Questionario de revisão
4 pág.

Questionario de revisão


DisciplinaTécnica Dietética6.171 materiais94.033 seguidores
Pré-visualização1 página
Curso de Bacharelado em Nutrição
Nutrição na Infância e na Adolescência
· Doença Celíaca 
1. Defina doença celíaca e seus principais fatores etiológicos.
· Enteropatia crônica do intestino delgado, do caracter autoimune desencadeada pela exposição ao glúten em indivíduos geneticamente predispostos.
2. Quais os tipos?
· Forma clássica (típica)
· Forna não clássica (atípica)
· Forma assitomática
3. Como é diagnosticada a doença celíaca?
Padrão ouro para identificação e diagnóstico \u2192 endoscopia digestiva alta com biópsia de intestino delgado com vista à realização de exame histopatológico - Marcadores sorológicos \u2192 auxiliam no diagnostico (principalmente TTG) \u2192 úteis para acompanhamento do paciente celíaco \u2192 detectar transgressão na dieta 
4. Quais os exames servirão para o diagnóstico?
· Anticorpo anti-gliadina.
· Anticorpo Anti-endomísio 
· Anticorpo antitransglutaminase \u2192 maior facilidade de dosagem + elevada sensibilidade e especificidade na população pediátrica \u2192 teste sorológico de escolha inicial para avaliação de indivíduos com suspeita de intolerância ao glúten
5. Quais são os sintomas? E seus riscos
· Os sintomas da infância não aparecem até que seja introduzido na dieta alimentos que contêm glúten.
· Os sintomas iniciais são irritabilidade e agitação, perda de apetite e dificuldade em ganhar peso. Fezes podem tornar-se leves, pesadas e com muito mau cheiro. Em algumas crianças os sintomas iniciais são vômitos e diarréia, o que é muitas vezes erroneamente diagnosticado "gastroenterite". O abdômen pode tornar-se distendido enquanto braços e pernas perdem muita massa muscular.
6. Qual o tratamento nutricional?
· Dieta sem glúten 
· Síndrome Nefrótica
1. Defina Síndrome Nefrótica 
· Problema renal, apesar de acometer a fisiologia do rim ele tem origem imunológica, desencadeada pro alterações na imunidade celular.
2. Como é a manifestação da SN?
· Presença de proteinúria maciça, edema, hipoproteinemia e dislipidemia
3. O que é preciso analisar na SN?
· Os 3 sinais (edema + dispidemia + proteinúria) associado ao perfil lipídico e sumario de urina.
4. Explique como se dá o edema nessa patologia
· Perca de proteína = desequilibrio osmotico
5. Qual o tratamento nutricional?
· Corticoide
· Transtornos Alimentares 
6. Defina cada tipo (anorexia nervosa, bulimia nervosa, ortorexia, vigorexia)
Anorexia:
· Imagem Corporal distorcida.
· Restrição Alimentar 
· Purgativa: Restrição + eliminação
· Restritiva: Restrição
· Alterações hormonais: amenorreia (3 ciclos), libido, impotência.
Bulimia:
· Imagem Corporal \u201cgorda\u201d
· Purgação: vômito induzido, laxante, exercícios físicos, jejum prolongado, anorexígenos.
Ortorexia:
· Obsessão pelo alimento saudável
· Alimentação \u201cpura\u201d, \u201climpa\u201d
Vigorexia:
· Transtorno alimentar relacionado ao físico
· Necessidade da perfeição
7. Quais medidas podem ser adotadas pelo nutricionista?
· Entender e melhorar a relação do individuo com a comida.
· Equipe múltipla.
· Diabetes Melito
1. O que é diabetes?
· Diabetes é uma doença crônica na qual o corpo não produz insulina ou não consegue empregar adequadamente a insulina que produz
2. Quais são os fatores de risco na infância?
Pode gerar complicações como retinopatia diabética, cegueira, nefropatia diabética etc.
3. Quais são os tipos?
· Os principais são tipo I (insulimodependente), tipo II (resistência a insulina).
4. Cite os principais sinais e sintomas.
· Poliúria
· Polidipsia
· Polifagia
· Emagrecimento rápido
· Fraqueza
· Prurido vulvar
5. Como se dá o tratamento?
Insulina + alimentação balanceada.
6. Complete a tabela abaixo referente a insulinoterapia:
	Ação
	Tipo de Insulina
	Inicio
	Pico de ação
	Duração efetiva
	Duração máxima
	
Ultra-rápida
	Lispro
	< 15 min
	0,5-1,5 h
	2-4 h
	4-6 h
	
	Glulisina
	5-10 min
	30-90 min
	+/- 5 h
	ND
	
	Aspart
	5-10 min
	1-3 h
	3-5 h
	4-6 h
	Rápida
	Regular
	0,5-1 h
	2-3 h
	3-6 h
	6-10 h
	Intermediaria
	NPH
	2-4 h
	4-10 h
	10-16 h
	14-18 h
	Longa 
	Determir
	2 h
	Dose dependente
	Dose dependente
	Dose dependente
	
	Glargina
	2 h
	Não tem
	24 h
	24 h
 (01) Escolar de nove anos apresenta quadro de emagrecimento e dor abdominal há oito meses. A mãe refere episódios ocasionais de diarréia neste período. Exame físico: emagrecido; hipocorado ++/4; abdome globoso, hipertimpânico e difusamente doloroso à palpação profunda; presença de abscesso perianal. A principal hipótese diagnóstica é: 
(A) doença de Hirschsprung 
(B) doença de Crohn 
(C) doença celíaca 
(D) fibrose cística
(E) maus-tratos
(02) O quadro clínico denominado síndrome nefrótica pode ocorrer como consequência, em associação ou como parte de diferentes enfermidades e de múltiplas patologias renais. A causa mais comum de síndrome nefrótica idiopática primária na infância está associada a
(A) glomerulonefrite membranoproliferativa.
(B) glomerulopatia membranosa.
(C) glomerulonefrite proliferativa mesangial. 
(D) lesão glomerular mínima. 
(E) esclerose glomerular segmentar focal
(03) Na infância, a grande maioria dos casos de síndrome nefrótica (80% a 90%) corresponde a 
(A) síndrome nefrótica secundária a doenças infecciosas como hepatite b. 
(B) síndrome nefrótica secundária a doenças metabólicas como hiperoxalúria. 
(C) síndrome nefrótica primária ou idiopática. 
(D) síndrome nefrótica secundária ao uso excessivo de antibióticos. 
(E) síndrome nefrótica secundária ao diabete melito.
(04) A doença celíaca é uma doença inflamatória do intestino delgado que resulta da resposta autoimune para ingestão do glúten em indivíduos predispostos geneticamente. O tratamento dietético se baseia na eliminação do glúten da dieta. Assim, o desjejum de um paciente com doença celíaca deveria conter:
(A)café, leite, pão de milho com queijo minas, banana amassada com flocos de arroz
(B) extrato de soja de morango, pão de forma integral, margarina, queijo prato e uvas.
(C) vitamina de maçã com aveia, torradas de centeio, geleia de goiaba e maçã sem casca.
(D) suco de laranja, tapioca com peito de peru e mamão picado com cereais maltados.
(E) leite, achocolatado, bolo de baunilha, manteiga, salada de frutas com mel e granola.