A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
teoria da literatura discursiva

Pré-visualização | Página 1 de 1

Teoria da Literatura II (LED101)
Avaliação:
Avaliação Final (Discursiva) - Individual FLEX ( Cod.:649807) 
( peso.:4,00)
1- Com o surgimento da internet e a concepção de ciberespaço, as questões referentes ao objeto 
literário e seus valores perderam a clareza. Isso tem gerado muitas discussões e posicionamentos 
diferenciados entre os estudiosos da literatura. De que forma a utilização do ciberespaço para a 
disseminação dos textos literários modificou a forma de conceber e recepcionar a literatura? 
Justifique sua resposta. ( * Máximo 4000 caracteres ) 
A grande quantidade de informações disponíveis e sua conversão em conhecimento, que permeiam 
nossas relações com o saber, estão adquirindo um novo ordenamento, caminhando para o 
ciberespaço.A nova literatura digital não diminui o valor dos textos clássicos, senão que os 
potencializa em novas chaves de leitura, é o que aponta o recorte sincrônico de estudos literários, o 
qual, mesmo inserido numa série histórica, o recorte diacrônico que possibilita reconhecer, pelos 
modos atuais de leitura, novos sentidos para os textos consagrados. O gênero que expande a ideia 
semiótica de relação entre linguagens é o hipertexto, que fará do espaço midiático mais do que um 
ciberespaço, mas um espaço voltado para a literatura em meios eletrônicos, a ciberliteratura, capaz 
de dar a ver narrativas poéticas em novos formatos, como poesia visual e hiperconto. A literatura 
produzida e circulante no ciberespaço adquire perspectivas novas com relação às noções de autoria 
e leitor. As produções ganham múltiplos autores e os leitores participam ativamente do processo de 
construção dos textos e dos sentidos neles contidos, já que com os hipertextos as possibilidades de 
reconfiguração semântica dos textos é quase infinita.
2- O Estruturalismo defende a tese de que o texto literário é uma estrutura que, embora faça parte de
um conjunto maior, deve ser analisada por si mesma porque é regida por leis próprias: as leis 
linguísticas. Partindo dessa breve afirmação, que importância tem a intertextualidade para o 
Estruturalismo? Justifique sua resposta 
A intertextualidade é um recurso realizado entre textos, ou seja, é a influência e relação que um 
estabelece sobre o outro. Assim, determina o fenômeno relacionado ao processo de produção de 
textos que faz referência (explícita ou implícita) aos elementos existentes em outro texto, seja a 
nível de conteúdo, forma ou de ambos: forma e conteúdo. O Estruturalismo é fundamental para 
uma análise literária. Qualquer texto, poético ou narrativo, parte de dados estruturais para construir 
seus significados e estes não podem ser desvinculados dos seus elementos estruturais, assim o 
significado de um poema está relacionado à pontuação, ao ritmo, ao uso de determinadas classes 
gramaticais etc. Um estudo estrutural pode constituir o ponto de partida para uma leitura e 
evidenciar inúmeras possibilidades de significação. 
Os estudos estruturalistas apresentam possibilidades de leitura para os textos literários, 
demonstrando que um texto é um todo organizado e seus elementos constituintes mantêm relações 
de interdependência e harmonia. Estruturalismo através da intertextualidade propõe uma aliança 
entre estrutura e história. 
Resposta Esperada:
Na visão estruturalista, o texto literário não tem conexão com o mundo real, mas é construído e 
interage pela linguagem. Desse modo, os textos literários se conectam a outros textos, pois são 
regidos pelas mesmas leis, se constituem como um mesmo sistema. A intertextualidade se torna um 
conceito fundamental porque legitima a conexão que um texto literário tem com os outros textos 
literários de sua época ou de outras épocas.