A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Sociologia Crítica (SOC04) Avaliação Final (Objetiva)

Pré-visualização | Página 1 de 2

Acadêmico:
	
	
	Disciplina:
	Sociologia Crítica (SOC04)
	Avaliação:
	Avaliação Final (Objetiva) - Individual FLEX ( Cod.:650125) ( peso.:3,00)
	Prova:
	23829747
	Nota da Prova:
	8,00
	
	
Legenda:  Resposta Certa   Sua Resposta Errada  
Parte superior do formulário
	1.
	Uma das vias do pensamento crítico para apontar as contradições do sistema capitalista é a análise sociológica da arte, enquanto componente ideológico da sociedade. Dentro da arte, Adorno privilegia o olhar sobre a música. Com relação à visão desse autor sobre esta expressão artística, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) A música de massa afirma as possibilidades de libertação da arte.
(    ) A música de massa obscurece a consciência do ouvinte, alienando-o.
(    ) A música de massa educa o gosto e promove o aprimoramento estético.
(    ) A música de massa ameniza o trabalho, conformando ao consumo.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
FONTE: ADORNO,T. W. O Fetichismo na música e a regressão da audição. In: Os Pensadores. São Paulo: Nova Cultural, 1987.
	 a)
	V - V - F - F.
	 b)
	V - F - V - F.
	 c)
	F - F - V - F.
	 d)
	F - V - F - V.
	2.
	Ao final da década de 1950, os pesquisadores do Instituto de Pesquisa Social empreenderam um amplo estudo empírico acerca da juventude universitária alemã que veio a ser publicado em 1961. Nesse estudo chegava-se à conclusão de que os estudantes universitários alemães tinham tendências ao autoritarismo. No começo dos anos 1960, os teóricos do Instituto empenhavam-se em realizar estudos semelhantes em Berlim, mas antes que pudessem publicar seus resultados foram surpreendidos por revoltas estudantis em toda a Europa e nos EUA. Com relação às revoltas estudantis da década de 1960 e da relação dessas com os teóricos críticos, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) As revoltas e críticas estudantis tinham um caráter exclusivamente econômico.
(    ) As rebeliões do período têm um caráter reformista, democrático e liberal.
(    ) O movimento estudantil tinha um aspecto conformista, apontado pelos teóricos.
(    ) As lideranças estudantis diziam aplicar a Teoria Crítica na prática do movimento.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	F - V - V - F.
	 b)
	F - F - V - V.
	 c)
	V - F - V - V.
	 d)
	F - F - F - V.
	3.
	O pensamento de Edgar Morin (apud SETTON, 2001), com relação à indústria cultural, aproxima-se do ponto de vista dos teóricos críticos, à medida que este autor aponta para a complexidade e a centralidade da indústria cultural na experiência social diária na atualidade. Entretanto, Morin discorda daqueles teóricos quanto ao caráter homogeneizador dos bens culturais. Para Morin, o que o consumo implica?
FONTE: SETTON, Maria da Graça Jacintho. Indústria cultural: Bourdieu e a teoria clássica. Comunicação e Educação, São Paulo, n. 22, set./dez. 2001.
	 a)
	A nivelação, devido ao caráter individual da atribuição de sentido à obra artística.
	 b)
	A diferenciação, devido ao caráter coletivo da atribuição de sentido à obra artística.
	 c)
	A diferenciação, devido ao caráter individual da atribuição de sentido à obra artística.
	 d)
	A nivelação, devido ao caráter coletivo da atribuição de sentido à obra artística.
	4.
	Adorno, na busca das bases da alienação no capitalismo, empreende uma pesquisa sociológica de fundamentação estética. De acordo com esse pensador, o campo da estética seria um locus de reflexão crítica incólume à alienação, uma vez que na discussão estética estaria o espaço da liberdade de pensar e projetar o futuro. Com relação à perspectiva de Adorno sobre a arte e da teoria estética, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) A teoria estética representa um retrocesso na teoria crítica.
(    ) À arte é possível compreender dialeticamente a realidade.
(    ) A teoria estética precisa conceituar o real para conhecê-lo.
