A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
estudo de caso fase etapa c 2020

Pré-visualização | Página 1 de 1

Vários são os fatores que levam as migrações internacionais como fatores naturais, econômicos, políticos, e religiosos. Nos nossos dias são provocados por crises, perseguições, opressão, violações de direitos humanos, guerra, falta de moradia, preconceitos ou pelo desejo de uma vida melhor em outro país.
Foram nos contextos das grandes guerras. Em 1917 é proibida a circulação de periódicos em alemão, escolas e igrejas foram proibidas de funcionar. No governo de Getúlio Vargas durante o Estado Novo algumas medidas foram tomadas dentre elas a campanha de nacionalização, que objetivava integrar os imigrantes e seus descendentes a cultura brasileira, era proibido o ensino de línguas estrangeiras. No ano de 1939 outras medidas foram tomadas como a proibição de falar língua estrangeira em público, fechamento de instituições de caráter étnico, mas com a entrada do Brasil na segunda Guerra Mundial as repressões pioraram chegando até a ocorrer prisões por não se falar português. Os alemães e seus descendentes viviam em colônias e por não dominarem o português e manterem sua cultura eram tidos como um problema uma ameaça acusados de serem contra a integração nacional. As leis serviam para todas as nacionalidades, mas no caso dos alemães eram intensificadas devido à participação da Alemanha nas grandes guerras.
O Brasil possui uma imensa variedade cultural e linguística, ao longo do tempo com a chegada de imigrantes o português brasileiro foi enriquecido, esse intercâmbio cultural entre brasileiros e grupos de outras nacionalidades beneficia ambos dos lados promove a troca de experiências, dizeres, saberes e costumes, promovendo assim uma língua com tradição e muito rica.