A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Mitos do Brasil ENEM

Pré-visualização | Página 1 de 1

Resumo
Mitos do Brasil
Linguagens, códigos e suas tecnologias
Vitória Santana 
Trocando
ideia
da terra fértil; da democracia racial; da cordialidade
brasileira; do brasileiro receptivo; da natural miscigenação; e
do encontro.
Idealização da terra e do povo
Terra fértil; e
Povo receptor.
Mitos do Brasil
Quinhentismo (1500-1600):
Romantismo (1° Geração):
Ufanismo e projeto nacional de literatura
100 anos de independência política
Índio como herói
Parnasianismo:
Temas patrióticos, principalmente nos textos de Olavo
Bilac
Idealismo do Brasil Trocandoideia
Críticas aos mitos do
Brasil
Sátiras de Gregório de Matos (“Boca do Inferno”)
Barroco:
Pré-Modernismo (1902-1922):
Criticava comportamentos e o governo
 “Triste fim de Policarpo Quaresma” – Lima Barreto
1a parte: cultura brasileira= língua indígena como a
verdadeira língua brasileira
Ninguém conhece a própria língua
2a parte: agricultura = formigas saúvas destroem a
plantação
Enterra o mito da “terra que tudo dá”
Trocando
ideia
3a parte: política = Brasil que não dá certo, que vai contra
a vontade do povo
Nacionalismo crítico
Paródias
Modernismo:
Trocando
ideia
EN
EM
 P
PL
 2
01
0
Trocando
ideia
Comentário:
a- O mito da democracia racial esteve presente,
principalmente, após a abolição da escravatura para atrair
mão de obra estrangeira. 
b- Homem cordial é um conceito desenvolvido pelo
historiador brasileiro Sérgio Buarque de Holanda em seu
livro "Raízes do Brasil”. De acordo com esse conceito,
virtudes tão elogiadas por estrangeiros como hospitalidade
e generosidade representam “um traço definido do caráter
brasileiro, na medida, ao menos, em que permanece viva e
fecunda a influência ancestral dos padrões de convívio
humano”. Logo, as raízes do caráter brasileiro se
encontram no meio rural e patriarcal do período colonial. O
'homem cordial' é, segundo essa definição, 'a forma natural
e viva que se converteu em fórmula'.
c- Sempre houve muita resistência frente a opressão
imposta pelos portugueses.
d- A miscigenação brasileira foi imposta, não natural.
Devido ao grande número de africanos obrigados a
trabalhar como escravos no Brasil, e o repudio a cor preta,
houve uma tentativa de “clarear” a população, os
incentivando a ter filhos com brancos. Trocando
ideia
	Capa.pdf
	Mitos do Brasil.pdf