(    ) Somente a teoria estética pode resguardar o espaço da arte.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - F - F - V.
	 b)
	F - V - F - V.
	 c)
	V - F - V - F.
	 d)
	V - V - F - F.
	5.
	Embora tenha sido Félix Weil o fundador do Instituto de Pesquisa Social, o mais importante centro de produção teórica da Sociologia Crítica, devemos a influência do pensamento de Wilbrandt às motivações por detrás da fundação do IPS. A grande discussão na época estava em avançar para o Socialismo, ou corrigir as falhas da livre economia. Com relação à pessoa de Wilbrandt e suas ideias, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Wilbrandt era um típico representante dos "socialistas utópicos".
(    ) Wilbrandt defendia a passagem a uma economia planificada.
(    ) Wilbrandt lutou pela administração hierárquica das empresas.
(    ) Wilbrandt advogou pelo direito à cultura para o trabalhador.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	F - F - V - V.
	 b)
	V - F - V - F.
	 c)
	F - V - F - V.
	 d)
	V - F - F - V.
	6.
	Ortiz, ao refletir sobre a produção teórica da Escola de Frankfurt em relação à questão da cultura, chama a atenção para a radical reavaliação que os pensadores Adorno e Horkheimer fazem com relação ao Iluminismo. Embora seja um período exaltado pelos historiadores (e fundamental para a constituição da própria Sociologia), devido à liberação da humanidade do obscurantismo da religião, com a emergência da ciência e do credo na universalidade da humanidade, Adorno e Horkheimer fazem uma análise crítica desse período. Sobre o caráter dessa crítica, assinale a alternativa CORRETA:
FONTE: ORTIZ, Renato. A Escola de Frankfurt e a questão da cultura. Campinas: Unicamp, 1985.
	 a)
	Filosófica.
	 b)
	Antropológica.
	 c)
	Sociológica.
	 d)
	Histórica.
	7.
	Zygmunt Bauman é um autor que procura pensar a sociedade contemporânea a partir das transformações que se deram na esfera do consumo. Para Bauman (2008), a economia atual tem um caráter irracional, em virtude da imposição cultural ao consumo excessivo. Para Bauman, no estágio atual do capitalismo, o que o consumo representa?
FONTE: BAUMAN, Zygmunt. Vida para consumo. Rio de Janeiro: Zahar, 2008.
	 a)
	A via pregada pelo sistema para a revolução e modificação da sociedade atual.
	 b)
	A via pregada pelo sistema para a realização e atribuição de sentido à existência.
	 c)
	A via pregada pelo sistema para a emancipação e reflexão crítica da sociedade.
	 d)
	A via pregada pelo sistema para a transformação e aproveitamento do meio natural.
	8.
	Um dos aspectos da análise sociológica está no acompanhamento e reflexão crítica acerca da vida social, notadamente em seus aspectos coletivos, ou que afetem a coletividade. Nesse sentido, muitas pesquisas e análises têm sido feito sobre os chamados "movimentos sociais". Embora esses sejam um fenômeno ativo na sociedade atual, sua gênese se deu em outro momento histórico. Sobre o início dos movimentos sociais, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	A partir da instalação do Welfare state.
	 b)
	A partir das contradições do sistema capitalista.
	 c)
	A partir do início do século XXI.
	 d)
	A partir da Revolução Russa.
	9.
	Logo após o término da Segunda Grande Guerra Mundial, a Prefeitura Municipal de Frankfurt convida Horkheimer e os demais membros remanescentes do Instituto de Pesquisa Social a retornarem à cidade. Esse processo levaria ainda dois anos, ao final dos quais o Instituto estaria de volta à cidade de sua fundação. Durante todo seu período no exílio, seus teóricos haviam produzido contribuições importantes ao avanço da Teoria Crítica em Sociologia. Uma das obras mais importantes foi publicada ao final do período do Instituto no exílio, uma colaboração entre Horkheimer e Adorno intitulada: "A Dialética do Esclarecimento". Com relação a esse trabalho, analise as afirmativas a seguir:
I- Nesse trabalho Horkheimer e Adorno reafirmam os paradigmas do materialismo histórico.
II- Trata-se

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.