A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
20 pág.
ESTRUTURAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRAS

Pré-visualização | Página 2 de 5

necessários ao perfeito funcionamento dos processos relacionados às instalações de canteiro. O 
canteiro de obra difere de outros tipos de trabalhos, neste não há soluções prontas, rápidas ou fáceis. 
Isso se deve ao grande número de variáveis envolvidas em cada projeto. Contudo, existem 
princípios básicos, que ajudam a nortear no planejamento, que ao aplicado com muito critério e 
bom senso, leva a construção a uma expectativa satisfatória (VIEIRA, 2006). 
 Cavalcante (2012) nos diz que atualmente tudo é bem informatizado, rastreado, sendo assim, 
difícil é pensar em um canteiro produtivo sem aplicação de alguma logística, bem como o 
recebimento dos materiais, transportes e aplicação, que devem ser planejados bem antes da compra. 
Assim a logística pode ser comparada a um planejamento operacional, onde é preciso estudar a 
obra, olhar ao entorno da obra, estudar os fornecedores, equipamentos, e acima de tudo acabar com 
aquela velha prática de que quando o problema aparecer a gente resolve, desta forma, compreende-
se que logística também é estratégia. 
 No canteiro de obras em estudo, a questão de logística fica bem satisfatória, pois a área de 
armazenamento de agregados, depósito de ferros e madeiras e almoxarifado ficam localizados 
próximas da entrada, tendo portão auxiliar com vão de 04 metros (Apêndice A). 
 
2.4 CLASSIFICAÇÕES DO CANTEIRO DE OBRAS 
 
Um canteiro de obras pode ser classificado como: 
 
 Restrito, canteiro que ocupam quase que todo o espaço da obra, estes são mais comuns em 
áreas urbanas e é um canteiro muito complicado de se lidar, por ter pouco espaço, ele acaba por ter 
muitas movimentações. O ideal é que se conclua logo uma área, para que se consiga transportar o 
canteiro e movimentar o mínimo possível. 
5 
 
1 Luiz Carlos Bernardino 
2 Caio Machado de Oliveira 
Centro Universitário Leonardo da Vinci UNIASSELVI (ENM0017) Seminário Interdisciplinar V – 21/07/2020 
 Canteiro amplo, este ocupa um espaço pequeno no terreno, temo-los em obras industriais ou 
obras de hidrelétricas, obras de grande porte. Este já tem uma condição melhor, porque proporciona 
mais opções de acesso e tem também grandes disponibilidades pra armazenamento de materiais e 
equipamentos e pra alocação dos trabalhadores. 
 Canteiros de obras longos, estes podem possuir características de canteiro amplo ou restrito. 
São extensos em uma direção apenas. Este é muito comum em obras de rodovias ou obras 
ferroviárias, por exemplo. 
 No canteiro de obras em estudo, a classificação mais pertinente é a de canteiro restrito, por 
se tratar de uma obra em área urbana e o lote ter suas dimensões reduzidas e com isso muitas 
movimentações de operários e equipamentos. À medida que for concretado a laje dos pisos 
superiores sobrará mais espaço para remanejar o layout de forma a ocupar o primeiro piso para 
dispor de depósito e/ou outras necessidades pertinente à obra. 
 
2.5 COMPONENTES DE UM CANTEIRO DE OBRAS 
 
 Um canteiro de obras possui componentes que dependem do porte da obra e serão 
dimensionados de acordo com as especificações da norma regulamentadora. Isso porque existem 
algumas áreas que são situacionais e que elas só vão ser obrigatórias dependendo das condições do 
canteiro, mais normalmente ele é dividido em áreas de vivência e área operacional. 
 
2.5.1 Áreas de vivência 
 
 São áreas destinadas à alimentação, repouso, lazer, saúde e higienização dos trabalhadores. 
Elas são divididas em instalações sanitárias, vestiário, refeitório, alojamento, cozinha, lavanderia, 
área de lazer e ambulatório. Alguns são itens situacionais, não são obrigatórios no canteiro, há não 
ser que exista uma condição com situação específica pra que ele atenda isso. No canteiro de obras 
em estudo foram utilizados os seguintes componentes na área de vivência: 
 
 O banheiro nesta obra cumpre as determinações da NR-18 (BRASIL, 2015), que apresenta 
critérios para o dimensionamento das instalações hidrossanitárias, estabelecendo as seguintes 
proporções: quatro lavatórios, três vasos sanitários e dois chuveiros. Será utilizado um contêiner. 
Dimensões: 6,20 x 2,64m. Com área = 16,36m2 (Figura 1). 
 
