural. Essa identidade fragmentada e multicultural denomina-se:
	
 
	Identidade híbrida
Explicação:
As identidades híbridas são produzidas por uma mistura de culturas diferentes, que não tem apenas uma raiz ou matriz, resultante da globalização moderna. A globalização tem um efeito contestador e deslocador das identidades centradas e fechadas de uma cultura nacional.
	7a Questão
	
	
	
	A sociedade multicultural é como a palavra sugere a existência de uma série de culturas diferentes no mesmo espaço. Nesta perspectiva o conceito sociedade multicultural refere-se I ¿ A existência de diversas nações históricas, com uma única língua e uma história distinta, na mesma comunidade política. II ¿ A existência de uma única comunidade formada pela imigração voluntária ou forçada. III- Expande o conceito de cultura até fazê-lo reconhecer as minorias étnicos-raciais, imigrantes, sexuais, e outras.
	
 
	Somente o item III está correto
	8a Questão
	
	
	
	Processo que atua em escala planetária, que atravessa fronteiras nacionais, integrando e conectando comunidades e organizações em novas combinações de espaço-tempo:
	
 
	Globalização
Aula 9
	1a Questão
	
	
	
	Com relação à Tradição e Modernidade, assinalar a única opção incorreta:
	
 
	A modernidade reforça o referencial protetor da pequena comunidade e da tradição, substituindo-as por organizações menores e pessoais.
	2a Questão
	
	
	
	Sobre o conceito de TRADIÇÃO, é INCORRETO afirmar que:
	
 
	A tradição expressa descontinuidade, a ruptura entre o que se apresenta como o ¿novo¿ e o que persiste como herança do ¿velho¿
	3a Questão
	
	
	
	Leia o texto, abaixo, e aponte a única resposta que atende ao conceito de "Tradição", estudado em aula. "A tradição é a transmissão de costumes, comportamentos, memórias, rumores, crenças, lendas, para pessoas de uma comunidade, sendo que os elementos transmitidos passam a fazer parte da cultura. Para que algo se estabeleça como tradição, é necessário bastante tempo, para que o hábito seja criado. Diferentes culturas e mesmo diferentes famílias possuem tradições distintas. Algumas celebrações e festas (religiosas ou não) fazem parte da tradição de uma sociedade. Muitas vezes certos indivíduos seguem uma determinada tradição sem sequer pensarem no verdadeiro significado da tradição em questão." http://www.significados.com.br/tradicão/
		
	 
	A Tradição integra e monitora a ação à organização tempo-espacial da comunidade (ela é parte do passado, presente e futuro; é um elemento intrínseco e inseparável da comunidade).
Explicação:
A tradição é o elo que une as ordens sociais pré-modernas. Ela envolve, de alguma forma, o controle do tempo. Na verdade, a tradição é uma orientação voltada para o passado, de tal forma que o passado é constituído para ter uma pesada influência em relação ao presente. A tradição integra e monitora a ação, na organização tempo-espacial da comunidade (ela é parte do passado, presente e futuro; é um elemento intrínseco e inseparável da comunidade). Ela está vinculada à compreensão do mundo fundada na superstição, religião e nos costumes; também pressupõe uma atitude de resignação diante do destino, o qual, em última instância, não depende da intervenção humana, ou