A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Diuréticos

Pré-visualização | Página 1 de 1

Bruna Oliveira – 144 
Diuréticos 
São fármacos que aumentam o volume urinário ou inibem a reabsorção de Na+ 
Grupos: 
✓ Inibidores da anidrase carbônica 
✓ Diuréticos de alça 
✓ Diuréticos tiazídicos 
✓ Poupadores de K+ 
Aquaréticos 
• Fármacos que aumentam o volume urinário sem inibir a reabsorção de Na+ 
• Receptores V1 – Células musculares lisas dos vasos sanguíneos –> vasoconstrição 
• Receptores V2 – Células do túbulo distal do ducto coletor (recebe ação do ADH e aldosterona) 
-> aumenta reabsorção de H+20 livre de soluto 
 
 
 
 
 
 
 
 
• Diurético osmóticoCo 
• Carboidrato grande livremente filtrado que não é reabsorvido 
• Aumenta osmolaridade no compartimento em que está (atrai água para seu compartimento, 
reduzindo o edema dos tecidos) 
• 1ª fase – hipervolemia 
2ª fase- é filtrado, mas não é reabsorvido, aumentando a concentração na luz tubular, atraindo 
água e aumentando o volume urinário, reduzindo a hipervolemia 
• Efeito rápido 
• Uso terapêutico: 
✓ Tratamento de edema cerebral 
✓ Aumento de pressão intraocular 
✓ Remoção de toxinas renais 
• Pode causar efeitos adversos cardiovasculares 
Inibidores da anidrase carbônica 
• Atua no túbulo contorcido proximal (TCP), que é o local de maior 
reabsorção de Na+ 
• São diuréticos fracos, pois na porção ascendente da alça de henle há 
uma compensação da reabsorção de Na+ (Cotransporte Na+, K+ e 2Cl-) 
• Indicações clínicas: 
✓ Glaucoma – usa dozolamida em forma de colírio. O dano ao nervo 
óptico é causado principalmente pelo aumento da pressão ocular, que pode ser causada 
por falha na drenagem (glaucoma de ângulo fechado) ou excesso de produção 
(glaucoma de ângulo aberto – é usado nesse caso!) 
✓ Litíase urinária – Formação de cristais de cálcio ou ácido úrico na urina – esse processo 
é faciltado pela acidez urinária (e esse remédio alcaliniza a urina) 
• Efeitos adversos: 
✓ Hiponatremia (pouco intensa) 
✓ Hipopotassemia 
Hipotensão 
Aumento da osmolaridade sanquinea 
ADH Reabsorção de H2o 
ADH 
Diminui PA 
Trata hiponatremia (perde H2o e o 
soluto fica) 
ACETOZOLAMIDA 
DORZOLAMIDA 
Bruna Oliveira – 144 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Diuréticos de alça 
• Atuam na alça de Henle, porção ascendente, que é impermeável a agua e tem ampla 
permeabilidade iônica 
• È o diurético mais potente, pois não há nenhum mecanismo 
compensatório 
• Bloqueia transportador NKCC 
• Indicações clínicas: 
✓ Hipercalemia 
✓ Grandes edemas: Insuficiencia cardiáca, renal ou hepática 
✓ Não é indicado para HAS pois é muito potente, mas 
funcionaria pois pois diminui o volume de ejeção sistêmico (VES) 
• Efeitos adversos: 
✓ Desidratação 
✓ Hipovolemia 
✓ Litíase, caso haja predisposição 
✓ Hipocalemia (pode causar graves arritmias) – ocorre devido a diminuição da reabsorção 
de K+ pelo mecanismo primário e aumenta secreção de K+ pelas células principais na 
tentativa de reabsorver K+ 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Luz tubular 
Na + 
H+ 
Na + 
Glicose 
Na+ 
AA 
Na+ 
K+ 
ATPase 
H+ HCO3- 
 
