A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
16 pág.
Resumão Biocel II AP 2

Pré-visualização | Página 3 de 7

o cinturão de adesão contribui para a formação de estruturas tubulares? R:Quando a malha de microfilamentos se associa com as miosinas, ela pode contrair-se e puxar a região apical das células, aproximando-as e encurvando sua estrutura até formar um tubo. 
Qual a principal diferença entre desmossomos e hemidesmossomos? R: Os desmossomos possuem proteínas transmembrana como as caderinas e são uma junção célula a célula. Já os hemidesmossomos são uma junção célula-matriz e possuem como proteínas transmembrana, as integrinas. 
Que tipo de junção é responsável pela adesão de células isoladas (macrófagos, fibroblastos) à matriz extracelular? Quais as principais proteínas que a constituem? R: Contatos focais, já que são capazes de migrar e se aderir a outro substrato. As principais proteínas que constituem os contatos focais são as proteína transmembrana da família das integrinas, ligadas a filamentos de actinas através de proteínas intermediárias e, pelo lado extracelular, proteínas da matriz como a fibronectina e a laminina (no caso da lâmina basal). 
Qual é a diferença dos contatos focais para as demais junções de adesão? As células que possuem contatos focais se movem, sendo assim, esse tipo de junção pode se desfazer em um ponto da célula e aderir essa célula a um outro substrato. 
Que função(ções) específicas dependem das junções comunicantes que existem entre as seguintes células:
a) Células do epitélio do intestino delgado.Cooperação metabólica (nutrientes) 
b) Células musculares cardíacas. transmissão do impulso de contração
 Conceitue junção tipo Gap? Qual proteínas é encontrada nessa junção? 
R: Essas junções são distribuídas ao longo das superfícies laterais de células adjacentes, permitindo a comunicação entre as duas células. Através dessa junção pode passar de uma célula para outra, estruturas de até 1000 daltons, como íons, aas, vitaminas e nucleotídeos. As conexinas são as proteínas encontradas nessa junção. 
Qual o efeito do Ca+2 na abertura ou fechamento das junções Gap? R: A elevação do cálcio intracelular provoca o fechamento das junções Gap. 
O que são plasmodesmata? são junções comunicantes, características dascélulas vegetais 
Por que as plasmodesmatas são as únicas junções encontradas em plantas? R: As células vegetais não precisam de junções de adesão e oclusão, pois elas são revestidas por uma parede celulósica que promove a adesão entre elas e as protege das tensões e compressões. Mas elas continuam necessitando de comunicação e cooperação metabólica, o que é feito pelas plasmodematas. 
A parede celular das plantas é formada principalmente por moléculas de __celulose_____, Os vegetais possuem apenas um tipo de junção, que são os plasmodesmas (ou plasmodesmata)___ cuja função é comunicação. 
O que determina a orientação das fibrilas de celulose na parede celular? Os microtúbulos corticais (so a membrana plasmática) sobre os quais deslizam as rosetas dos complexos de celulose sintase.
O que são conexinas? E o que são conexons? R: Conexinas são as proteínas formadoras das junções comunicantes das células animais. O Conexon é formado por 6 conexinas da membrana de uma célula que se ligam alinhadamente com 6 conexinas da célula vizinha, segurando a membrana a uma distância fixa entre elas. 
Em que tipo de junção se observam conexons? Como é a estrutura de um conexon? 
R: Nas junções comunicantes de células animais. O conexon é formado por 6 proteínas transmembrana, as conexinas que se arranjam formando um anel com um canal no centro. Este arranjo ocorre na membrana de cada uma das células em contato. 
Correlacione: 
integrinas são encontradas tanto nos contatos focais quanto nos hemidesmossomas.
Cinturão de oclusão: Separa a porção apical da basolateral em epitélios determinando domínios de membrana; Este tipo de junção não permite que os líquidos extravasem por entre as células. 
Cinturão de adesão: Junção importante na formação de estruturas tubulares no embrião; São importantes na formação embrionária de estruturas tubulares.
Funções da Junção comunicante: Junção essencial para a transmissão do impulso de contração cardíaca.
 Células epiteliais- cooperação metabólica; 
 Células cardíacas- transmissão do impulso de contração 
Neurônios- transmissão do estímulo nervoso; 
 Células do embrião- comunicação, sinalização, cooperação metabólica
Contato focal: Com este tipo de junção as células ficam aderidas à matriz extracelular 
Desmossomos: Existe em grande número entre as células epiteliais; A destruição desta junção leva a formação de bolhas na pele 
Hemidesmossomas: Combinam integrinas e filamentos intermediários.
Plasmodesmata: Só ocorrem em vegetais
	
