A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
av 1 Direito Penal aplicado corrigida

Pré-visualização | Página 1 de 2

1a Questão (Ref.: 202004532816) 
A Lei n o 11.343/06 (Drogas) estabelece que: 
 
 
o agente primário, de bons antecedentes e que não integre organizações criminosas e 
nem se dedique a atividades criminosas, condenado por tráfico de drogas, poderá ter 
sua pena reduzida até 2/3. 
 
o artigo 28 dessa Lei não mais prevê pena corporal para o usuário de drogas e não 
mais considera crime a conduta de quem é surpreendido usando drogas. 
 
a conduta daquele que semeia ou cultiva plantas que constituam matéria prima para a 
preparação de drogas, sem autorização legal, não caracteriza crime regulado por essa 
Lei, mas sim crime ambiental 
 
o crime de associação para o tráfico de drogas exige a presença de pelo menos quatro 
agentes, podendo haver, dentre eles, menores de idade. 
 
o agente que oferece drogas de forma gratuita para terceiro consumir, não pratica o 
crime do artigo 33 dessa Lei, o qual exige lucro 
 
 
 
 2a Questão (Ref.: 202004532818) 
Durante uma operação policial de rotina, policiais rodoviários federais abordam o caminhão 
conduzido por Teotônio. Revistado o veículo, encontram um revólver calibre 38, contendo 
munições intactas em seu tambor, escondido no porta-luvas. Os policiais constatam, ainda, 
que a numeração de série do revólver não está visível, sendo certo que perícia posterior 
concluiria que o desaparecimento se deu por oxidação natural, decorrente da ação do tempo. 
Questionado, Teotônio revela não possuir porte de arma e sequer tem o instrumento 
registrado em seu nome. Afirma, também, que a arma fora adquirida para que pudesse se 
proteger, pois um desafeto o ameaçara, prometendo-lhe agressão física futura. Nesse 
contexto, é correto afirmar que Teotônio: 
 
 
cometeu crime de porte ou posse de arma fogo de uso restrito. 
 
cometeu crime de porte de arma de fogo de uso permitido. 
 
cometeu crime de posse de arma de fogo de uso permitido. 
 
Não cometeu crime. 
 
cometeu crime de porte ou posse de arma de fogo com numeração suprimida. 
 
 
 
 3a Questão (Ref.: 202004533960) 
Acerca da Lei n° 12.850, de 2013 que versa sobre organização criminosa, é correto afirmar 
que: 
 
 
se houver indícios suficientes de que o funcionário público integra organização 
criminosa, poderá o juiz determinar seu afastamento cautelar do cargo, emprego ou 
função, com prejuízo da remuneração, quando a medida se fizer necessária à 
investigação ou instrução processual. 
 
considera-se organização criminosa a associação de 4 (quatro) ou mais pessoas 
estruturalmente ordenada e caracterizada pela divisão de tarefas, ainda que 
informalmente, com objetivo de obter, direta ou indiretamente, vantagem de qualquer 
natureza, mediante a prática de infrações penais cujas penas máximas sejam 
inferiores a 4 (quatro) anos, e que sejam de caráter transnacional. 
 
o juiz participará das negociações realizadas entre as partes para a formalização do 
acordo de colaboração, que ocorrerá entre o delegado de polícia, o investigado e o 
defensor, com a manifestação do Ministério Público, ou, conforme o caso, entre o 
Ministério Público e o investigado ou acusado e seu defensor. 
 
na colaboração premiada, o colaborador, nos depoimentos que prestar, não estará 
sujeito à renúncia ao direito de permanecer em silêncio mas estará sujeito ao 
compromisso legal de dizer a verdade. 
 
o juiz poderá, a requerimentos das partes, conceder o perdão judicial, reduzir em até 
2/3 (dois terços) a pena privativa de liberdade ou substituí-la por restritiva de direitos 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%201055676/n/nStatus%20da%20quest%C3%A3o:%20Liberada%20para%20Uso.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%201055678/n/nStatus%20da%20quest%C3%A3o:%20Liberada%20para%20Uso.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%201056820/n/nStatus%20da%20quest%C3%A3o:%20Liberada%20para%20Uso.');
daquele que tenha colaborado efetiva e voluntariamente com a investigação e com o 
processo criminal, desde que dessa colaboração advenha um ou mais dos seguintes 
resultados: a identificação dos demais coautores e partícipes da organização criminosa 
e das infrações penais por eles praticadas; a revelação da estrutura hierárquica e da 
divisão de tarefas da organização criminosa; a prevenção de infrações penais 
decorrentes das atividades da organização criminosa; a recuperação total ou parcial 
do produto ou do proveito das infrações penais praticadas pela organização criminosa; 
a localização de eventual vítima com a sua integridade física preservada. 
 
