A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
14 pág.
trabalhoSistema Condução elétrica do Coração

Pré-visualização | Página 1 de 2

ESCOLA SUPERIOR DE CRUZEIRO 
CURSO DE FISIOTERAPIA 
 
 
 
IGOR COURBASSIER PEREIRA 
 
 
 
 
 
SISTEMA DE CONDUÇÃO ELÉTRICA DO CORAÇÃO 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Cruzeiro, SP 
2020 
 
 
IGOR COURBASSIER PEREIRA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
SISTEMA DE CONDUÇÃO ELÉTRICA DO CORAÇÃO 
 
 
 
 
 
 
 
 
Trabalho apresentado ao Curso de Fisioterapia 
da ESEFIC – Escola Superior de Cruzeiro, para 
a disciplina Anatomia 
 
Professor Miguel Angelo Amaral Maza 
 
 
 
 
 
 
Cruzeiro, SP 
2020 
 
 
RESUMO 
O presente trabalho descreve a importância do coração, órgão vital para nossa 
sobrevivência, e o funcionamento do seu sistema de condução elétrico. O sistema 
cardiovascular garante que o sangue seja transportado para todo o organismo. O 
coração é ativado por estímulos elétricos, sendo composto por Câmaras (átrios e 
ventrículos) que funcionam como uma bomba propulsora de sangue. Esta bomba bate 
100 mil vezes por dia devendo ser eficaz durante toda nossa vida. Os nós e redes das 
células “especializadas” do coração constituem o sistema de condução cardíaca. Os 
componentes deste sistema são os nós sinoatrial e aurículo-ventricular, o feixe 
aurículo-ventricular, com os seus ramos esquerdo e direito e o plexo subendocárdico 
das células de condução ventricular (fibras de Purkinje). Em um batimento normal, o 
impulso elétrico é gerado pelo nó sinusal, desde onde se propaga para ambos os 
átrios, causando a contração atrial.Por vias preferenciais atriais o impulso atinge ao 
nó AV, onde ocorre um atraso na condução, depois se transmite ao feixe de His e, 
através dos seus dois ramos, é conduzido por todo o miocárdio pelas fibras de 
Purkinje. Os impulsos elétricos que passam pelo complexo estimulantes do coração 
podem ser registrados pelo eletrocardiograma. 
 
 
 
 
 
 
Palavras chaves: coração; sangue; sistema; condução elétrica. 
 
 
 
 
 
 
 
 
LISTA DE FIGURAS 
 
Figura 1 – Câmaras cardíacas...................................................................................12 
Figura 2 – Circulação do Sangue no coração............................................................13 
Figura 3 - Nó sinoatrial...............................................................................................15 
Figura 4 – Ventrículos do coração..............................................................................16 
Figura 5- Sistema Condutor do coração-lâmina histológica.......................................16 
Figura 6 - Fibras de Purkinje- lâmina histológica.......................................................17 
Figura 7 – Sistema de Condução Elétrico do Coração..............................................17 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
SUMÁRIO 
1- INTRODUÇÃO.......................................................................................................06 
2- DESENVOLVIMENTO...........................................................................................07 
2.1- Sistema de Condução Elétrica do Coração................................................07 
 2.2- O sistema de Condução Elétrica do Coração Normal..............................09 
3- CONCLUSÃO........................................................................................................13 
4-REFERÊNCIAS.......................................................................................................14 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
6 
 
 
 
