A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
43 pág.
EXERCICIOS

Pré-visualização | Página 7 de 11

apenas o que se afirma em
Escolha uma:
a. I.
b. I e II.
c. II e III.
d. I, II e III.
e. I e III.
Questão 4
Texto da questão
Qual é o nome do quadro de Picasso que se tornou um manifesto contra o ditador espanhol Francisco Franco, que em julho de 1936 deu o golpe de Estado contra o governo espanhol?
Escolha uma:
a. Jaguatirica.
b. Guernica.
c. Guatemaltecos.
d. Arnica.
e. Martinica.
Não respondido
Texto da questão
Na virada do século XX, uma obra cinematográfica ganha as atenções da crítica e dos intelectuais ao redor do mundo. Utilizando recursos tecnológicos inovadores e conceitos diversos de filosofia e física quântica, Matrix (1999, direção: Lilly Wachowski e Lana Wachowski) trouxe muitas discussões sobre a humanidade para a tela do cinema; entre elas, a discussão sobre nossa escravidão em relação a um sistema de governo das máquinas.
Por que essa discussão, num filme de ficção científica, faria sentido para a contemporaneidade? Analise as afirmações abaixo:
I.              Os ambientes urbanos nos impedem de termos contato com a natureza, nos aprisionando em apartamentos, shoppings, escolas, empresas; nosso intelecto e nossas emoções são formatados pelas mídias de massa e redes sociais, nossos desejos são capturados pela publicidade e nossa espiritualidade é capturada pela religião.
II.            Para Baudrillard, as definições que criamos para dar significado à realidade são tão artificiais, que artificializam a relação que estabelecemos com as pessoas e as coisas.
III.           Criamos uma versão simulada da realidade. E nossos smartphones se tornaram nosso controle remoto, onde produzimos nossas vidas na virtualidade. A trilogia Matrix dialoga profundamente com o estilo de vida pós-moderno
É correto apenas o que se afirma em
Escolha uma:
a. II e III.
b. I e III.
c. I.
d. I, II e III.
e. I e II.
Questão 6
Texto da questão
Mais do que uma preocupação estética ou artística com sua obra Crime e Castigo, Dostoievski se preocupava com seu impacto social, pois temia que as ideias radicais de sua época ganhassem força e levassem as pessoas a uma revolução social, com muita violência e derramamento de sangue, em nome de ideologias políticas.
Historicamente falando, essas ideias se realizaram ou essa preocupação de Dostoievski era exagerada? Analise as afirmações abaixo:
I.              E isso de fato aconteceu, na Revolução Russa de 1917, quando as ideias revolucionárias socialistas ganharam força e milhões de pessoas foram mortas, em nome do triunfo de uma ideologia política e econômica radical.
II.            Joseph Frank (2003), estudioso e biógrafo de Dostoievski, especula que um dos objetivos dessa obra foi atentar para o fato de que as perigosas ilusões dos radicais podem afetar a personalidade humana em geral, levando pessoas comuns a cometerem atos violentos em nome de ideologias.
III.           Essa preocupação não se concretizou na realidade e os críticos de Dostoievski foram ferozes ao criticá-lo, atentando repetidamente para seu escândalo desnecessário que abalou o universo literário.
É correto apenas o que se afirma em
Escolha uma:
a. I, II e III.
b. II e III.
c. I e II.
d. I.
e. I e III.
Questão 7
Texto da questão
Marcel Duchamp (1887-1968) foi um famoso pintor e escultor francês, que ficou mais conhecido por seus questionamentos quanto ao conceito de arte. Alguns críticos de arte argumentam que Duchamp fazia parte do dadaísmo, movimento artístico que promoveu uma ruptura com os modelos tradicionais de arte, usou diferentes formas de expressão, diferentes conceitos e diferentes materiais na composição das obras de arte.
Qual era o nome de sua obra mais polêmica e que objeto era?
Escolha uma:
a. “A fonte”; tratava-se de um copo.
b. “R. Mutt”; tratava-se de um bidê.
c. “A cachoeira”; tratava-se de um chafariz.
d.  “A fonte”; tratava-se de um mictório.
