A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Apol 1 Conceitos e Temas Contemporâneos da Geografia

Pré-visualização | Página 1 de 2

Atenção. Este gabarito é para uso exclusivo do aluno e não deve ser publicado ou compartilhado em redes sociais ou grupo de mensagens.
O seu compartilhamento infringe as políticas do Centro Universitário UNINTER e poderá implicar sanções disciplinares, com possibilidade de desligamento do quadro de alunos do Centro Universitário, bem como responder ações judiciais no âmbito cível e criminal.
Questão 1/10 - Conceitos e Temas Contemporâneos da Geografia
Leia a citação: 
“Apesar de tradicionalmente estabelecidas como modos de qualificar as sociedades e o espaço, as categorias rural e urbano estão sujeitas às transformações que vem sendo operadas no decorrer do tempo. Com efeito, a realidade histórica sobre tais categorias demonstra uma grande diversidade de estruturas e organizações”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em:  IBGE – Instituto de Geografia e Estatística. Classificação e caracterização dos espaços rurais e urbanos do Brasil: uma primeira aproximação. Coordenação de Geografia. – Rio de Janeiro: IBGE, 2017.<https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv100643.pdf>. Acesso em 15 jul. 2018. 
De acordo com os conteúdos do livro-base Perspectivas e abordagens geográficas contemporâneas, o período que antecede o período da geografia cultural possui um viés:
Nota: 10.0
	
	A
	Capitalista.
	
	B
	Neopositivista.
Você acertou!
Esta é a resposta correta porque: “Entre as diferentes abordagens da geografia como ciência, a partir da década de 1970, a geografia cultural foi inserida em um panorama de renovação da geografia, que, anteriormente a essa época, não assimilava conceitos de cultura no rol de interesses dos geógrafos, pois as tradições geográficas que antecedem esse período têm um viés neopositivista”. (livro-base, p. 27).
	
	C
	Neoliberal.
	
	D
	Liberal.
	
	E
	Democrática.
Questão 2/10 - Conceitos e Temas Contemporâneos da Geografia
Atente para a citação: 
“Nossos antepassados sempre observavam a dinâmica atmosférica terrestre, pois diversas práticas humanas essenciais à sua sobrevivência eram condicionadas por ela. Por meio das sensações corpóreas e, por meio do olhar atento dos ‘sinais da natureza’, identificavam a possibilidade de chover, esfriar ou esquentar; conseguiam prever a formação de tempestades, de geadas e; até mesmo determinar, com certa precisão, as horas do dia”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: FRANÇA J, P.; MALYSZ, S. B.; LOPES, C. S. Práticas de ensino em climatologia: observação sensível do tempo atmosférico. Revista Brasileira de Climatologia. UFPR: Curitiba, PR. p.335-351. p. 335. <https://revistas.ufpr.br/revistaabclima/article/view/42455/29398>. Acesso em 16 de jul. 2018. 
De acordo com a citação e os conteúdos do livro-base Perspectivas e abordagens geográficas contemporâneas, o tempo atmosférico é:
Nota: 10.0
	
	A
	a sucessão de características atmosféricas durante quatro semanas.
	
	B
	o mesmo que clima, pois ambos se referem as características de determinado local.
	
	C
	a união entre massas de ar e irradiação solar, sem considerar os demais fatores.
	
	D
	o estado momentâneo da atmosfera com relação aos fenômenos meteorológicos.
Você acertou!
“O tempo, por sua vez, ‘é o estado momentâneo da atmosfera com relação a temperatura, umidade, nebulosidade, precipitação e outros fenômenos meteorológicos’ (Conti, 1998, p. 15), diferentemente do clima, que é a sucessão habitual dos tipos de tempo sobre determinado lugar e precisa de 30 a 35 anos de observação para ser definido. Dessa forma, quando precisamos consultar as condições atmosféricas para o próximo final de semana, por exemplo, devemos ver a previsão do tempo, e não do clima”. (livro-base, p. 143).
	
