Buscar

APS Desenvolviemnto

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

Analise da história em quadrinho com os estágios de Henri Wallon
A história em quadrinho acima traz um diálogo da personagem infantil Mafalda e sua mãe, onde a mesma ao chegar da padaria devolve o dinheiro de troco que sobrou de suas compra e informa que pensou em ficar com o mesmo, porém sua consciência que na tirinha ela se refere como um inquilino que mora em nossas cabeças, a impediu convencendo ela de que essa ação seria ruim e feia.
Sendo assim podemos fazer a assimilação da tirinha com o estagio de personalismo de Wallon, que se desenvolve dos 3 aos 6 anos de idade, onde a criança passa a construir uma personalidade, descobrindo a autoconsciência. A tirinha subentende que ela estava em busca de autonomia quando decidiu sozinha que ficaria com troco que pertencia a sua mãe, porém, a mesma não conseguiu dada a uma crise negativa de consciência.
Esse estagio é dividido em 3 fases, oposição, sedução e imitação. Notamos a oposição quando ela por si só decide que ficaria com o troco, assim se autoafirmando e mostrando que é dona de sua própria vontade. Já na imitação, nota-se que quando ela se refere a consciência como o inquilino que a gente tem dentro da cabeça, ela fala em um todo, aquilo que todos nós temos, assim pegando referência em analises que ela já fez observando as pessoas a sua volta, concluindo que todos temos essa consciência. 
Na continuação do contexto a personagem mostra uma atitude reflexiva e que exige coragem e inteligência, mostrando traços do estágio categorial. Onde provavelmente esse pensamento autocritico ficara armazenado em sua memoria para que em situações parecidas ou iguais, a mesma tenha uma atitude semelhante com base no mesmo pensamento. 
A tirinha mostra como o estagio do personalismo se encaixa na situação, e que corresponde a idade da personagem, tendo de modo assertivo o coloca-lo como comparação. A personagem Mafalda traz a reflexão de atitudes erradas que dada ao nos espelharmos nos outros e até mesmo na autocritica, podemos evitar. Ela se corrige e desenvolve uma autoconsciência de forma determinante quando faz sua intenção de ficar com o troco obsoleta, em detrimento do que é correto.

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes