A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Diferença entre taxa nominal, taxa real e taxa efetiva

Pré-visualização | Página 1 de 1

TAXA NOMINAL, TAXA REAL E TAXA EFETIVA DE JUROS 
No contexto da Análise de Investimentos e da Matemática Financeira, as 
taxas de juros são variáveis importantíssimas. Existem três tipos principais de 
taxas: taxa nominal, taxa real e taxa efetiva. 
A taxa nominal de juros caracteriza-se por possuir um período de 
incorporação dos juros diferente do período de referência da taxa. Comumente, 
a taxa nominal possui referência anual, porém, seu período de capitalização 
pode ser semestral, trimestral, mensal, diário, etc. Como exemplo de taxa 
nominal, cita-se uma taxa de juros de 15% ao ano com capitalização mensal. 
Por sua vez, a taxa efetiva possui um período de capitalização que 
coincide com o período referencial da taxa. Como exemplo, cita-se uma taxa 
mensal de 2% ao mês com incorporação de juros mensal. 
Por fim, a taxa real representa o rendimento obtido descontando o efeito 
da inflação. A Equação (1) expressa a relação existente entre a taxa efetiva (ief), 
a taxa real (ir) e a taxa de inflação (iinf) em um determinado período. 
( ) ( )inf1 1 1ef ri i i+ = +  + (1)

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.