A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
16 pág.
docsity-portfolio-individual-estagio-curricular-obrigatorio-i-educacao-infantil-ped

Pré-visualização | Página 1 de 4

Portfolio Individual - Estágio
Curricular Obrigatório I -
Educação Infantil - PED
Pedagogia
Universidade Pitágoras Unopar
15 pag.
Document shared on www.docsity.com
Downloaded by: milena-salome-1 (milenasalome98@gmail.com)
https://www.docsity.com/?utm_source=docsity&utm_medium=document&utm_campaign=watermark
1
MAIRLA MARTINS DA SILVA
RELATÓRIO DO ESTÁGIO 
ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO I - EDUCAÇÃO INFANTIL - PED
UNIVERSIDADE PITÁGORAS
UNOPAR 
LICENCIATURA EM PEDAGOGIA
Casa De Tábua
2020
Document shared on www.docsity.com
Downloaded by: milena-salome-1 (milenasalome98@gmail.com)
https://www.docsity.com/?utm_source=docsity&utm_medium=document&utm_campaign=watermark
Casa De Tábua
2020
2
RELATÓRIO DO ESTÁGIO 
ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO I - EDUCAÇÃO INFANTIL - PED
 
 UNIVERSIDADE PITÁGORAS UNOPAR 
 Relatório apresentado à, como requisito parcial 
 PARA O APROVEITAMENTO DA DISCIPLINA 
 DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO I - 
 EDUCAÇÃO INFANTIL - PED DO CURSO DE
PEDAGOGIA.
 
