A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
ED2 protostomados 20202

Pré-visualização | Página 1 de 1

ED2 – Protostomados 2020-2
Questão 1
Compare a hipótese sobre a filogenia dos Metazoa baseada em dados morfológicos e de desenvolvimento (Fig. 32.1) com aquela originada a partir de dados moleculares (Fig. 32.2), ambas encontradas na aula 32 do nosso material didático, e identifique os clados que se apresentam como monofiléticos em ambas as hipóteses: 
Os metazoários possivelmente possuem origem de um protista flagelado colonial. Isso se dá devido à similaridade entre coanócitos (presente nos Poriferas, um dos primeiros filos dos metazoas) e protistas coanoflagelados. Os dados moleculares também reforçam essa hipótese de um protista similar aos coanoflagelados, reforçando a ideia de que seu surgimento se deu há cerca de 1 bilhão de anos atrás. 
Questão 2 
Observe novamente a hipótese sobre a filogenia dos Metazoa baseada em dados morfológicos e de desenvolvimento (Fig. 32.1) com aquela originada a partir de dados moleculares (Fig. 32.2) e discuta a distribuição dos filos chamados de pseudocelomados (Nematoda, Nematomorpha, Gastrotricha, Acanthocephala, Rotifera, Kinorhyncha, Loricifera, Entoprocta e Priapulida). 
Os pseudocelomados, formam um grande grupo monofilético que inclui os filos Nematoda, Nematomorpha, Gastrotricha, Acanthocephala, Rotifera, Kinorhyncha, Loricifera, Entoprocta e Priapulida.
Questão 3
Ainda sobre as hipóteses sobre a filogenia dos Metazoa baseadas em dados morfológicos e de desenvolvimento (Fig. 32.1) e aquela originada a partir de dados moleculares (Fig. 32.2), discuta o posicionamento do filo Arthropoda em relação ao filo Annelida.
Através das análises de dados morfológicos e do desenvolvimento temos que o filo Annelida está incluso num grupo monofilético contendo Onychophora, Tardigrada e Arthropoda. Com bases moleculares, o filo dos anelídeos possivelmente forma um grupo monofilético com Lophotrochozoa, Mollusca, Ectoprocta, Nemertea, Sipuncula, Brachipoda e Phoronida. 
Já o filo dos artrópodes, situa-se no grupo Ecdysozoa, juntamente com os Tardigrada, Onychophora, Nematoda, Nematomorpha, Kinorhyncha, Priapulida e Loricifera.  
Questão 4
Os animais bilaterais são divididos em duas grandes linhagens, a dos protostomados e a dos deuterostomados. Descreva as características morfológicas e embriológicas de um provável ancestral comum desses dois grupos
Possivelmente se tratava de um animal diploblástico, com clivagem radial e gastrulação por invaginação (condições simplesiomórficas) Apresentava um sistema nervoso simples, com um conjunto anterior de gânglios e cordões longitudinais. 
Questão 5
Descreva as características não-moleculares que definem:
a) Protostomia:
clivagem espiral, boca originada a partir do blastóporo, mesoderma derivado durante a clivagem, sistema nervoso central concentrado verticalmente
b) Deuterostomia:
mesoderma arquentérico e celoma enterocélico, ânus é originado a partir do bastóporo, arquitetura corporal trimérica.
c) Lophotrochozoa:
presença de um lofóforo que envolve a boca dos indivíduos com inúmeros tentáculos ciliados, além de apresentar-se como larva trocófora. 
d) Ecdysozoa: 
Presença de cutícula, realizam ecdise, perda de cílios epidermais.
Referências Bibliográficas
	Ventura, Carlos Renato Rezende. Diversidade biológica dos protostomados. v.3 / Carlos Renato Rezende Ventura. – 3.ed. – Rio de Janeiro: Fundação CECIERJ, 2010. 216p.; 19 x 26,5 cm. ISBN: 85-7648-050-6