A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Módulo 1 - aula 24 - Respiração Celular

Pré-visualização | Página 1 de 2

Link para as aulas: https://bit.ly/2HQ78hW 
 
1. O 2,4-dinitrofenol (DNP) é conhecido como 
desacoplador da cadeia de elétrons na mitocôndria e 
apresenta um efeito emagrecedor. Contudo, por ser 
perigoso e pela ocorrência de casos letais, seu uso como 
medicamento é proibido em diversos países, inclusive 
no Brasil. Na mitocôndria, essa substância captura, no 
espaço intermembranas, prótons (H ) provenientes da 
atividade das proteínas da cadeia respiratória, 
retornando-os à matriz mitocondrial. Assim, esses 
prótons não passam pelo transporte enzimático, na 
membrana interna. 
GRUNDLINGH, J. et. al. 2,4-Dinitrophenol (DNP): a Weight Loss 
Agent with Significant Acute Toxicity and Risk of Death. Journal of 
Medical Toxicology, v. 7, 2011 (adaptado). 
 
O efeito emagrecedor desse composto está relacionado 
ao(à) 
a) obstrução da cadeia respiratória, resultando em 
maior consumo celular de ácidos graxos. 
b) bloqueio das reações do ciclo de Krebs, resultando 
em maior gasto celular de energia. 
c) diminuição da produção de acetil CoA, resultando 
em maior gasto celular de piruvato. 
d) inibição da glicólise de ATP, resultando em maior 
gasto celular de nutrientes. 
e) redução da produção de ATP, resultando em maior 
gasto celular de nutrientes. 
 
2. Durante a atividade física, o glicogênio muscular é 
catabolizado, formando moléculas de glicoses que, pela 
respiração celular, serão quebradas em 2CO e 2H O 
com consequente liberação de energia na forma de 
ATP. Porém, quando o exercício físico se torna muito 
exaustivo e/ou vigoroso, a quebra da glicose não 
acontece totalmente. 
Disponível em: http://globoesporte.globo.com/atletismo/corrida-
de-rua/noticia/2011/09/glicogenio-muscular.html. Acesso: 20 out. 
2017 (adaptado). 
 
Nessa condição, a degradação completa da glicose fica 
impedida porque o ambiente celular apresenta 
limitações na quantidade de 
a) ATP. 
b) água. 
c) oxigênio. 
d) gás carbônico. 
 
3. O esquema representa o Ciclo de Krebs. 
 
 
 
a) O Ciclo de Krebs é uma das fases de qual reação 
celular? Em que organela ocorre esse ciclo? 
 
 
 
 
 
 
 
b) Qual a função dos NAD e FAD, representados no 
esquema? Qual a relação dessas moléculas com a 
síntese de ATP? 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
4. As etapas do processo de respiração celular ocorridos 
no interior de uma mitocôndria e representados no 
esquema abaixo pelos números 1, 2 e 3 são, 
respectivamente: 
https://bit.ly/2HQ78hW
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
a) Glicólise, Ciclo de Krebs e Cadeia Respiratória 
b) Glicólise, Fosforilação Oxidativa e Cadeia Respiratória 
c) Ciclo de Krebs, Cadeia Respiratória e Fosforilação 
Oxidativa 
d) Ciclo do Ácido Cítrico, Fotofosforilação e Fosforilação 
Oxidativa 
 
5. Mecanismos de controle de pH são fundamentais 
para a vida. Um mecanismo bastante eficiente de 
controle de pH por organismos vivos envolve moléculas 
doadoras e aceptoras de prótons, que são ácidos e 
bases que atuam em conjunto equilibrando alterações 
de pH às quais os organismos estão sujeitos. 
 
a) Alterações no pH intracelular afetam a estrutura de 
proteínas. Por que isso ocorre? 
 
 
 
b) Que consequências para o processo de respiração 
celular a alteração na estrutura de proteínas envolvidas 
com o ciclo de Krebs pode trazer? 
 
 
 
 
6. Um importante fenômeno na obtenção de energia é 
o Ciclo de Krebs, também denominado de ciclo do ácido 
cítrico ou ciclo dos ácidos tricarboxílicos. 
 
Com relação a este ciclo, analise as proposições. 
I. O ácido pirúvico no início do ciclo provém da quebra 
da molécula de glicose (glicólise). 
II. Este ciclo ocorre no citoplasma tanto das células de 
organismos procariontes quanto nas dos eucariontes. 
III. O aceptor final dos hidrogênios liberados neste ciclo, 
quando realizado na respiração aeróbica, é o oxigênio. 
IV. Nas células musculares este ciclo pode ocorrer tanto 
no interior das mitocôndrias como no citoplasma da 
célula. 
 
