A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
154 pág.
A importância da cultura afro-brasileira e indígena na construção de uma escola democrática

Pré-visualização | Página 1 de 44

EDUCAÇÃO É A BASE
ENSINO MÉDIO
EDUCAÇÃO É A BASE
ENSINO MÉDIO
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
Mendonça Filho
SECRETARIA EXECUTIVA
Maria Helena Guimarães de Castro 
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA
Rossieli Soares da Silva 
CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO
PARCERIA
Conselho Nacional de Secretários de Educação – CONSED
União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação – UNDIME
Apresentação ................................................................ 5
1. INTRODUÇÃO ............................................................ 7 
A Base Nacional 
Comum Curricular.............................................................7 
* Competências gerais da 
Educação Básica ....................................................9 
Os marcos legais que 
embasam a BNCC ...........................................................10 
Os fundamentos 
pedagógicos da BNCC .................................................. 13 
O pacto interfederativo e a 
implementação da BNCC .............................................. 15 
2. ESTRUTURA DA BNCC ........................................... 23 
5. A ETAPA DO ENSINO MÉDIO...............................461
O Ensino Médio no contexto 
da Educação Básica .....................................................461
A BNCC do Ensino Médio ..........................................468
Currículos: BNCC e itinerários ...................................471
5.1.	 A	área	de	Linguagens	e		
	 suas	Tecnologias	......................................... 473
* Competências específicas de 
Linguagens e suas Tecnologias 
para o Ensino Médio ..........................................481
5.1.1. Linguagens e suas Tecnologias 
no Ensino Médio: competências 
específicas e habilidades .............................483
5.1.2 Língua Portuguesa ........................................ 490
5.1.2.1. Língua Portuguesa no Ensino Médio: 
campos de atuação social, competências 
específicas e habilidades .............................497
5.2.	 A	área	de	Matemática	e		
	 suas	Tecnologias	.......................................... 517
* Competências específicas de 
Matemática e suas Tecnologias 
para o Ensino Médio ......................................... 523
5.2.1. Matemática e suas Tecnologias 
no Ensino Médio: competências 
específicas e habilidades .............................524
5.2.1.1. Considerações sobre a 
organização curricular ..................................534
5.3.	 A	área	de	Ciências	da	Natureza		
	 e	suas	Tecnologias	..................................... 537
* Competências específicas de 
Ciências da Natureza e suas Tecnologias 
para o Ensino Médio ......................................... 539
5.3.1. Ciências da Natureza e suas Tecnologias 
no Ensino Médio: competências 
específicas e habilidades ............................ 540
5.4.	 A	área	de	Ciências	Humanas	e		
	 Sociais	Aplicadas........................................ 547
* Competências específicas de 
Ciências Humanas e Sociais Aplicadas 
para o Ensino Médio ......................................... 558
5.4.1. Ciências Humanas e Sociais Aplicadas 
no Ensino Médio: competências 
específicas e habilidades .............................559
Ficha técnica ................................................................. 567
SUMÁRIO
5
A presente versão da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) completa o trabalho 
de quatro anos ao longo dos quais o Ministério da Educação (MEC) coordenou 
o processo de discussão e elaboração da norma que deve orientar os rumos da 
Educação Básica no País. Este volume reúne a Introdução, a Estrutura e a proposta 
para o Ensino Médio a ser apreciada e discutida pelo Conselho Nacional de Educação 
(CNE). Com sua aprovação e homologação, o País estará finalmente dotado de 
uma Base Nacional Comum para a elaboração dos currículos de todas as etapas da 
Educação Básica.
A BNCC é fruto de amplo processo de debate e negociação com diferentes atores 
do campo educacional e com a sociedade brasileira e encontra-se organizada em 
um todo articulado e coerente fundado em direitos de aprendizagem, expressos em 
dez competências gerais, que guiam o desenvolvimento escolar das crianças e dos 
jovens desde a creche até a etapa terminal da Educação Básica.
A BNCC é um documento plural e contemporâneo, resultado de um trabalho coletivo 
inspirado nas mais avançadas experiências do mundo. A partir dela, as redes de 
ensino e instituições escolares públicas e particulares passarão a ter uma referência 
nacional comum e obrigatória para a elaboração dos seus currículos e propostas 
pedagógicas, promovendo a elevação da qualidade do ensino com equidade e 
preservando a autonomia dos entes federados e as particularidades regionais e locais.
Prevista na Constituição de 1988, na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, 
de 1996, e no Plano Nacional de Educação, de 2014, a BNCC expressa o compromisso 
do Estado Brasileiro com a promoção de uma educação integral e desenvolvimento 
pleno dos estudantes, voltada ao acolhimento com respeito às diferenças e sem 
discriminação e preconceitos.
Para a implantação da BNCC em todo o País, o MEC será o parceiro permanente 
dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios, apoiando-os e trabalhando em 
conjunto para que as mudanças cheguem às salas de aula em benefício de todos os 
estudantes e das gerações futuras deste País.
Mendonça Filho
Ministro da Educação
APRESENTAÇÃO
7
INTRODUÇÃO
A Base Nacional Comum Curricular
A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é um documento de 
caráter normativo que define o conjunto orgânico e progressivo de 
aprendizagens	essenciais que todos os alunos devem desenvolver 
ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica, de modo 
a que tenham assegurados seus direitos de aprendizagem e desen-
volvimento, em conformidade com o que preceitua o Plano Nacional 
de Educação (PNE). Este documento normativo aplica-se exclusiva-
mente à educação escolar, tal como a define o § 1º do Artigo 1º da Lei 
de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB, Lei nº 9.394/1996)1, 
e está orientado pelos princípios éticos, políticos e estéticos que 
visam à formação humana integral e à construção de uma socie-
dade justa, democrática e inclusiva, como fundamentado nas 
Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica (DCN)2.
1 BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da 
educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, 23 de dezembro de 1996. Disponível em: 
<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm>. Acesso em: 23 mar. 2017.
2 BRASIL. Ministério da Educação; Secretaria de Educação Básica; Secretaria de Educação 
Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão; Secretaria de Educação Profissional 
e Tecnológica. Conselho Nacional de Educação; Câmara de Educação Básica. Diretrizes 
Curriculares Nacionais da Educação Básica. Brasília: MEC; SEB; DICEI, 2013. Disponível em: 
<http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=13448-
diretrizes-curiculares-nacionais-2013-pdf&Itemid=30192>. Acesso em: 16 out. 2017.
1. INTRODUÇÃO
Documento homologado pela Portaria n° 1.570, 
publicada no D.O.U. de 21/12/2017, Seção 1, Pág. 146.
8
BASE NACIONAL 
COMUM CURRICULAR
Referência nacional para a formulação dos currículos dos sistemas 
e das redes escolares dos Estados, do Distrito Federal e dos Municí-
pios e das propostas pedagógicas das instituições escolares, a BNCC 
integra a política nacional da Educação Básica e vai contribuir para o 
alinhamento de outras políticas e ações, em âmbito federal, estadual 
e municipal, referentes à formação de professores, à avaliação, à ela-
boração