A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
98 pág.
Resumo prova endodontia parte 1

Pré-visualização | Página 2 de 5

d i q u e d e b o r r a c h a ; 
D C o l o c a ç ã o d o D r e n o . Fonte: imagem Pulp and periapical pathologies
A C H A D O S
R A D I O G R Á G I C O S
Espessamento do
ligamento periodontal
T R A T A M E N T O
Drenagem cirúrgica
Antibiótico /analgésico
ALTERAÇÕES PULPARES
RESUMÃO 
PARA A PROVA
A b s c e s s o a p i c a l a g u d o - E v o l u í d o
E V O L U Ç Ã O
Abscesso crônico
Angina de Ludwig
Osteomielite
GRANULOMA
APICAL
P O D E H A V E R P R E S E N Ç A D E
F I L A M E N T O S D E E P I T É L I O 
Proliferação de restos epiteliais de Malassez
estimulada durante o processo crônico.
C O M P O N E N T E S D E R E P A R O
fibroblastos, vasos neoformados
cápsula fibrosa circundando
R E A B S O R Ç Ã O Ó S S E A E
S U B S T I T U I Ç Ã O P O R T E C I D O
G R A N U L O M A T O S O
macrófagos, linfócitos, plasmócitos e
neutrófilos
ALTERAÇÕES PERIAPICAIS
C A R A C T E R Í S T I C A S
Assintomático
g r a n u l o m a a p i c a l
RESUMÃO 
PARA A PROVA
Pode haver ligeira
sensibilidade a mastigação
Pode exibir leve aumento
volume - rompimento da
cortical, revelando tecido
granulomatoso sob a mucosa
ALTERAÇÕES PERIAPICAIS
R E S P O S T A A O S T E S T E S A U X I L I A R E S :
g r a n u l o m a a p i c a l
FRIO CALOR PRESSÃO PALPAÇÃO APICAL
RESUMÃO 
PARA A PROVA
negativo negativo negativo negativo
A C H A D O S
R A D I O G R Á G I C O S
Àrea radiolúcida ápice/lateralmente
Perda integridade da lâmina dura
Presença de cáries e/ou restaurações
extensas
Presença de tratamento endodôntico
insatisfatório
T R A T A M E N T O
Necropulpectomia
ALTERAÇÕES PERIAPICAIS
RESUMÃO 
PARA A PROVA
g r a n u l o m a a p i c a l
E V O L U Ç Ã O
Manutenção
Cisto
Reagudecimento
Abertura
coronária e
anatomia
interna
 
O acesso radicular é uma das manobras mais 
 importantes da moderna terapia endodôntica. 
Ao remover os depósitos dentinários na entrada dos
canais radiculares permite uma ampliação segura do terço
cervical, acesso direto ao terço médio e propicia maior
controle sobre a ação do instrumento no terço apical,
reduzindo a ocorrência de defeitos no preparo.
RESUMÃO 
PARA A PROVA
Estruturas da Câmera Pulpar RESUMÃO PARA A PROVA
Corno Pulpar
(Divertículo)
Teto
Assoalho
Orifício
entrada dos 
canais radiculares
Divisão Didática do Canal Radicular RESUMÃO PARA A PROVA
Terço cervical
Terço médio
Terço apical
Didaticamente o canal
radicular é dividido em terços
(cervical, médio e apical) 
 
 
Biologicamente é dividido de
com o tecido que reveste
internamente o canal 
(dentina ou cemento) 
Sistema de Canais Radiculares RESUMÃO PARA A PROVA
Canal Lateral
Canal Principal
Nomenclatura
Canal Bifurcado/colateral
Canal Secundário
Canal Acessório
Canal Interconduto
Canal Recorrente
Canal Reticulares
Deltas Apicais
Canal Cavo-Inter -radicular
A
B
C
D
E
F
G
H
I
J
DE DEUS, 1992
Volume da Cavidade Pulpar RESUMÃO PARA A PROVA
Dente Jovem Dente com idade avançada Dente Cariado
Instrumental para abertura coronária RESUMÃO PARA A PROVA
 O acesso à cavidade pulpar pode ser realizado com 
pontas diamantadas ou com brocas carbide em alta
ou baixa rotação
 
 
 A baixa rotação normalmente é
empregada para a remoção do tecido
cariado com o auxílio 
das brocas esféricas lisa carbide
nº 2, 4, 6 ou 8.
FONTE: IMAGEM BLOG DENTAL CREMER
Instrumental para abertura coronária RESUMÃO PARA A PROVA
 Em alta rotação empregamos primeiro brocas de
ponta ativa até atingirmos a câmara pulpar. 
 
 
 
Para este procedimentos podemos utilizar
as brocas carbide nº 1557 ou as pontas
diamantadas tronco-cônica nº 1095.
 FONTE: GOOGLE IMAGENS
D
IA
M
A
N
TA
D
A
 TR
O
N
C
O
-C
Ô
N
IC
A
 N
º1095
ATENÇÃO
Todas as BROCAS devem
possuir TAMANHOS
proporcionais à COROA
do DENTE a ser tratado. 
 
RESUMÃO 
PARA A PROVA
Instrumental para abertura coronária RESUMÃO PARA A PROVA
EN
D
O
 Z 
Podem ser empregadas as pontas
diamantadas n° 3080, 3082 ou a broca
Endo-Z.
 
