A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
42 pág.
CONTEÚDO E METODOLOGIA DA EDUCAÇÃO INFANTIL-exercícios

Pré-visualização | Página 1 de 11

CONTEÚDO E METODOLOGIA DA EDUCAÇÃO INFANTIL
	
		Lupa
	 
	Calc.
	
	
	 
	 
	 
	 
	CEL1695_A1_202002078677_V1
	
	
	
	
		Aluno: THEDA MANETTA DA CUNHA SUTER
	Matr.: 202002078677
	Disc.: CONT.M.EDUC.INFANTIL 
	2020.3 EAD (G) / EX
		Prezado (a) Aluno(a),
Você fará agora seu TESTE DE CONHECIMENTO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será composto de questões de múltipla escolha.
Após responde cada questão, você terá acesso ao gabarito comentado e/ou à explicação da mesma. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.
	
	 
		
	
		1.
		Em relação ao surgimento das primeiras creches no Brasil e as formas como foram dados os primeiros passos da educação infantil em nosso país, podemos afirmar que:
	
	
	
	as políticas públicas tinham como objetivo o desenvolvimento integral das crianças, buscando o mesmo tratamento que crianças ricas.
	
	
	a história do surgimento das primeiras creches no Brasil teve como modelo normalizador o comportamento das crianças pobres, já que a ideia era liberar a mão de obra feminina para o trabalho.
	
	
	surgiram da necessidade das mães terem tempo livre para se dedicarem ao estudo e aperfeiçoamento profissional.
	
	
	as creches e os antigos "jardins de infância" eram somente para crianças pobres e abandonadas.
	
	
	preparar as crianças para o pleno exercício de sua cidadania garantindo seus direitos.
	
Explicação:
No Brasil, a creche surgiu com o objetivo assistencialista de cuidar das crianças pobres cujas mãoes estavam inseridas no mercado de trabalho.
	
	
	
	 
		
	
		2.
		Indique o método que parte do princípio de que o aluno é um tábula rasa que precisa ser preenchida com experiências sucessivas.
	
	
	
	a) Avançado.
	
	
	b) Progressista.
	
	
	e) Participativo.
	
	
	c) Crítico-social dos conteúdos.
	
	
	d) Indutivo.
	
Explicação:
Este métido está apoiado no empirismo e acredita que o aluno nasce sem conhecimentos e precisa da ação do ambiente para se desenvolver.
	
	
	
	 
		
	
		3.
		No início do século XX, com a transformação da sociedade e a crescente urbanização e industrialização do País, o mercado de trabalho se ampliou e passou a empregar cada vez mais a mão de obra feminina. Para que as mães não tivessem que abandonar seus filhos, surgiram as primeiras propostas de instituições voltadas ao atendimento de crianças no Brasil, cuja concepção filosófica era:
	
	
	
	direito, justiça social e formação moral
	
	
	atenção, educação e formação para a vida
	
	
	religiosidade, amor, direito
	
	
	favor, caridade, filantropia
	
	
	cuidado, atenção e formação cívica
	
Explicação:
As primeiras instituições de cuidado das crianças tinham como objetivo a assistência para aquelas famílias cujas mães estavam inseridas no mercado de trabalho.
	
	
	
	 
		
	
		4.
		Desde que nascem, as crianças fazem parte de uma história e de uma cultura. São sujeitos ativos, que pensam e agem sobre o mundo. Considerando essa afirmação, assinale a alternativa correta.
	
	
	
	Criança não tem muito saber e precisa ir para a escola para aprender a viver em sociedade.
	
	
	Criança é uma semente a ser regada para que dê bons frutos.
	
	
	Os adultos precisam preparar as crianças para a vida desde que nascem.
	
	
	As crianças são produzidas pela cultura e pouco tem a contribuir com o mundo em que vivem.
	
	
	As crianças são produtoras de cultura e não receptoras passivas das dimensões socialmente construídas.
	
Explicação:
Toda criança é constituída psiquicamente pelas dinâmicas sociais e mas também oferece elementos para a transformação dessas bases culturais, mostrando que o desenvolvimento da criança tem uma dinâmica dialética e sócio-cultural.
	
