A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
ESTUDO DIRIGIDO_propriedas_proteínas

Pré-visualização | Página 1 de 1

PROPRIEDADES e FUNÇÕES DAS 
PROTEÍNAS 
 
1. Explique o caráter anfótero das proteínas. 
As proteínas podem apresentar caráter ácido ou básico devido à presença de 
grupos ionizáveis (-NH3 e COO) nas extremidades terminais e nos radicais dos 
resíduos da proteína. E seu caráter básico ou ácido depende do PH do meio. 
2. Explique o poder tamponante das proteínas. 
O poder tamponante uma proteína será a soma do poder tamponante dos 
radicais –R de seus resíduos de aminoácidos. 
3. Cada proteína tem o seu pI. Explique o que é PI. 
PL corresponde a ponto isovolumétrico. É o valor de PH onde uma molécula, 
por exemplo, um aminoácido ou uma proteína, apresenta carga elétrica líquida 
igual a zero. Isso ocorre devido ao fato de que essas biomoléculas possuem 
grupos como COOH e NH3. O PL e o PH no qual há equilíbrio entre as cargas 
negativas e positivas dos grupamentos iônicos de um aminoácido ou de uma 
proteína. 
4. Explique o comportamento das proteínas em solução aquosa nas seguintes 
situações: 
a) No PI. 
O PH no meio aquoso mais próximo do PL diminui a solubilidade das 
proteínas, pois diminuem as forças repulsivas entre as moléculas das 
proteínas. 
b) Em meio ácido. 
A solubilidade das proteínas em meio ácido aumentam, pois há um 
aumento no número de cargas positivas. Devido a carga +, ocorre a 
repulsão entre as moléculas proteicas, facilitando a sua interação com 
água. 
c) Em meio básico. 
A solubilidade das proteínas em meio básico aumenta, pois há um 
aumento no número de cargas negativas, devido a carga -, ocorre a 
repulsão eletrostática entre as moléculas proteicas, facilitando a sua 
interação com a água. 
d) Em phs extremos (muito ácido e muito básico) 
Phs extremos podem alterar a carga, levando ao rompimento das 
ligações de hidrogênio e consequentemente a mudança estrutural da 
proteína, pois cada proteína trabalha em um PH específico. 
Jaquelina Gomes Rosa 
 
 
 
e) Com o aumento da temperatura (até 40oC) 
O aumento da temperatura até 40 graus provoca aumento da energia 
cinética das moléculas, facilitando a interação com o solvente e a 
solubilização da proteína. 
f) Em temperatura acima de 40oC 
O aumento da temperatura acima de 40 graus gera os movimentos 
moleculares de forma mais intensa, e os grupamentos químicos se 
afastam além da distância permitida para se reassociarem, 
aproximando- se de outros com os quais se associam. Então, a proteína 
desnatura e precipita. 
g) Na presença de pouca quantidade de sal (“salting in”) 
Menor quantidade de sal no meio aquoso maior será a solubilidade da 
proteína, pois aumenta a interação de íons salinos e cargas das 
proteínas. 
h) Na presença de grande quantidade de sal (“salting out”) 
Maior a concentração de sal no meio aquoso menor a solubilidade das 
proteínas, pois há competição entre íons salinos e cargas das proteínas 
pela água. 
5. Vimos que a paciente D. Abietes possui diabetes tipo I e, por isso, faz 
aplicações, várias vezes ao dia, de injeções subcutâneas de insulina. Com base 
nas propriedades das proteínas, explique por que a administração de insulina 
não pode ser feita por meio de cápsulas via oral. 
A insulina sendo uma proteína, quando administrada pela via oral tende a ser 
digerida durante a sua passagem pelo estômago e intestino. Como qualquer 
outra proteína a insulina é destruída pelas enzimas do sistema gastrointestinal, 
perdendo a sua função de hormônio no organismo . Logo, esse fator explica por 
que a insulina não pode ser administrada via oral. 
6. O uso de detergentes/sabões e de álcool 70% auxilia na prevenção do COVID-
19. Sabendo-se que o corona vírus possui envoltório lipoproteico, explique o 
efeito do detergente (sabão) e de solventes orgânicos miscíveis, como o 
etanol, na estrutura das proteínas. 
Solventes orgânicos miscíveis em água diminuem a solubilidade das proteínas, 
pelo abaixamento da constante dielétrica da solução. As moléculas de 
proteínas se atraem e precipitam. 
7. Liste as funções que as proteínas podem desempenhar, e exemplifique. 
Funções das proteínas: estrutural, motora, hormonais, enzimas, anticorpos, 
transporte, reserva, nucleoproteínas e de membrana. 
Proteínas estruturais= proteínas de sustentação dos tecidos conjuntivo, 
muscular, da pele, dos cabelos e das unhas. 
Proteínas motoras= proteínas responsáveis pelo transporte intracelular e pela 
mobilidade do sistema contrátil muscular. 
 
 
 
Proteínas hormonais= hormônio do crescimento (GH) e insulina. 
Enzimas=são catalisadores biológicos. 
Sistema imune= linfócito T e linfócito B 
Proteínas de transporte= transporte de moléculas específicas sangue no como 
albumina e hemoglobina. 
Proteínas de reserva= fornecimento de aminoácidos necessários à nutrição 
animal ( caseína , ovo albumina). 
Nucleoproteínas= proteínas associadas ao DNA, auxiliam no empacotamento 
do DNA e exercem função de controle da expressão gênica. 
Proteínas de membrana= função de transporte de glicogênio.