 HCO3 
 
CO2 H2O 
Corrente sanguínea 
Na + 
H+ 
Na + 
Glicose 
Na+ 
AA 
Na+ 
K+ 
ATPase 
H+ HCO3- 
 
 HCO3 
 
CO2 H2O 
H+ HCO3- 
 
 HCO3 
 
CO2 H2O 
Anidrase carbônica 
HCO3- 
AC 
Na urina: 
↑ [Na+] 
↑ [H2O] 
↑ [ HCO3-] – alcaliniza a urina (acidez 
metabólica 
Cél. Tubular 
Corrente sanguínea 
Cél. Tubular Luz tubular 
Na+ 
K+ 
Cl- 
Na+ 
K+ 
Cl- 
Ca++ 
Mg++ 
Na urina: 
↑ [Na+] 
↑ [K+] 
↑ [H2O] 
↑ [Cl-] 
↑ [Ca++] 
↑ [Mg++] 
FUROSEMIDA (mais utilizado) 
BUMETAMIDA 
ÁCIDO ETACRÍNICO 
Normalmente, o escape 
de K+ deixa a célula 
negativa , repelindo Ca++ 
e Mg++ de passarem por 
transporte intercelular 
Esse processo estimula 
a produção das PG’s 
renais (↑cox), que 
dilatam a AA, 
favorecendo a FG, 
aumentando a diurese 
Bruna Oliveira – 144 
 
Tiazídicos 
• Atuam no túbulo contorcido distal, onde ocorre cerca de 30% da reabsorção de Na+ 
• Inibe o transporte Na+/Cl- (NCC) 
• Ação moderada ( 
• Indicações clínicas: 
✓ Litíase renal por Ca++ 
✓ HAS 
✓ Hipocalcemia 
• Efeitos adversos: 
✓ Hipovolemia 
✓ Desidratação 
✓ Hipotensão 
✓ Hiponatremia 
✓ Hipocalemia (troca Na+ e K+) 
✓ Hiperuricemia (↑ ácido úrico, que seria secredo no TCD mas é bloqueado), favorecendo 
gota e litíase por ácido úrico 
✓ Hiperglicemia, pois provavelmente diminui a produção pancreática de insulina (não é uma 
contraindicação para diabéticos, mas é importante monitorar) 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Poupadores de K+ 
• Atuam nas células principais do ducto coletor 
• Indicações clínicas: 
✓ Hiperaldosteronismo (2) 
✓ Evitar os efeitos remodeladores da aldosterona na insuficiência 
cardíaca, favorecida por NA, angiotensina II e aldosterona. (2) 
✓ Evitar perda de K+ 
• Efeitos adversos: 
✓ Hiperpotassemia – efeitos cardiovasculares 
✓ Hipogonadismo (2) 
✓ 
 
Luz tubular Cél. Tubular 
Corrente sanguínea 
Na+ Na+ 
Na+ 
Cl- 
K+ 
Ca++ 
Ca++ 
Esse canal é estimulado pelo PTH, mas ele tem sua 
liberação diminuída quando detecta aumento de 
Ca++ na corrente sanguínea 
Na urina: 
↑[Na+] 
↑[Cl-] 
↑[H2O] 
↓[Ca++] 
↑[K+] 
↓[ácido úrico] 
 
HIDROCLOROTIAZIDA 
CORTALIDONA 
INDAPAMIDA (menos usado) 
ENAC 
ROMK 
Na+ 
Na+ 
K+ 
K+ 
Ald. 
1- Inibidores diretos 
da reabsorção de 
Na+ ou dos canais 
de Na+ 
AMILORIDA 
TRIANTERENO 
2- Antagonistas dos 
receptores de 
Aldosterona 
(ação + 
poupadora de K) 
ESPIROLACTONA 
EPLERONA 
ECLERONA (menor 
risco de 
hipogonadismo) 
Referência: aula de Gilson – 
BTM – 2019.2