Neurobiology and Neuroprotective Benefits of Slep
1 pág.

Neurobiology and Neuroprotective Benefits of Slep


DisciplinaNeurologia4.341 materiais13.748 seguidores
Pré-visualização1 página
Neurobiology and Neuroprotective Benefits of Sleep
INTRODUÇÃO
A BASE DO SONO
A FUNÇÃO DO SONO
CONCLUSÃO
Estado de inatividade -> período de
abundante atividade cerebral
existem dois estados; sono REM e sono não
REM
A coordenação entre os estados é feita por
um neurocircuito, sendo que o sono é
decorrente da plasticidade e acapacidade de
apreender do cérebro, tendo papel na saúde
neurológica e física
Neurotransmissores promotores da
vigília: tem-se duas vias, a participação
ventral (vias monoaminérgicas:
noradrenalina, serotonina, histamina e
dopamina - efeito excitatório baseado no
neuroransmissor glutamato) e a participação
dorsal (sistema acetilcolina e orexina).
Neurotrasmissores promotores do sono:
GABA e hormônio concentrador de
melanina.
"flip-flop switches" regulam a neurotransmissão de ação
rápida: coordenado pelo GABA e sistema monoaminérgico.
Externo a ele tem-se o sistema orexina que estabiliza avigília.
Modelo de dois processos: um impulso homeostático para
dormir depende da vigília e do nível de atividade física e
cognitiva. Tem-se, também, um sistema externo estável que
funciona para integrar pistas ambientais e orgãnicas em
aproximadamente 24 horas. Tenta-se descobrir as sub stâncias
do sono, sendo a principal estudada a adenosina. Há o controle
pelo NSP. Ademais, ocorre a liberação de hormônios em
anecipação a estados desejados
O sono permite: eliminação de
substâncias tóxicas; conservação de
energia (otimização dos gastos);
recuperação de tecidos (ex: sistema
imunológico); garante a função neural
adequada e a estabilidade da rede;
reforça traços de memória; regulação
do humor.
Sono desempenha papel crítico no
bem-estar neurológico e fisíco de um
organismo
BIBLIOGRAFIA: SCHNEIDER, L. Neurobiology and neuroprotective benefits of sleep. Continuum, New York, 2020.
Esquema de comutador biestável (flip-flop switch).