A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
25 pág.
Atlas osteologia

Pré-visualização | Página 1 de 2

O que é esqueleto? 
É o conjunto de ossos, cartilagens e ligamentos que se interligam e relacionam formando a carcaça do 
corpo dos animais domésticos e desempenhando várias funções. 
 
Tipos de esqueleto: 
 Exoesqueleto; 
 Endoesqueleto; 
 
Divisões do esqueleto: 
 Axial: composto pelos ossos do crânio, coluna vertebral, costelas e esterno; 
 Apendicular: composto pelos ossos dos membros pélvicos e torácicos; 
 Visceral: se desenvolve no parênquima de determinadas vísceras (ex: osso peniano); 
 
 
 
 
 São estruturas rígidas; 
 Formadas por tecido conjuntivo mineralizado; 
 Possuem nervos e vasos sanguíneos; 
 
Classificação dos ossos: 
 Longos: possuem comprimento maior que a espessura, com um corpo chamado de epífise e suas 
extremidades chamadas de diáfise. Além disso, sua função é servir como uma alavanca e 
sustentação. Ex: úmero, fêmur, tíbia, rádio e ulna. 
 Curtos: são equivalentes (proporcionais) em todas as dimensões com função de proteção contra 
choques e fricção. Ex: ossos do carpo e tarso; 
 Planos: ossos finos com função de proteção de órgãos e inserção de músculos. Ex: escápula; 
 Irregulares: não possuem definição de estrutura. Ex: vértebras; 
 Pneumáticos: são ocos (preenchidos com ar). Ex: osso frontal; 
 
 
 
 
 
Componentes celulares: 
 Osteoblastos; 
 Osteoclastos; 
 Osteócitos; 
 
Tipos de tecidos duros: 
 Esmalte: ocorre apenas sobre os dentes; é considerado o mais duro; 
 Dentina: intermediário, ocorrendo internamente ao esmalte; 
 Osso: pode ser compacto, vascular ou esponjoso; 
 
 
 
 
Esqueleto apendicular: 
 
ESCÁPULA: 
1. Vista lateral: 
 Fossa supra espinhal; 
 Margem cranial: 
 Ângulo cranial; 
 Fossa infra espinhal; 
 Margem caudal; 
 Ângulo caudal; 
 Espinha da escápula; 
 Túber da espinha da escápula; 
 Acrômio (ruminantes e carnívoros); 
 Tubérculo supra glenóide; 
 Cavidade glenóide; 
 Incisura glenóide; 
 Colo da escápula; 
2. Vista medial: 
 Face serrata; 
 Fossa subescapular; 
 Processo coracóide; 
 
 
 
 
ÚMERO: 
1. Vista caudal: 
 Cabeça; 
 Colo; 
 Corpo; 
 Fossa do olécrano; 
 
2. Vista cranial: 
 Tubérculo maior; 
 Tubérculo menor; 
 Sulco inter tubercular; 
 Fossa radial; 
 
 
 
 
3. Vista lateral: 
 Tuberosidade deltoide; 
 Crista; 
 Sulco do músculo braquial; 
 Epicôndilo lateral; 
 
 
4. Vista medial: 
 Tuberosidade redonda maior; 
 Epicôndilo medial; 
 
RÁDIO e ULNA: 
1. Vista lateral: 
 Corpo da ulna; 
 Olécrano; 
 Túber do olécrano; 
 Processo ancôneo; 
 Incisura troclear; 
 Espaço inter ósseo ante braquial; 
 Fóvea da cabeça do rádio; 
 Circunferência articular; 
 Tuberosidade radial; 
 Colo do rádio; 
 Corpo do rádio; 
 Sulco para passagem do tendão extensor digital lateral; 
 Sulco para passagem do tendão do músculo extensor digital comum; 
 Sulco para passagem do tendão do músculo extensor carpo radial; 
 Sulco para passagem do tendão do músculo extensor oblíquo do carpo; 
 Face articular cárpica; 
 Tróclea; 
 
 
OSSOS DO CARPO (mão): 
 Osso carporradial; 
 Osso carpo intermédio; 
 Osso carpoulnar; 
 Osso carpo acessório; 
 Osso cárpico II; 
 Osso cárpico III; 
 Osso cárpico IV: 
 Osso metacárpico II; 
 Osso metacárpico III; 
 Osso metacárpico IV; 
 Ossos sesamóides proximais; 
 Falange proximal; 
 Falange média; 
 Osso sesamóide distal; 
 Falange distal (margem solear, processo extensório, face articular, face solear, forame solear, linha 
semilunar, face flexora). 
 
