A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Expressão para o cálculo do valor da prestação em um financiamento com prestações fixas

Pré-visualização | Página 1 de 1

EXPRESSÃO PARA O CÁLCULO DO VALOR DA PRESTAÇÃO 
EM UM FINANCIAMENTO COM PRESTAÇÕES FIXAS 
Os financiamentos nos quais o valor da prestação é constante são comuns. 
Nesse contexto, conhecendo a quantidade de meses do financiamento, a taxa 
de juros mensal e o valor financiado, o valor da prestação é calculado por meio 
da Equação (1). 
( )
( )
1
1 1
n
n
i i
PMT PV
i
 + 
=   
+ −  
 (1) 
Em que: 
• PMT é o valor da prestação. 
• PV o valor financiado (valor presente/capital); 
• i é a taxa de juros mensal. 
Por sua vez, conhecendo o montante, isto é, o valor futuro do capital 
financiado (FV), a quantidade de meses do financiamento e a taxa de juros 
mensal, o valor da prestação é calculado por meio da Equação (2). 
( )1 1
n
FV i
PMT
i

=
+ −
 (2) 
Vale ressaltar que, em ambas as formulações, considera-se que a primeira 
parcela é paga um mês após o recebimento do capital. 
 
 
 
• FCx é o valor do fluxo de caixa no período x; 
• i é a taxa de desconto por período, também denominada de Taxa 
Mínima de Atratividade, representando o retorno percentual mínimo 
almejado no projeto. 
Em termos práticos, a TIR é comparada com a Taxa Mínima de Atratividade 
(taxa de retorno que se deseja obter), sendo que o investimento é viável quando 
a TIR é maior que a Taxa Mínima de Atratividade (resultando em um VPL 
positivo); e que o investimento é inviável quando a TIR é menor que a Taxa 
Mínima de Atratividade (resultando um VPL negativo).