A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Mapa - mental de estágios da interfase - @Laravet.studies

Pré-visualização | Página 1 de 1

Divisão Celular 
(estágios da interfase) 
1° G1 
O sistema de controle identifica se 
a célula dispões de nutrientes 
suficientes para completar o ciclo, 
bem como a presença de moléculas 
sinalizadoras. Caso a célula não 
disponha de um e/ou outro 
elemento, a célula permanece viva, 
porém não entrará mais em divisão 
entrando em repouso. 
2° S 
Após a verificação em G1 e aprovação para seguir, as proteínas Cdk2 e Ciclina G1 se unem, 
formando o complexo SPF que ativará a fase S. Em seguida o complexo é desativado pela P53. 
Após a ativação da fase S, ocorre a replicação/duplicação do DNA e em seguida o sistema de 
controle verifica se a replicação foi completa e se há presença de mutações gênicas (danos). 
Se a célula dispor de uma replicação incompleta e/ou a quantidade de mutações for excessiva, 
é preferível que a célula entre em apoptose (morte celular). Entretanto, caso a replicação 
tenha sido completa, ausência de mutações gênicas ou quando estas (mutações) são reparadas, 
a célula prossegue para fase seguinte 
3° G2 
Nesta fase o sistema de controle tem por objetivo verificar se os filamentos de DNA que 
formarão os cromossomos homólogos possuem o mesmo tamanho e se possuem coesina 
(proteína responsável pela adesão dos cromossomos para formar as cromátides). A ausência 
da coesina e/ou os tamanhos irregulares das duplas de filamentos impedem a célula a 
prosseguir para fase seguinte, levando-a à apotose. Todavia, se a coesina estiver 
presente e os tamanhos forem compatíveis ás duplas, a célula segue para fase M. 
4° M 
Para a ativação da fase M, a Cdc2 
e Ciclina M se associam formando o 
complexo MPF, logo após ativação 
da fase, a P53 de inativa o 
complexo. Nesta fase ocorre a 
divisão celular, sendo mitose para 
as células somáticas e meiose para 
as células germinativas. 
@Larav.Studies