	
 Aula 7 – matriz extracelular 
Que tipos de tecido se caracterizam por ter matriz extracelular? Conjuntivos: propriamente dito, sangue, ossos, cartilagem.
Que componentes da matriz extracelular conferem a ela:
compressão: glicosaminoglicanas /GAGS/ polissacarídeos
tensão: colágeno
elasticidade: fibras elásticas
Onde a matriz é produzida?As próprias células imersas na matriz secretam seus componentes. Essas células são os fibroblastos, no tecido conjuntivo; os osteoblastos, no tecido ósseo; os condroblastos, no cartilaginoso.
Quais são os principais componentes da matriz extracelular? Polissacarídeos chamados glicosaminoglicanas e proteínas.
Conceitue matriz extracelular, dizendo sua composição e função. 
R: A MEC é uma substância secretada pela célula que é composta por: Glicosaminoglicanas, proteínas fibrosas de função estrutural, como colágeno e elastina. E proteínas de função adesiva como a fibronectina e a laminina. Tais componentes conferem a MEC grande resistência a compressão e à tensão. Ela possui várias funções, como: 
Auxiliar a ligação das células para a formação de tecidos; servir como reservatório para vários hormônios, controlando assim, o crescimento e a diferenciação celular. Várias moléculas da MEC são ligantes que podem, através de receptores, ativar vias de sinalização celular. A MEC é como uma cola biológica, abundante no tecido conjuntivo e cartilagens. 
Que células são responsáveis pela produção da MEC? R: Os fibroblastos. 
Diferencie glicosaminoglicanas de proteoglicanas. R: As proteoglicanas são formadas por glicosaminoglicanas e proteínas. 
 Explique porque as proteoglicanas funcionam como verdadeiras esponjas na retenção de água matriz extracelular. R: Por que são negativamente carregadas, atraindo muitos cátions que, por sua vez atraem osmoticamente muita água. 
Qual é a relação das GAGs com a juventude? R: As GAGs tem capacidade de reter grande quantidade de água, formando um gel altamente hidratado, que preenche todo o espaço extracelular, dando suporte mecânico principalmente para os tecidos conjuntivos, onde são mais encontradas e permitindo a difusão rápida de moléculas hidrossolúveis. 
Nos indivíduos jovens, a quantidade de tecido conjuntivo intersticial é maior que nos idosos. Assim, por atraírem osmoticamente grandes quantidades de água, os tecidos dos indivíduos jovens se apresentam mais túrgidos, mantendo a pele esticadinha. 
 O que são hialuronas? Quais suas principais características? R: São um tipo de GAG (glicosaminoglicana) que difere das demais por não se ligarem a proteínas e conseqüentemente não formarem proteoglicanas; também por não possuírem açúcares sulfatados em suas cadeias; Suas cadeias são muito mais longas do que as das demais GAGS e na presença de água expandem-se, ocupando grandes volumes. 
Qual é a participação das hialuronas no desenvolvimento embrionário? R: Logo após sua síntese, a hialurona expande-se (com água) e passa a ocupar um grande volume, que poderá ser mais tarde ocupado para formação de órgãos como coração, córnea etc. 
Cite algumas funções das proteoglicanas. 
R: Regulação da atividade de moléculas sinalizadoras; controle do tráfego de células e moléculas; Podem interagir com proteínas da matriz, como o colágeno, formando estruturas altamente complexas, como a membrana basal. 
Diferencie glicosaminoglicanas de proteoglicanas. As proteoglicanas