6 
 
1 Luiz Carlos Bernardino 
2 Caio Machado de Oliveira 
Centro Universitário Leonardo da Vinci UNIASSELVI (ENM0017) Seminário Interdisciplinar V – 21/07/2020 
FIGURA 1 – Planta das instalações sanitárias 
 
 
 
 
 
 
 
Fonte: Autor. mai. 2020. 
 
 O vestiário atende a NR-24 (BRASIL, 2015), que preferencialmente ao lado do banheiro e 
apresenta requisitos referentes as condições sanitárias e de conforto nos locais de trabalho. Será 
utilizado um contêiner. Dimensões: 6,00 x 2,64m. Com área = 15,84m2 (Figura 2). 
FIGURA 2 – Vestiário 
 
 
 
 
 
 
Fonte: Autor. Mai. 2020. 
 
 O refeitório é uma instalação que abriga muitas pessoas simultaneamente, nela contem 
aquecedor de refeições, TV, bem como lavatório e lixeira e na parte externa um bebedouro, possui 
ainda uma boa ventilação, atendendo assim a NR-18 (BRASIL, 2015). Será utilizado um contêiner. 
Dimensões: 6,80 x 2,64m. Com área = 17,95m2 (Figura 3). 
FIGURA 3 – Refeitório 
 
 
 
 
 
 
 
Fonte: Autor. mai. 2020. 
7 
 
1 Luiz Carlos Bernardino 
2 Caio Machado de Oliveira 
Centro Universitário Leonardo da Vinci UNIASSELVI (ENM0017) Seminário Interdisciplinar V – 21/07/2020 
2.5.2 Áreas Operacionais 
 
 São áreas destinadas ao apoio a produção da obra, são elas: Portaria (guarita), almoxarifado, 
escritório, depósito de agregados (brita, areia), central de argamassa (betoneira), depósitos de ferro 
e madeiras, central de armação de ferro, central de formas. 
 No canteiro de obras em estudo foram utilizados os seguintes componentes na área 
operacional: 
 A guarita tem por função o controle de entrada e saída de pessoas e caminhões, exigindo 
uma localização junto ao portão de entrada de pessoas e, se possível, também próxima ao portão de 
entrada de caminhões. Será utilizado um contêiner. Dimensões: 1,10 x 1,10m. Com área = 1,21m2 
(Figura 4). 
FIGURA 4 – Guarita 
 
 
 
 
 
 
 
Fonte: Autor. mai. 2020. 
 
 O almoxarifado tem as funções de armazenamento e controle de materiais e ferramentas, 
esta situado, próximo ao ponto de descarga de caminhões e escritório. Será utilizado um contêiner. 
Dimensões: 6,00 x 2,64m. Com área = 15,84m2 (Figura 5). 
FIGURA 5 – Almoxarifado 
 
 
 
 
 
 
 
 
Fonte: Autor. mai. 2020. 
8 
 
1 Luiz Carlos Bernardino 
2 Caio Machado de Oliveira 
Centro Universitário Leonardo da Vinci UNIASSELVI (ENM0017) Seminário Interdisciplinar V – 21/07/2020 
 O escritório tem a função de proporcionar um espaço de trabalho isolado para que o mestre 
de obras (somando-se a engenheiros, técnicos e estagiários, eventualmente) desempenhe parte de 
suas atividades, bem como operários ligados a saúde ocupacional dos trabalhadores. Além disso, 
uma função complementar é servir como local de arquivo da documentação técnica da obra que 
deve estar disponível no canteiro, incluindo projetos, cronograma, licenças da prefeitura, etc. Será 
utilizado um contêiner. Dimensões: 7,15 x 2,64m. Com área = 18,87m2 (Figura 6). 
FIGURA 6 – Escritório 
 
 
 
 
 
 
 
Fonte: Autor. mai. 2020. 
 As baias que consta no layout do estudo do canteiro de obras servem para colocação de 
agregados miúdos e graúdos seguem a NR-18 (BRASIL, 2015) Dimensões: 3,00 x 5,10m. Com 
área = 15,30m2 (Figura 7). 
FIGURA 7 – Depósito de agregados (brita e areia) 
 
 
 
 
 
 
Fonte: Autor. mai. 2020. 
 O posto de produção de argamassa e concreto é a área que geralmente envolve a definição 
do local da betoneira (ao ar livre próximo de cimento, cal, areia e brita) Aproximadamente com área 
de 4,00m2 (Figura 8). 
FIGURA 8 – Central de argamassa (betoneira) 
 
 
 
 
 
Fonte: Autor. mai. 2020. 
9 
 
1 Luiz Carlos Bernardino 
2 Caio Machado de Oliveira 
Centro Universitário Leonardo da Vinci UNIASSELVI (ENM0017) Seminário Interdisciplinar

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.