A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Exercícios - Gabarito

Pré-visualização | Página 1 de 1

Análise das Variações de Custos Indiretos
EXERCÍCIO 
1. A Editora Hércules tem a seguinte estrutura de custo indireto-padrão (CIPp) para o nível de produção total de 10.000.000 páginas: 
Custos Indiretos de Produção: $0,02/página + $300.000/período, fixos 
Ao terminar um período, verificou que seus custos reais foram de $528.000 e o volume de produção real de 11.000.000 de páginas efetivamente editadas. 
Pede-se para calcular, por unidade produzida: 
a) custo-padrão dos custos indiretos; 
b) variação de volume no custo indireto de produção; e 
c) variação no custo indireto de produção.
Custos Indiretos
Custo-padrão: $0,05 página
Custo real: $0,048 página
a) Custo-padrão de custos indiretos
= $0,02/ página + ($300.000/10.000.000 páginas) = $0,02 + 0,03 = $0,05/página
b) Variação de volume no CIP:
Custo-padrão dos Custos Indiretos Ajustado ao nível de 11.000.000 páginas:
CP = ($0,02/página X 11.000.000 páginas) + $300.000 = $520.000 = $0,04727/páginas
 11.000.000 páginas 11.000.000 páginas
Custo-padrão ao nível de 10.000.000 páginas: $0,05/página
Logo, a variação de volume no CIP: 0,05 - $0,04727 = $0,00273/página (F)
c) Variação de custo do CIP:
CR – CP = 0,048 – 0,04727 = $0,00073/página (D)
2. A empresa ABC tem a seguinte estrutura de custo indireto-padrão (CIPp) para o nível de produção total de 100.000 peças: 
Custos Indiretos de Produção: $0,80/peça + $400.000/período, fixos 
Ao terminar um período, verificou que seus custos reais foram de $550.000 e o volume de produção real de 110.000 peças efetivamente produzidas. 
Pede-se para calcular, por unidade produzida: 
a) custo-padrão dos custos indiretos; 
b) variação de volume no custo indireto de produção; e 
c) variação no custo indireto de produção.
Custos Indiretos
Custo-padrão: $4,80 página
Custo real: $5,00 página
a) Custo-padrão de custos indiretos
= $0,80 + ($400.000/100.000) = $0,80 + 4,00 = $4,80
b) Variação de volume no CIP:
Custo-padrão dos Custos Indiretos Ajustado ao nível de 11.000.000 páginas:
CP = ($0,80 X 110.000) + $400.000 = $488.000 = $4,4363
 110.000 110.000 
Custo-padrão ao nível de 100.000 peças: $4,80
Logo, a variação de volume no CIP: $4,80 - $4,4363 = $0,3637 (F)
c) Variação de custo do CIP:
CR – CP = 5,00 – 0,3637 = $4,6363 (D)
3. Julgue verdadeiro ou falso para as assertivas abaixo.
(V) A Variação de Volume é uma característica do Custeio por Absorção. 
(F) No Custeio Variável existe também a variação de volume, visto que há atribuição dos Custos Fixos aos produtos. 
(V) Dependendo do nível de inflação, pode ser útil separar o valor correspondente à variação do nível geral de preços daquela específica do elemento de custo que se está analisando. 
(V) O importante é fazer do Custo-padrão uma forma de planejamento e controle, não sendo de vital importância algumas diferenças conceituais sobre o cálculo das Variações. 
(F) O importante é que, uma vez adotado um critério, seja modificado período após período, e que sejam localizadas e sanadas as razões da existência de variações.
4. A Variação Total de CIP pode ser subdividida em duas, quais são elas e explique-as.
A de Volume e a de Custos, e esta pode ainda ser separada em Variação de Eficiência e de Custos propriamente dita. A de Volume é devida aos Custos Fixos, e origina-se na produção Real diferente, em quantidade, do volume de produção-padrão. A de Eficiência deriva de um uso diferente de insumos ou fatores de produção daquele que seria desejável pelo Padrão para determinada quantidade produzida. E a de Custos é representada pelo comportamento dos CIP, acima ou abaixo do que deveriam, já considerado o volume Real de produção.