	
	
	 
		
	
		5.
		O conceito de infância muda constantemente ao longo da história. Na idade média, por exemplo, a criança era tida como um adulto em miniatura, sendo afastada da família desde cedo, passava a conviver com outros adultos, ajudando-os em suas tarefas. Na era industrial da mesma forma, eram utilizadas nas fábricas como mão-de-obra barata, enquanto outras cresciam em famílias ricas, com todas as condições, para ocuparem espaços de destaque na sociedade. Considerando o texto acima, marque abaixo, a afirmativa correta, sobre o conceito de infância:
	
	
	
	O conceito de infância é determinado por decisões políticas e de leis.
	
	
	O conceito de infância é determinado somente pelo nível socioeconômico das famílias.
	
	
	O conceito de Infância não sofre a interferência dos meios de comunicação de massa.
	
	
	O conceito de infância é uma construção social e histórica.
	
	
	O conceito de infância não sofrerá mais mudanças porque a criança tem seus direitos protegidos em todo o mundo.
	
Explicação:
O conceito de criança é uma construção sócio-histórica porque varia de acordo ocm a cultura e com a época vigente.
	
	
	
	 
		
	
		6.
		De acordo com Arroyo (1994), "A infância não existe como categoria estática, como algo sempre igual. A infância é algo que está em permanente construção". Levando em consideração esta afirmativa, a infância da Idade Média apresenta características diferentes em relação à ideia de infância que temos hoje, pois na Idade Média TODAS as crianças eram:
	
	
	
	Deixadas na ¿Roda dos expostos¿.
	
	
	Percebidas como cidadãos, sujeito de direitos.
	
	
	Consideradas os melhores amigos dos adultos.
	
	
	Consideradas a representação da alma.
	
	
	Misturadas aos adultos ao completar sete anos.
	
Explicação:
Na Idade Média, não existiam sentimentos de paparicação ou cuidado das crianças, portanto, elas eram misturadas aos adultos sem receber cuidados específicos.
	
	
	
	 
		
	
		7.
		Leia o texto abaixo: "Ó como estou feliz! Ó como estou feliz, pois que morreu o último dos meus filhos. Que feliz estou. Quando eu morrer e chegar diante dos portões do céu, nada me impedirá de entrar, pois que ali estarão cinco criancinhas a me rodear e a puxar-me pela saia exclamando: 'Entra mamãe, entra! Ó que feliz que sou!, repetiu ainda rindo à grande". (LUCCOCK, 1975, P.80 apud CIVILETTI, 1991) Esta afirmação de uma mãe reflete a alegria pela morte de seu filho porque na Idade Média:
	
	
	
	Havia uma grande preocupação com o planejamento familiar.
	
	
	Os filhos que morriam guardavam o lugar da mãe nos céus.
	
	
	Ser mãe e, principalmente, ter muitos filhos não era bem visto.
	
	
	As mães eram obrigadas a deixar os filhos na Roda dos expostos.
	
	
	Inexistia o sentimento de maternidade.
	
Explicação:
Nesta fase da históra, a compreensão da criança era como de um anjo dada a sua pureza. As família snão criavam vínculo afetivo com  os filhos porque não havia um sentimento de cuidado e paparicação.
	
	
	
	 
		
	
		8.
		Uma criança é um ser humano no início do seu desenvolvimento. Complete a segunda coluna de acordo com a primeira.
1- Recém- nascido
2- Bebê
3- Criança
( ) entre 18 meses até 8 anos
( ) a partir do nascimento até um mês de idade
( ) entre o segundo e o décimo oitavo mês
	
	
	
	3 - 1 - 2
	
	
	2 - 3 - 1
	
	
	3 - 2 - 1
	
	
	1 - 3 - 2
	
	
	1 - 2 - 3
	
Explicação:
A fase de recém nascido é contabilizada desde o nascimento até 1 mês de vida. A fase de bebê, é extensiva até os 18 meses de vida e, por fim,  a fase de criança se estente até os 8 anos de idade.
	
		
	CONTEÚDO E METODOLOGIA DA EDUCAÇÃO INFANTIL
	
		Lupa
	 
	Calc.
	
	
	 
	 
	 
	 
	
	CEL1695_A2_202002078677_V1
	
	
	
	
		Aluno: THEDA MANETTA DA CUNHA SUTER
	Matr.: 202002078677
	Disc.: CONT.M.EDUC.INFANTIL 
	2020.3 EAD (G) / EX
		Prezado (a) Aluno(a),
Você fará agora seu TESTE DE CONHECIMENTO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será composto de questões de múltipla escolha.
Após responde cada questão, você terá acesso ao gabarito comentado

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.