 
1 INTRODUÇÃO 
 Este é um trabalho de pesquisa bibliográfica sobre o sistema de condução 
elétrica do coração mas, antes de entrar no sistema de condução cardíaco 
propriamente dito falaremos sobre o coração, a peça principal de todo este sistema. 
O coração é o primeiro órgão a ser formado no período embrionário e todos os 
eventos seguintes na vida do organismo dependem da habilidade deste órgão 
equivaler o seu rendimento com a demanda do organismo por oxigênio e nutrientes. 
O coração é um órgão único, muscular, localizado na região mediasatínica, 
levemente deslocado à esquerda do plano mediano, que possui como principal 
função propelir o sangue através dos vasos, fazendo -o chegar a todas as células 
do organismo. Além desta função bombeadora, também possui função endócrina. 
O coração é um órgão ativado por estímulos elétricos. A contração das fibras 
elétricas musculares do coração (miocárdio) é controlada por uma descarga elétrica 
que flui através de vias elétricas do sistema de condução, em uma velocidade 
controlada. Ele gera seus próprios impulsos elétricos que cursam um trajeto próprio, 
especialmente desenhado para ajudar na distribuição de um potencial de ação através 
do músculo cardíaco. 
 Os tecidos especializados que geram e conduzem impulsos elétricos através 
do coração, são o nó sinoatrial, nó atrioventricular, feixe de His e fibras de Purkinje. 
 
 
 
 
 
 
 
7 
 
 
 
 
2- DESENVOLVIMENTO 
2.1 - Sistema de condução elétrica do Coração 
Anatomia e função básica do sistema de condução elétrica do coração 
O coração é um órgão ativado por estímulos elétricos, sendo composto por 
quatro câmaras: duas superiores e menores (os átrios), e duas inferiores e maiores 
(os ventrículos). Estas câmaras funcionam como uma bomba propulsora de sangue. 
Sangue desoxigenado retorna ao átrio direito do coração, através das duas veias cava 
(superior e inferior). É bombeado para o ventrículo direito e depois para os pulmões 
onde o dióxido de carbono é libertado e o oxigênio é absorvido. O sangue oxigenado, 
em seguida, volta para o átrio esquerdo do coração, em seguida para o ventrículo 
esquerdo a partir do qual é bombeado para dentro da aorta e a circulação arterial.Esta 
bomba bate cerca de 100mil vezes por dia, devendo ser eficaz durante toda nossa 
vida. 
 
 
 
 
Câmaras cardíacas 
1. Átrio direito 
2. Ventrículo direito 
3. Ventrículo esquerdo 
4. Átrio esquerdo 
 
 
 
 
8 
 
 
 
Câmaras cardíacas 
Revisão da anatomia cardíaca e sistema elétrico de condução.Jade Pacheco pdf 
 Esta função do coração se deve a três propriedades principais das células 
cardíacas: a excitabilidade, condutibilidade e contractilidade. 
A Contração das fibras musculares do coração(miocárdio) é controlada por uma 
descarga elétrica que flui através de vias elétricas do sistema de condução, em uma 
velocidade controlada.A descarga elétrica que inicia a cada batimento cardíaco 
origina-se no marca-passo natural do coração.O ritmo cardíaco ditado pelo marca-
passo natural do coração(nó sinusal)é chamado de ritmo sinusal.O ritmo cardíaco 
ditado pelo nó atrioventricular (estação intermediária do sistema elétrico do coração) 
é chamado de ritmo juncional. Muitas vezes esse último ritmo pode ser indicativo de 
uma doença cardíaca propriamente dita. 
O coração possui uma estrutura elétrica que é formada por dois tipos 
celulares: 1) as células que geram o potencial de ação (PA) cardíaco e, em conjunto, 
são chamadas de marca-passo cardíaco; 2) as células especializadas em conduzir 
impulso elétrico, que possibilitam a propagação do estímulo de uma célula para outra, 
facilmente. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
9 
 
 Os eventos elétricos que percorrem o tecido cardíaco podem ser avaliados 
através do eletrocardiograma (ECG), que captura os batimentos cardíacos e outras 
alterações do sistema de condução através de eletrodos colocados na superfície do 
tórax e nos membros superiores e inferiores. 
 O ECG é uma das principais ferramentas para diagnosticar as alterações do 
sistema de condução. No indivíduo normal, o traçado demonstra o ritmo sinusal. Já 
em quem está com batimentos descompassados, podemos identificar através do 
ECG: as doenças do nó sinusal, os bloqueios atrioventriculares e os bloqueios de 
ramo e as taquicardias supraventriculares e ventriculares. 
Arritmias cardíacas, a frequência cardíaca não responde só a ação do exercício 
e