A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Tratamento da Angina de peito

Pré-visualização | Página 1 de 1

Bruna Oliveira – 144 
 
• Causada por uma isquemia miocárdica, gerada por uma insuficiência coronariana, que pode ser: 
✓ Crônica: Obstrução gradual e progressiva por placas ateromatosas, causando a angina clássica, 
estável ou de esforço 
✓ Aguda: Formação de trombo por cima de placa ateromatosa ou IAM, causando a angina instável 
ou súbita 
• Tratamento de escolha é o cateterismo, mas se não puder, receitar trombolíticos 
• Desequilíbrio oferta/demanda -> ISQUEMIA!!! 
• ↑ demanda de o2 no miocárdio - precisa diminuir o trabalho cardáco: 
✓ Pós-carga ou RVP 
✓ Pré-carga (pressão na parede ventricular na hora da diástole) ou retorno venoso (depende da 
volemia e capacitância venosa) 
✓ Força contrátil 
✓ FC 
• ↓ oferta de o2 nas coronarianas – promover vasodilatação nas coronarianas 
Nitratos vasodilatadores 
• Induzem a formação de NO 
 
 
 
• Ações: 
✓ Venodilação (↓ retorno venoso -> ↓ pré-carga) 
✓ Arteriodilatação (dilatação de vasos coronarianos -> ↓ pós carga) 
• Resultados: 
✓ ↓consumo de O2 
✓ Redistribuição do fluxo coronariano para áreas de isquemia através dos vasos colaterais 
✓ Alívio do espasmo coronariano 
• Amplamente metabolizados pelo fígado, preferir via sublingual 
• Pouca ação em outras musculaturas lisas 
• Não interferem no inotropismo ou cronotropismo 
• Discreto efeito antiagregante plaquetário 
• Indicações clínicas: 
✓ Angina estável e instável 
✓ Angina de Prinzmital 
• Efeitos adversos: 
✓ Cefaleia 
✓ Hipotensão ortostática 
✓ Tolerância 
• Contraindicação para usar inibidores de fosfodiesterase V (↑ GMPc), usada na disfunção sexual, pois 
pode causa uma hipotensão muito severa. 
Antagonistas dos canais de Ca++ 
• Principalmente os não di-hidropiridinicos, pois atuam no coração 
• Pouca ação venosa 
• Ações: 
✓ ↑ oferta (vasodilatação coronariana) 
✓ ↓ demanda ( ↓ trabalho -> ↓pós-carga) – efeito inotrópico e cronotrópico negativo 
• Indicações clínicas: 
✓ Angina de esforço e variante 
✓ Síndrome de Reynaud 
✓ HAS (di-hidropiridinicos) 
✓ Taquiarritmias (VERAPAMIL) 
✓ Trabalho de parto pré-termo (NIFEDIPENO) 
• Efeitos adversos dos não-di, usados na angina 
✓ Hipotensão 
✓ Bradicardia intensa (cuidado com B bloqueadores) 
✓ Disfunção venstricular esquerda severa 
 
Síndrome de Reynaud – 
sensibilidade vascular ao frio 
(cianose) 
Guanilil ciclase -> GMPc -> Fosfatases desfosforilam a cadeia 
leve da miosina -> VASODILATAÇÃO 
Bruna Oliveira – 144 
B-bloqueadores 
• Ações: 
✓ Inotropismo negativo - ↓ força de contração -> ↓ trabalho 
✓ Cronotropismo negativo - ↓ condução A-V -> ↓ FC -> ↓ trabalho 
✓ ↓ consumo de O2 
• Indicações clínicas: 
✓ Angina 
✓ HAS 
✓ Taquiarritmias 
✓ ICC 
✓ Glaucoma 
• Efeitos adversos: 
✓ Broncoconstrição 
✓ Bradicardia 
✓ Hipotensão 
✓ Mascara sintomas ou provoca demora na recuperação da hipoglicemia 
✓ Efeito rebote na suspensão abrupta 
Ivabrazina 
• ↓ FC (inibe a condução da corrente no nodo sinoatrial) 
• Em casos de refratariedade ou contraindicação de B-bloqueadores 
• Sem efeitos sobre a contratilidade miocárdica 
• Contraindicado em associação com verapamil ou diltiazem 
 
Outros fármaos: 
• Antiagregantes plaquetários, anticoagulantes e trombolíticos 
• Hipolipemiantes – estatinas 
 
Referência: aula de Gilson – BTM – 2019.2