Assinale a alternativa correta. 
a) Somente as alternativas I e III são verdadeiras. 
b) Somente as alternativas I e II são verdadeiras. 
c) Somente as alternativas II e III são verdadeiras. 
d) Somente as alternativas II e IV são verdadeiras. 
e) Somente as alternativas III e IV são verdadeiras. 
 
7. Nas espécies de mandioca mais populares do Brasil, 
chamadas de aipim ou macaxeira, a concentração de 
ácido cianídrico é insignificante. A espécie conhecida 
como mandioca-brava, porém, possui uma quantidade 
maior desta toxina e, se não for bem cozida ou se for 
consumida crua, pode provocar uma intoxicação. 
(http://saude.terra.com.br. Adaptado.) 
 
O ácido cianídrico tem a capacidade de inibir a 
transferência de elétrons para o oxigênio molecular, 
impossibilitando o uso desse oxigênio na cadeia 
respiratória. 
 
a) Em qual organela citoplasmática, e em que estrutura 
dessa organela, o ácido cianídrico atua? 
 
 
 
 
 
b) Quais as duas moléculas que não serão mais 
produzidas na cadeia respiratória devido à ação do 
ácido cianídrico? 
 
 
 
 
 
 
8. No processo de respiração celular o gás oxigênio atua 
como agente oxidante de moléculas orgânicas. As 
afirmativas a seguir são relacionadas a esse processo. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
I. Os produtos finais da respiração celular são moléculas 
de gás carbônico e moléculas de água. 
II. A degradação da glicose na respiração celular ocorre 
em três etapas metabólicas (glicólise, ciclo de Krebs e a 
fosforilação oxidativa). 
III. O saldo energético líquido da primeira etapa da 
respiração celular é de dois ATP por moléculas de 
glicose. 
IV. O oxigênio é necessário em todas as três etapas 
metabólicas da respiração celular. 
V. Nas células eucarióticas, o ciclo de Krebs, uma das 
etapas metabólicas da respiração celular, ocorre no 
citosol. 
 
São CORRETAS as afirmativas: 
a) I, III e V. b) II, IV e V. 
c) I, II e III. d) I, II e IV. 
e) I, II, III e V. 
 
9. A energia liberada pelas células na degradação de 
moléculas orgânicas não é usada diretamente para a 
realização de trabalho celular. Antes de ser empregada 
nos processos celulares, essa energia é transferida para 
as moléculas de ATP (adenosina trifosfato). 
 
Sobre a molécula de ATP é correto afirmar que 
01) é sintetizada a partir de uma molécula precursora, o 
ADP, através do processo de fosforilação oxidativa. 
02) atua no transporte ativo de íons e de moléculas 
através da membrana plasmática. 
04) libera a energia mecânica que atua nos movimentos 
celulares, como verificado na contração muscular. 
08) na glicólise, para cada molécula de glicose resultam 
2 ATP e 22 NADH . 
16) é o aceptor de elétrons no processo de respiração 
celular. 
 
10. A glicólise inicia o metabolismo da glicose e produz 
duas moléculas de piruvato. Sobre essa rota metabólica, 
analise as afirmações abaixo. 
I. Um dos produtos da glicólise é adenosina trifosfato 
(ATP). 
II. A glicólise é uma rota metabólica exclusiva de 
organismos eucariontes. 
III. A glicólise reduz duas moléculas de NAD para cada 
molécula de glicose processada. 
 
 
Está correto o que se afirma em: 
a) apenas I. b) apenas II. 
c) apenas I e III. d) apenas II e III. 
e) I, II e III. 
 
Gabarito 
 
Resposta da questão 1: [E] 
O DNP captura os prótons no espaço intermembranas 
da mitocôndria e os envia para a matriz, sem que eles 
passem pela enzima ATP-sintase, daí a redução na 
produção do ATP. Para aumentar a produção do ATP, o 
organismo consome maior quantidade de nutrientes. 
 
Resposta da questão 2: [C] 
Quando o exercício físico é muito intenso, a quantidade 
de oxigênio que as células musculares recebem é 
insuficiente para catalisar totalmente as moléculas de 
glicose, o que gera um baixo aproveitamento do seu 
potencial energético, produzindo menos ATP. 
 
Resposta da questão 3: 
a) O Ciclo de Krebs é uma das fases da respiração celular 
aeróbica. Ele ocorre na matriz das mitocôndrias. 
b) O NAD e o FAD são aceptores e transportadores de 
hidrogênios para a cadeia respiratória. Ao transferir 
prótons