 
 
 4a Questão (Ref.: 202004532822) 
Etevaldo, depois de ingressar na posse de uma carteira de habilitação pertencente a outrem, 
aproveitando-se de sua semelhança fisionômica para com o titular do documento, adultera o 
nome ali constante, substituindo-o pelo seu. Considerando que a adulteração não era 
perceptível ictu oculi e que o autor pretendia utilizar o documento para conduzir 
irregularmente veículo automotor, é correto afirmar que Etevaldo cometeu crime de: 
 
 
uso de documento de identidade alheia. 
 
falsidade ideológica documento publico. 
 
falsa identidade. 
 
uso de documento falso, na forma tentada. 
 
falsificação de documento publico. 
 
 
 
 5a Questão (Ref.: 202004533973) 
A subtração de coisa alheia móvel, para utilização momentânea, com sua devolução imediata 
nas mesmas condições, caracteriza 
 
 
furto privilegiado. 
 
furto qualificado. 
 
furto simples. 
 
furto comum. 
 
furto de uso 
 
 
 
 6a Questão (Ref.: 202004533976) 
O meliante que, se intitulando falsamente agente policial, exige quantia em dinheiro de 
particular, sob a ameaça de prendê-lo por ter adquirido veículo produto de furto, responderá 
pelo crime de: 
 
 
extorsão indireta. 
 
extorsão. 
 
concussão. 
 
corrupção passiva. 
 
estelionato 
 
 
 
 7a Questão (Ref.: 202007062553) 
Fulano não gosta de seu vizinho, Sicrano. Ele começa a espalhar pela vizinhança que Sicrano 
montou um grupo criminoso que exige dinheiro de moradores e comerciantes para garantir a 
segurança do bairro. Podemos afirmar que Fulano está cometendo que tipo de conduta? 
 
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%201055682/n/nStatus%20da%20quest%C3%A3o:%20Liberada%20para%20Uso.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%201056833/n/nStatus%20da%20quest%C3%A3o:%20Liberada%20para%20Uso.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%201056836/n/nStatus%20da%20quest%C3%A3o:%20Liberada%20para%20Uso.');
javascript:alert('C%C3%B3digo%20da%20quest%C3%A3o:%203585413/n/nStatus%20da%20quest%C3%A3o:%20Liberada%20para%20Uso.');
 
Fato Atípico. 
 
Crime de calúnia. 
 
Crime de difamação. 
 
Crime de denunciação caluniosa. 
 
Crime de injúria. 
 
 
 
 8a Questão (Ref.: 202004532833) 
Sebastião Fernandes e Reinaldo Rezende durante longo tempo disputaram o amor de 
Veridiana Fagundes, sendo que, ao final, esta opta por ficar noiva do primeiro, o que levou 
Reinaldo a nutrir indisfarçável ódio por Sebastião. Em determinada ocasião, aproveitando-se 
de um descuido de Sebastião, Reinaldo, com a intenção de matar, efetua vários disparos de 
arma de fogo contra ele, seu desafeto. Ferido gravemente, Sebastião é levado a um hospital 
onde foi internado, e nele vem a falecer, não em razão dos ferimentos recebidos resultantes 
dos disparos de arma de fogo efetuados por Reinaldo, mas sim, queimado em um incêndio 
provocado por Severino Silva, que destrói a enfermaria onde se encontrava. Assim, diante do 
caso hipotético apresentado, assinale a alternativa que indica o crime pelo qual Reinaldo será 
responsabilizado. 
 
 
Homicídio tentado 
 
Lesão corporal dolosa de natureza gravíssima 
 
Homicídio consumado 
 
Homicídio privilegiado diante da violenta emoção 
 
Lesão corporal seguida de morte 
 
 
 
 9a Questão (Ref.: 202004532834) 
Acerca dos crimes contra a pessoa, assinale a opção correta. 
 
 
O aborto provocado é considerado crime pelo direito brasileiro, não existindo