Parte inferior do formulário
Questão 1
Texto da questão
O poder, conforme aponta Hobbes, não somente é cumulativo, como também atrai mais poder. Ao perceber que, além de possuir um valor em si mesmo, o poder tem seu valor estipulado pelo contexto em que os indivíduos estão inseridos, Hobbes constatou que ele possui duas dimensões. Que dimensões seriam essas e qual a explicação para cada uma? Marque a resposta correta:
Escolha uma:
a. O cuidado em identificar pontos críticos no início da atividade geral de formação de atitudes facilita a criação dos índices pretendidos. Não obstante, a hegemonia do ambiente político estende o alcance e a importância do investimento em duas dimensões de poder.
b. Dimensão essencial, que pressupõe algo inato, detido e possuído pelos indivíduos; é um poder semelhante a uma potencialidade ou a uma capacidade latente. Dimensão relacional, que depende do contexto em que o indivíduo está inserido, ou seja, trata-se do valor que as pessoas atribuem ao poder num determinado contexto.
c. Nunca é demais lembrar o peso e o significado destes problemas e das duas dimensões que o envolvem, uma vez que a adoção de políticas descentralizadoras faz parte de um processo de gerenciamento dos modos de operação convencionais.
d. Nenhuma dimensão é mais importante que a outra, o equilíbrio entre elas é que traz o poder. De nada adiante você ter um trabalho prazeroso e ter problemas de relacionamento na família. Como também, você ter ao seu lado a mulher e os filhos que ama e ter problemas financeiros. 
e. As duas dimensões do poder que temos que ter sempre em mente é que o entendimento das metas propostas obstaculiza a apreciação da importância do fluxo de informações, assim como a valorização de fatores subjetivos apresenta tendências no sentido de aprovar a manutenção das formas de poder.
Questão 2
Texto da questão
A concepção apresentada pelo filósofo francês Michel Foucault (2000) tratou do poder como um fenômeno de dominação maciço e homogêneo, entendido como o exercício da superioridade de um indivíduo, de um grupo ou de uma classe sobre outra.
Analise as afirmações abaixo sobre a concepção foucaultiana do poder:
I.              Foucault (2000) analisa o poder como algo que circula, funcionando em cadeia; como algo que nunca está localizado nas mãos de alguns; jamais é apossado como riqueza ou bem, e que funciona e se exerce em rede.
II.            Nessa rede, os indivíduos não apenas circulam como também podem se submeter a esse poder, além de exercê-lo circunstancialmente.
III.           É importante destacar o pensamento de Foucault em relação ao poder, pois ele o estudou não para criar uma teoria de poder, mas para identificar os sujeitos submetendo outros sujeitos.
IV.          É pela disciplina que as relações de poder se tornam mais visíveis, mais óbvias, pois é através da disciplina que se estabelecem relações como opressor-oprimido, mandante-mandatário.
É correto apenas o que se afirma em
Escolha uma:
a. I e II.
b. II e III.
c. I e III.
d. I, II e III.
e. I, II, III e IV.
Questão 3
Texto da questão
Norberto Bobbio (1994) argumenta que, de acordo com as ideias políticas dos Liberais, o Estado deve ser entendido como Estado de direito. O que isso significa na prática? Marque a resposta correta:
Escolha uma:
a. Um Estado em que os poderes públicos são regulados pelas leis e por uma Constituição nacional, e devem ser exercidos dentro dos limites das leis que o regulam.
b. Um Estado em que, o que importa, politicamente falando, é o Estado que se (re)tenha. É com ele que se demonstrará força, virtude, capacidade decisiva, virilidade. Tabus políticos agora são totens econômicos.
c. Um Estado em que a falta de obstáculos também seja perversa, porque as crises são geradas quando ninguém respeita regra alguma, então, traga-se de volta o poder do Estado para conter os ânimos dos que querem vencer sem méritos.
d. Um Estado em que tal como a economia, a política seja cada vez mais matemática e não raramente empregando-se uma conta de menos, uma soma-zero em que todos ganhamos.
e. Um Estado em que o realismo da produção não vê com bons olhos as restrições aos meios empregados. Convictos dos resultados almejados,