AULA 1 - BOTÂNICA GERAL
18 pág.

AULA 1 - BOTÂNICA GERAL


DisciplinaBotânica4.463 materiais28.946 seguidores
Pré-visualização2 páginas
1. Conceito e origem da terminologia
2. Principais áreas de estudo da
Botânica e subdisciplinas
3. Importância Botânica Geral
4. História Evolutiva de Estudo de
Planta
Introdução a Introdução a 
Botânica Geral
2/16/2019 CONFERENCIAS - Botanica Geral - OSMANE ADRIMO USSENE 1
1. Conceito e origem da terminologia
Botânica é uma ciência, ramo da
Biologia, que estuda as plantas, fungos e
algas.
São estudadas morfologia,
classificação, identificação, reprodução,
fisiologia, distribuição, relações mútuas e
com outros seres vivos.
A palavra Botânica é de origem grega,
derivada de \u3b2\u3bf\u3c4\u3b1\u3bd\u3b9\u3ba\u1f79\u3c2, cujo significado é
\u201creferente às plantas\u201d.
2/16/2019 CONFERENCIAS - Botanica Geral - OSMANE ADRIMO USSENE 2
2. Principais áreas de estudo da Botânica e subdisciplinas
A Botânica apresenta subdivisões para ser mais bem estudada, assim sendo,
podemos classificá-la em:
1) Botânica descritiva: ramo da botânica que tem como principal meio de pesquisa a
observação. As linhas de pesquisa das áreas de morfologia, botânica sistemática
(ramo da botânica que classifica os vegetais), fitogeografia, taxonomia vegetal,
paleoecologia são algumas subáreas da botânica descritiva.
2) Botânica aplicada: é o ramo da botânica que estuda as plantas de acordo com as
relações que os homens estabelecem com elas, como a botânica farmacêutica (uso
de plantas medicinais pelos homens), botânica agrícola (uso das plantas na
agricultura), fitopatologia (estuda as doenças que acometem as plantas úteis aos
homens), interação de microrganismos com a planta, polinização, cultura de tecidos
etc.
3) Botânica experimental: ramo da botânica que utiliza a experimentação como
principal forma de pesquisa. A fisiologia vegetal é a linha de pesquisa da botânica
experimental mais importante, que pode se subdividir em ramos mais especializados
como a reprodução vegetal, ecofisiologia vegetal, nutrição e crescimento vegetal
entre outras.
2/16/2019 CONFERENCIAS - Botanica Geral - OSMANE ADRIMO USSENE 3
2. Principais áreas de estudo da Botânica e subdisciplinas
Principais áreas de estudo da Botânica e subdisciplinas:
1) Histologia Vegetal (estuda os tecidos vegetais)
2) Fisiologia Vegetal (estuda o funcionamento orgânico e metabolismo das
plantas)
3) Genética dos vegetais (estuda o material genético dos vegetais, reprodução e
hereditariedade);
4) Paleobotânica (estudos de fósseis vegetais);
5) Dendrologia (estudo de vegetais lenhosos: arbusto e árvores, por exemplo);
6) Fitopatologia (estuda as doenças das plantas);
7) Ecologia (relação entre plantas e meio ambiente, inclusive com os seres
humanos);
8) Geobotânica (distribuição das plantas no planeta) ;
9) Botânica Aplicada;
10) Morfologia Vegetal;
11) Micologia (estudo dos fungos)
12) Ficologia (estudo das algas)
2/16/2019 CONFERENCIAS - Botanica Geral - OSMANE ADRIMO USSENE 4
3. Importância Botânica Geral
A Botânica é de extrema
importância para o entendimento
e preservação do Meio Ambiente.
Além disso, esta ciência
colabora muito com o
desenvolvimento de
medicamentos, visto que muitos
deles são feitos a partir de
princípios ativos extraídos de
plantas.
2/16/2019 CONFERENCIAS - Botanica Geral - OSMANE ADRIMO USSENE 5
2. História Evolutiva de Estudo de Planta
\u2022 Teofrasto (372 a.C. \u2013 287 a.C.), filósofo da Grécia Antiga, é
considerado o \u201cpai da Botânica\u201d. Ele foi o autor de tratados de extrema
importância para o desenvolvimento desta ciência. São de sua autoria: História
das Plantas e Sobre as causas das plantas. Estas obras serviram de
referência para pesquisadores (botânicos) até a época do Renascimento.
Nos Jardins Botânicos podem se
conhecer mais sobre o mundo das plantas.
Geralmente, eles expõem várias
espécies do mundo todo, ou então são
especializados em determinadas áreas.
