A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
aps- Gestão

Pré-visualização | Página 1 de 1

Atividade Prática Supervisionada 
 
Caso 1: Você é enfermeiro(a) de uma unidade 
básica de saúde e percebe que as gestantes 
não estão participando das consultas de pré-
natal. Você deve atingir a meta de seis 
consultas por gestação no mínimo e preciso 
reverter o quadro atual. 
 
a) Categorize o caso no processo de trabalho 
predominante 
 
R: O processo de trabalho predominante é o de 
“administrar”, que promove condições para o cuidado se 
efetivar com eficiência e eficácia, através do planejamento, 
tomada de decisão, supervisão e auditoria, com a finalidade 
de coordenar o processo de trabalho “assistir” em 
enfermagem. 
 
b) Enumere motivos de ausências das 
consultas de pré-natal (pesquisar 
em literatura cientifica) 
 
R: Através da pesquisa científica realizada foi possível 
observar as seguintes variáveis como principais causas do 
absenteísmo das gestantes nas consultas de pré-natal: 
• Fatores socioeconômicos; 
• Dificuldade no acesso ao local das consultas; 
• Dificuldade no acesso à qualidade dos cuidados em 
saúde; 
• Dificuldade no acesso ao suporte social; 
• Ausência de acompanhante; 
• Gestantes com menor escolaridade, especialmente com 
menos de quatro anos de estudo; 
• Gestantes solteiras; 
• Gestantes multíparas. 
 
c) Elabore uma estratégia para atrair e 
manter as gestantes no pré-natal 
 
R: Como estratégias a serem adotadas para promover a 
permanência das gestantes no pré-natal são: 
• Integração das atividades de programas gestacionais; 
• Aperfeiçoamento das estratégias de acordo com a 
realidade socioeconômica do grupo; 
• Busca constante das gestantes sem atendimento; 
• Educação em saúde sobre planejamento familiar; 
• Necessidade de início precoce do pré-natal; 
• Inserção das crianças na puericultura. 
 
 
Caso 2. Você é enfermeiro(a) de uma unidade 
de internação de 25 leitos, a referida unidade 
foi inaugurada hoje e já há 20 leitos 
ocupados. Você precisa fazer a 
sistematização da assistência de 
enfermagem para todos eles. 
 
a) Categorize o caso no processo de trabalho 
predominante 
 
R: O processo de trabalho predominante é o de 
“administrar”, que promove condições para o cuidado se 
efetivar com eficiência e eficácia, com a finalidade de 
coordenar o processo de trabalho “assistir” em enfermagem. 
 
b) Elabore uma estratégia para atender a 
todos com qualidade, considerando que seu 
plantão é de seis horas e há enfermeiros nos 
turnos Manhã, Tarde, Noite Par e Noite 
Impar. 
 
 R: Considerando que há enfermeiros por plantão na 
unidade de internação e, até o momento, 20 pacientes, para 
realizar a sistematização da assistência de enfermagem, 
ficarão 8 pacientes sob responsabilidade dos enfermeiros do 
período da manhã, 6 pacientes com os do período da tarde e 
os 6 pacientes restantes serão divididos entre os profissionais 
dos períodos noite par e noite ímpar, ficando, portanto, 3 
pacientes com enfermeiros da noite par e 3 pacientes com 
noite ímpar. Para pacientes que forem admitidos 
posteriormente, a responsabilidade da sistematização 
obedecerá a ordem manhã, tarde e noite, onde o enfermeiro 
que estive r com menor número de pacientes ficará 
incumbido desta. 
 
Caso 3. Você recebe a informação de que o 
indicador de queda da instituição aumentou 
significativamente. Como você faz parte do 
setor de qualidade e pesquisa, deverá criar 
um protocolo. 
 
a) Categorize o caso no processo de trabalho 
predominante 
 
 R: O caso em questão se inclui predominantemente no 
processo de trabalho “pesquisar”, pois através dos métodos 
qualitativos e quantitativos de pesquisa, podemos descobrir 
novas e melhores formas de assistir, gerenciar, ensinar e 
pesquisar em enfermagem. 
 
b) Dê um título para sua pesquisa 
 
 R: Prevenção do risco de quedas em pacientes 
hospitalizados. 
 
c) Elabore a hipótese 
 
 R: Utilizar-se de ferramentas específicas na identificação de 
indivíduos com maior suscetibilidade de cair pode ser uma 
aliada na prevenção do incidente. 
 
d) Elabore a justificativa 
 
 R: A Organização Mundial de Saúde identificou a prevenção 
de quedas, como um problema importante de saúde global. 
Redução de quedas e ferimentos de queda pode aumentar a 
qualidade de vida para os pacientes e reduzir os custos 
associados com ferimentos graves devido a quedas. 
 
e) Elabore o(s) objetivo(s) 
• Diminuir as taxas de queda em ambiente hospitalar; 
• Identificar os fatores que propiciam a queda do 
paciente; 
• Identificar a população em risco de queda; 
• Avaliar, no momento da admissão, o risco de queda do 
paciente através de escalas, como por exemplo a Escala 
Morse; 
• Criar estratégias para a prevenção de queda; 
• Orientar pacientes e familiares sobre as medidas 
preventivas individuais, e entregar material educativo 
específico quando disponível; 
• Estabelecer medidas para avaliar, de forma contínua, a 
estratégia de prevenção de quedas conforme o risco 
identificado; 
• Reavaliar o risco diariamente, e também sempre que 
houver transferências de setor, mudança do quadro 
clínico, episódio de queda durante a internação; 
ajustando as medidas preventivas implantadas; 
• Colocar sinalização visual para identificação de risco de 
queda, a fim de alertar toda equipe de cuidado. Anotar 
no prontuário do paciente todos os procedimentos 
realizados; 
• Prestar pronto atendimento ao paciente sempre que 
este solicitar ou necessitar; 
• Avaliar e tratar pacientes que sofreram queda e 
investigar o evento. 
• Conduzir discussões no pós-queda para identificar 
lacunas de segurança e evitar recorrências.