MAIRLA MARTINS DA SILVA
Document shared on www.docsity.com
Downloaded by: milena-salome-1 (milenasalome98@gmail.com)
https://www.docsity.com/?utm_source=docsity&utm_medium=document&utm_campaign=watermark
3
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO_____________________________________________________4
2 LEITURAS OBRIGATÓRIAS_________________________________________5
3 PROJETO POLÍTICO PED AGÓGICO (PPP)_____________________________7
4 ATUAÇÃO DO PROFESSOR E SUA INTER-RELAÇÃO COM A EQUIPE
ADMINISTRATIVA E PEDAGÓGICA ____________________________________8
5 ABORDAGEM DOS TEMAS TRANSVERSAIS CONTEMPORÂNEOS DA BNCC
__________________________________________________________________8
6 CONHECER METODOLOGIAS ATIVAS COM USO DE TECNOLOGIAS
DIGITAIS _________________________________________________________10
7 PLANOS DE AULA________________________________________________11
 8 CONSIDERAÇÕES FINAIS_________________________________________13
9 REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS___________________________________14
Document shared on www.docsity.com
Downloaded by: milena-salome-1 (milenasalome98@gmail.com)
https://www.docsity.com/?utm_source=docsity&utm_medium=document&utm_campaign=watermark
4
1 INTRODUÇÃO
 Para uma formação ser qualificada o profissional deve desenvolver seu
trabalho no estágio com eficiência e responsabilidade, porém o estagiário
deve observar, para adquirir conhecimentos acerca da realidade que irá
enfrentar no dia a dia.
 O estágio realizado tem como objetivo descrever o desenvolvimento
como um todo, sendo dividido por: pesquisa, elaboração de relatório,
observação e prática da regência, possibilitando um maior aprendizado
para o estagiário e uma visão ampla a carreira profissional.
O estágio é uma chance que nós acadêmico temos para aprofundar
conhecimentos e habilidades nas áreas de interesse do aluno. Sendo
assim, possível vivenciar de modo prático todo o conteúdo ministrado
durante a graduação no curso de pedagogia, tornando uma experiência
importante para a formação de um profissional competente.
 Através das observações no estágio, podemos ampliar conhecimentos de
teoria com a prática, encontrar pontos construtivos a melhorar e observar
a forma como as crianças se relacionam entre si, com os adultos e com os
quais convivem, portanto o futuro pedagogo tem a chance de aperfeiçoar
suas práticas e reter conhecimentos necessários para a prática docente.
 Neste relatório de estágio estão descritas as atividades que foram
realizadas durante o estágio obrigatório, realizado no período de 03 de
Junho de 2020 a 06 de Junho de 2020, com o estudo desenvolvido sobre a
Educação Infantil, promovendo a busca da qualidade e visando maior
eficiência na atuação como docente.
Document shared on www.docsity.com
Downloaded by: milena-salome-1 (milenasalome98@gmail.com)
https://www.docsity.com/?utm_source=docsity&utm_medium=document&utm_campaign=watermark
5
2 LEITURAS OBRIGATÓRIAS
 Nos períodos estáveis, o desenvolvimento se deve principalmente a
mudanças “microscópicas” da personalidade da criança, que vão se
acumulando e se manifestam mais tarde como uma repentina formação
qualitativamente nova em uma idade. Assim, nos períodos de crise se
produz mudanças e rupturas bruscas e fundamentais na personalidade da
criança em um tempo relativamente curto, produzindo uma nova
qualidade de relação da criança com o meio circundante.
 O conceito de desenvolvimento em Vigotski contempla, dessa forma,
evolução e revolução, que são, na perspectiva dialética, duas formas de
desenvolvimento vinculadas entre si, que se pressupõem reciprocamente.
Logo, Vigotski compreende o desenvolvimento infantil como um processo
dialético que se distingue por uma complicada periodicidade, a
desproporção no desenvolvimento das diversas funções, as metamorfoses
ou transformações qualitativas de umas formas em outras, o
entrelaçamento complexo de processos evolutivos e involutivos, o
complexo cruzamento de fatores externos e internos, um complexo
processo de superação de dificuldades e de adaptação. A concepção do
desenvolvimento psíquico como processo dialético está presente também
nos trabalhos de Leontiev e Elkonin. Leontiev postula a existência de
momentos críticos, rupturas e mudanças qualitativas no curso do
desenvolvimento infantil; não considera, contudo, que esses momentos
sejam inevitavelmente acompanhados de crises. Elkonin, apoiado em
Vigotski, compreende o desenvolvimento como “(...) um processo
dialeticamente contraditório que não transcorre de maneira evolutiva
progressiva, mas que se caracteriza por interrupções da continuidade,
pelo surgimento, no curso do desenvolvimento, de novas formações”.
 Elkonin destaca a importância de um enfoque histórico do processo de
desenvolvimento, segundo o autor, certo períodos ou estágios do
desenvolvimento infantil se passam no curso da história da humanidade,
com a alteração do lugar ocupado pela criança nas sociedades. Sua
análise acerca da origem histórica do jogo de papéis ilustra com clareza
desta tese. Elkonin demonstra apoiado em estudos antropológicos e
etnográficos, que o jogo protagonizado é raramente observado em
comunidades primitivas e mesmo em sociedades de economia baseada
em formas rudimentares de agricultura e pecuária, concluindo que a
origem desse jogo está relacionada à mudança do lugar ocupado pela
criança na vida das sociedades. Assim, evidencia que o jogo de papéis
aparece historicamente em função de dificultar as forças produtivas, que
vai tornando o trabalho dos adultos impossíveis para a criança e
determinando seu afastamento da atividade produtiva, exigindo um
período de preparação especial e determinando o delineamento de um
novo período no desenvolvimento infantil. Com o jogo protagonizado,
começa também um novo período no desenvolvimento da criança, o qual
pode ser justificadamente denominado de período dos jogos
protagonizados e recebeu na moderna psicologia infantil e na pedagogia o
nome de período de desenvolvimento pré-escolar.
Document shared on www.docsity.com
Downloaded by: milena-salome-1 (milenasalome98@gmail.com)
https://www.docsity.com/?utm_source=docsity&utm_medium=document&utm_campaign=watermark
6
 Leontiev postula que a situação objetiva ocupada pela criança no interior
das relações sociais em cada período de seu desenvolvimento é um
elemento fundamental para compreender o desenvolvimento psíquico na
ontogênese: “(. ..) durante o desenvolvimento da criança, sob a influência
das circunstâncias concretas de sua vida, o lugar que ela objetivamente
ocupa