 
 
COXAL (quadril): 
 
 
 
 Osso ílio; 
 Osso púbis; 
 Osso ilíaco; 
 
1. Vista dorsal: 
 Túber coxal; 
 Túber sacral; 
 Crista isquiática; 
 Linha glútea; 
 Asa do ílio; 
 Corpo do ílio; 
 Túber isquiático; 
 Espinha isquiática; 
 Incisura isquiática maior; 
 Incusura isquiática menor; 
 Arco isquiático; 
 Sínfise pélvica; 
 Forame obturado; 
 
2. Vista ventral: 
 Face sacropelvina; 
 Face ilíaca; 
 Face auricular; 
 Tubérculo do músculo psoas menor; 
 Eminencia ílio-púbica; 
 Pécten do osso púbis; 
 Tubérculo púbico; 
 Acetábulo; 
 Margem do acetábulo; 
 Face lunata; 
 Fossa do acetábulo; 
 Sulco para o ligamento acessório do osso femoral (somente em equinos); 
 Incisura do acetábulo; 
 
FEMUR: 
1. Vista cranial: 
 Cabeça; 
 Colo; 
 Corpo; 
 Trocanter maior (parte caudal e parte cranial); 
 Terceiro trocanter; 
 Trocanter menor; 
 Tróclea; 
 
2. Vista caudal: 
 Fossa trocantérica; 
 Forame para artéria nutrícia; 
 Fossa supra condilar; 
 Fossa intercondilar; 
 Côndilo lateral; 
 Côndilo medial; 
 Epicôndilo lateral; 
 Epicôndilo medial; 
 
 
TÍBIA: 
1. Vista caudal: 
 Côndilo lateral; 
 Côndilo medial; 
 Eminencia intercondilar; 
 Incisura poplítea; 
 Linhas do músculo poplíteo; 
 Sulco maleolar; 
 
2. Vista cranial: 
 Sulco para passagem do ligamento patelar intermédio; 
 Tuberosidade da tíbia; 
 Sulco extensor; 
 Maléolo medial; 
 Maléolo lateral; 
 
 
TARSO e METATARSO (pé): 
 Calcâneo; 
 Osso társico IV: 
 Tálus; 
 Osso tarso central; 
 Osso társico III; 
 
1. Vista medial: 
 Osso társico I e II (fusionados); 
 Osso metatársico II; 
 Osso metatársico III; 
 Osso metatársico IV; 
 Ossos sesamóides proximais; 
 Falange proximal; 
 Falange média; 
 Osso sesamóide distal; 
 Falange distal; 
 
 
 
 
 
Esqueleto axial: 
 
CRANIO: 
1. Vista dorsal: 
 Osso incisivo; 
 Osso nasal; 
 Maxila; 
 Osso zigomático; 
 Osso lacrimal; 
 Osso frontal; 
 Osso interparietal; 
 Osso parietal; 
 Osso temporal; 
 Osso occipital; 
 Crista sagital externa; 
 Crista nucal; 
 Protuberância occipital externa; 
 Côndilos do occipital; 
 Parte petrosa do osso occipital; 
 Parte timpânica do osso occipital; 
 Meato acústico externo; 
 Processo zigomático do osso temporal; 
 Forame supra e infra orbitário; 
 Crista facial; 
 Órbita; 
 
2. Vista ventral: 
 Canal inter incisivo; 
 Fissura palatina; 
 Processo palatino do incisivo; 
 Processo palatino da maxila; 
 Sulco palatino; 
 Forame palatino maior e menor; 
 Osso palatino; 
 Osso vômer; 
 Coanas; 
 Osso pterigoide; 
 Osso pré-esfenoide; 
 Osso base-esfenoide; 
 Forame magno; 
 Processo paracondilar; 
 Processo muscular; 
 Forame jugular com incisura jugular; 
 Forame lácero; 
 Tubérculo articular; 
 Fossa mandibular; 
 
OSSO HIOIDE: 
 TIimpanohioide; 
 Ângulo estiloide; 
 Estilo-hioide; 
 Epi-hioide; 
 Cerato-hioide; 
 Tireo-hioide; 
 Basi-hioide; 
 Processo lingual; 
 
 
 
MANDÍBULA: 
 Processo condilar; 
 Processo coronoide; 
 Incisura mandibular; 
 Ramo mandibular; 
 Fossa mandibular; 
 Ângulo mandibular; 
 Incisura dos vasos faciais; 
 Corpo; 
 Forame mentual; 
 Margem interalveolar; 
 
 
OSSO ESTERNO: 
1. Vista lateral: 
 Cartilagem do manúbrio; 
 Manúbrio esternal; 
 Esternebras; 
 Sicondrose esternal; 
 
 
 
2. Vista dorsal: 
 Processo xifoide; 
 Cartilagem xifoide; 
 
 
 
COSTELAS: 
 Cabeça; 
 Face articular; 
 Colo costal; 
 Tubérculo costal; 
 Sulco costal; 
 Corpo; 
 
VÉRTEBRAS CERVICAIS: 
 Primeira vértebra = atlas; 
 Segunda vértebra = áxis; 
 
1. Vista cranioventral: 
 Extremidade cranial; 
 Crista ventral; 
 Canal vertebral: 
 Forame transverso: 
 Processo articular cranial; 
2. Vista lateral: 
 Processo transverso; 
 Processo espinhoso; 
 
3. Vista caudal: 
 Extremidade caudal; 
 Canal vertebral; 
 Processo articular caudal; 
 Incisura vertebral caudal; 
 
- Atlas: 
1. Vista dorsal: 
 Forame vertebral; 
 Forame alar; 
 Forame transverso; 
 Processo transverso; 
 Asa; 
 Tubérculo dorsal; 
 Tubérculo ventral; 
 Fóvea articular caudal; 
 Fóvea do dente; 
 Canal vertebral; 
 
 
2. Vista cranioventral: 
 Fóvea articular cranial; 
 Arco dorsal; 
 Canal vertebral; 
 Tubérculo