	E
	um dos fatores climáticos mundiais que vem sendo alterado pelo efeito estufa.
Questão 3/10 - Conceitos e Temas Contemporâneos da Geografia
Considere a citação: 
“[...] as transformações ocorridas no modo de produção e nas relações de trabalho têm importância fundamental para a compreensão do movimento histórico que determina as relações entre os homens, com particularidades econômicas, sociais, políticas e culturais em cada contexto histórico”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: DALLAGO, S. T. C. Relações de trabalho e modo de produção capitalista. VII Seminário de Saúde do Trabalhador e V Seminário O Trabalho em Debate ‘Saúde Mental Relacionada ao Trabalho’.<http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?pid=MSC0000000112010000100001&script=sci_arttext&tlng=pt>. Acesso em 16 de jul. 2018. 
Considerando os conteúdos do livro-base Perspectivas e abordagens geográficas contemporâneas sobre as desigualdades sociais no território brasileiro, é correto afirmar que:
Nota: 10.0
	
	A
	acontecem por causa da migração internacional.
	
	B
	são causadas pelo sistema político democrático.
	
	C
	são provocadas pela divisão do trabalho trazida pelo neoliberalismo.
Você acertou!
Esta é a resposta correta porque: “Outra forma produtora de pobreza e de dívidas sociais ocorre com a divisão do trabalho, que resulta do neoliberalismo e da globalização, pois essa divisão, em nosso país, tem papel ativo na desvalorização dos lugares que não perfazem tais necessidades. Para Castells (2000, p. 98), a exclusão social pode ser definida como ‘Um processo pelo qual determinados grupos e indivíduos são sistematicamente impedidos do acesso a posições que lhes permitiriam uma existência autónoma dentro dos padrões sociais’.” (livro-base, p. 87).
	
	D
	as desigualdades sociais resultam das políticas afirmativas, como a de cotas.
	
	E
	a pobreza e a desigualdade social são produzidas pela distribuição de renda.
Questão 4/10 - Conceitos e Temas Contemporâneos da Geografia
Atente para a citação: 
“A geografia econômica apareceu na Alemanha sob a influência de Carl Ritter e se desenvolveu desde o fim dos anos 1850”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: CLAVAL. Paul. Geografia Econômica e Economia. GeoTextos, vol. 1, n. 1, 2005. p.11-27. p. 13.<https://portalseer.ufba.br/index.php/geotextos/article/download/3028/2132>. Acesso em 16 de jul. 2018. 
De acordo com a citação e os conteúdos do livro-base Perspectivas e abordagens geográficas contemporâneas, para Paul Krugman a geografia econômica....
Nota: 10.0
	
	A
	é a ciência do acúmulo de riquezas.
	
	B
	estuda a localização da produção no espaço.
Você acertou!
Esta é a resposta correta porque:  “O economista Paul Krugman (1991, p. 1) define a geografia econômica como um ramo do conhecimento científico que ‘trata da localização da produção no espaço’[...]”. (livro-base, p. 104).
	
	C
	estuda a relação entre riqueza e nação.
	
	D
	é a ciência das relações sociais.
	
	E
	estuda a exploração do homem pelo homem.
Questão 5/10 - Conceitos e Temas Contemporâneos da Geografia
Atente para a citação: 
“Ao longa de sua história, o capitalismo passou por uma série de transições importantes, que definem a própria forma como as sociedades se estruturam”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: DIREITO BRASIL. Capitalismo: conceito e desenvolvimento histórico. <https://direitosbrasil.com/capitalismo-conceito-e-desenvolvimento-historico/>. Acesso em 15 de jul. 2018. 
De acordo com a citação e os conteúdos do livro-base Perspectivas e abordagens geográficas contemporâneas, na concepção de Sandroni, o capitalismo pode ser definido como:
Nota: 10.0
	
	A
	um sistema político, específico dos países de Primeiro Mundo, em que predomina a igualdade social.
	
	B
	um sistema econômico e social que predomina na maioria dos países industrializados ou em fase de industrialização.
Você acertou!
Esta é a resposta correta porque: “Para Sandroni (2007), o capitalismo pode ser definido como um sistema econômico e social que predomina na maioria dos países industrializados ou em fase de industrialização”. (livro-base, p. 55).
	
	C
	Um sistema único, predominante no