 Após atingirmos a câmara pulpar devemos substituir as
brocas de ponta ativa por uma broca tronco-cônica
de ponta inativa para a remoção de todo o teto da
cavidade pulpar. 
 
 
 
FONTE: GOOGLE IMAGENS
Etapas operatórias da abertura
 coronária
 
RESUMÃO 
PARA A PROVA
 Ponto de Eleição – é o ponto de partida para o
início do desgaste da estrutura dentária.
 
 
 
 
FONTE: IMAGEN SITE ODONTUP
Sendo determinado por um ponto localizado na
superfície lingual dos dentes anteriores ou oclusal
no caso de dentes posteriores.
DIREÇÃO DE ACESSO
 
RESUMÃO 
PARA A PROVA
FONTE: IMAGEM DUVIDASODONTO
 é a angulagem que se deve
dar à broca para que esta
atinja a câmara
pulpar, devendo-se respeitar
a angulagem dos dentes na
arcada.
FORMA DE CONTORNO
 
RESUMÃO 
PARA A PROVA
FONTE: IMAGEM DUVIDASODONTO
é realizada com a remoção
do teto da câmara pulpar. 
 
Utiliza-se para tanto, uma broca com ponta inativa
para se evitar desgaste indesejado.
 
 
O formato da cavidade 
corresponde à forma da câmara
pulpar de cada elemento dental. 
DESGASTES COMPENSATÓRIO
 
RESUMÃO 
PARA A PROVA
FONTE: IMAGEM DUVIDASODONTO
é o desgaste adicional que se
realiza para que se consiga um
 a c e s s o  d i r e t o
 
A forma de CONVENIÊNCIA visa:
P O S S I B I L I T A R A V I S U A L I Z A Ç Ã O 
e dar acesso direto as paredes da
cavidade pulpar em direção às
entradas dos canais
F A C I L I T A R O A C E S S O
dos instrumentos endodônticos ao
canal radicular;
 
 
Simplificar todas as manobras operatórias de instrumentação e de obturação dos canais radiculares
RESUMÃO 
PARA A PROVA
ATRÉSICO
S I G N I F I C A E S T R E I T O , O U S E J A
C A N A L E S T R E I T O
TREPANAÇÃO
R O M P I M E N T O D A C Â M E R A
P U L P A R
 
RESUMÃO 
PARA A PROVADICA
ANATOMIA INTERNA RESUMÃO PARA A PROVA
Incisivo Central Superior
 
Incisivo Central Inferior
 
ANATOMIA INTERNA
 
RESUMÃO 
PARA A PROVA
Incisivo Lateral Inferior
 
Canino Superior
 
Canino Inferior
 
FONTE: LOPES & SIQUEIRA, P-433,2015
ANATOMIA INTERNA
 
RESUMÃO 
PARA A PROVA
1º Pré molar Superior
Canino Superior
 
ANATOMIA INTERNA
 
RESUMÃO 
PARA A PROVA
2º Pré molar Superior
1º Pré molar Inferior
FONTE: LOPES & SIQUEIRA, P-433,2015
ANATOMIA INTERNA
 
RESUMÃO 
PARA A PROVA
2º Molar superior
1º Molar superior
FONTE: LOPES & SIQUEIRA, P-433,2015
ANATOMIA INTERNA
 
RESUMÃO 
PARA A PROVA
2º Molar inferior
1º Molar inferior
Substâncias 
Químicas
auxiliares
 
O acesso radicular é uma das manobras 
 mais importantes da moderna terapia 
 endodôntica. 
Ao remover os depósitos dentinários na entrada
dos canais radiculares permite uma ampliação
segura do terço cervical, acesso direto ao terço
médio e propicia maior controle sobre a ação do
instrumento no terço apical, reduzindo a
ocorrência de defeitos no preparo.
RESUMÃO 
PARA A PROVA
LIMPEZA 
 
Objetivos do Preparo Químico - Mecânico
AÇÃO DE INSTRUMENTOS
USO DE SUBSTÂNCIAS
QUÍMICAS
MODELAGEM
AÇÃO DE INSTRUMENTOS NAS
PAREDES DO CANAL
OBTENÇÃO DO CANAL
CIRÚRGICO
RESUMÃO 
PARA A PROVA
SUB S TÂNC I A S QU ÍM I CA S AUX I L I A R E S
FINALIDADES DO USO 
das substâncias químicas auxiliares
Dissolução
de matéria
orgânica
viva ou
necrosada
1
Eliminação
ou máxima
redução de
microoranis
mos
2
Lubrificação
3
Quelação
de íons
cálcio
4
Suspensão
de detritos
oriundos da
instrumenta
ção
5
RESUMÃO 
PARA A PROVA
REQUESITOS DA
SUBSTÂNCIAS QUÍMICA
AUXILIAR IDEAL
RESUMÃO 
PARA A PROVA
Baixa tensão superficial
Baixa viscosidade
Dissolução de matéria orgânica
Atividade antimicrobiana
Ação quelante
Atividade lubrificante
Suspensão de detritos
Biocompatibilidade
Substâncias
Químicas
Auxiliares
COMPOSTOS HALOGENOS
 
DETERGENTES
 
ÁCIDOS
 
QUELANTES
 
OUTRAS SOLUÇÕES
 
RESUMÃO 
PARA A PROVA
Águ a s a n i t á r i a - s o l u ç ã o d e
n a o c l a 2 - 2 , 5 %
COMPOSTOS HALOGENADOS
Solução de NaOCL a 0,5%
(neutralizada com ác.