Existem jardins botânicos
espalhados por várias cidades. São
importantes para despertar o interesse do
público geral pelas plantas.
2/16/2019 CONFERENCIAS - Botanica Geral - OSMANE ADRIMO USSENE 6
2. História Evolutiva de Estudo de Planta
A Terra deve ter-se formado há mais de 4,5 mil milhões de
anos. O aparecimento da vida no nosso planeta surge no Pré-
Câmbrico há mais de 3,5 mil milhões de anos com as algas azuis ou
cianobactérias que são microorganismos procariotas pois não têm
membrana nuclear nem o material genético organizado em
cromossomas mas com um sistema fotossintético constituído por
clorofila a.
Esta permite, mediante a recepção da energia solar, fazer a
fotossíntese através da cisão da molécula de água e libertação de
oxigénio. Ao longo de milhões de anos foi-se verificando a acumulação
de oxigénio e permitindo que parte dele se transformasse em ozono
que retém parte da radiação ultravioleta e permite assim a evolução de
organismos mais sensíveis a esta radiação.
2/16/2019 CONFERENCIAS - Botanica Geral - OSMANE ADRIMO USSENE 7
2. História Evolutiva de Estudo de Planta
Este processo permitiu o aparecimento dos
organismos eucariotas em que as células já têm um núcleo
individualizado com membrana nuclear e cromossomas
muito complexos. Estes colonizaram a Terra e foram
evoluindo tirando partido da oxigenação progressiva da
atmosfera. Alguns passos evolutivos essenciais foram:
1) No Ordovícico a passagem dos organismos vegetais para as
zonas emersas.
2) No Silúrico e no Devónico a evolução dos tecidos
condutores.
3) No Pérmico surgem e diversificam-se as plantas vasculares
com sementes.
4) No Cretácico surgem as plantas vasculares com sementes
cujas flores têm perianto
2/16/2019 CONFERENCIAS - Botanica Geral - OSMANE ADRIMO USSENE 8
2. História Evolutiva de Estudo de Planta
ESCALA DO TEMPO GEOLÓGICO/EVOLUÇÃO DA FITOSFERA 
2/16/2019 CONFERENCIAS - Botanica Geral - OSMANE ADRIMO USSENE 9
2. História Evolutiva de Estudo de Planta
ESCALA DO TEMPO GEOLÓGICO/EVOLUÇÃO DA FITOSFERA 
2/16/2019 CONFERENCIAS - Botanica Geral - OSMANE ADRIMO USSENE 10
2. História Evolutiva de Estudo de Planta
A Paleobotânica e a Palinologia mostram com base em muitos restos fósseis as profundas
mudanças que as floras e as comunidades vegetais sofreram ao longo das eras e dos períodos.
A Paleobotânica, que é um ramo da Biologia, mostra os testemunhos directos dos
ancestrais das plantas actuais, ou seja, as relações entre fósseis e a flora que existe hoje em dia e
indica as mudanças profundas que as floras e os tipos de vegetação sofreram desde a origem da
vida na Terra e a actualidade.
Um dos instrumentos mais utilizados para o conhecimento da história das floras é a análise
dos restos vegetais fossilizados como alguns grupos de algas, bocados de caules, folhas, esporos,
grãos de pólen, frutos e sementes.
Em todo o mundo depositam-se no solo muitos milhares de grânulos de pólen por cm2 que
ficam metidos em sedimentos, em turfas, e devido às suas exinas muito resistentes e aspectos
muito variados que são fundamentais para se apreciar a sua estratificação e abundância nos
sedimentos. Isto permite a delimitação dos diversos períodos.
2/16/2019 CONFERENCIAS - Botanica Geral - OSMANE ADRIMO USSENE 11
2. História Evolutiva de Estudo de Planta
A evolução deu-se em primeiro lugar ao facto das plantas deixarem o ambiente marinho e passarem a
terrestres. Isto aconteceu sob vários aspectos:
Aspecto reprodutivo
1) As células reprodutoras necessitarem de água para poderem unir-se - Algas ;
2) As células reprodutoras estarem em plantas terrestres mas necessitarem da água do orvalho ou das chuvas para
se poderem encontrar - Briófitos + Pteridófitos; e
3) As células reprodutoras não precisam de nadar para se unirem mas apenas de uma fonte externa à planta -
Gimnospérmicas+Angiospérmicas
a) Ovários abertos na polinização - Gimnospérmicas ;
b) Ovários fechados na polinização \u2013 Angiospérmicas;
c) Embrião com dois cotilédones - Dicotiledóneas ; e
d) Embrião com um cotilédone - Monocotiledóneas
Um elemento evolutivo importante é a alternância de gerações. Assim nos Briófitos (plantas não