A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
resumo ldb ensino religioso

Pré-visualização | Página 1 de 1

Sabe-se que até chegar atualmente, o ensino religioso durante sua trajetória passou por diversas reformulações e ementas para a efetivação como disciplina escolar. 
Na LDB de 1996, o ensino religioso era de matrícula facultativa e constituía disciplina dos horários normais das escolas públicas de ensino fundamental, sendo oferecido, sem ônus para os cofres públicos, de acordo com as preferências manifestadas pelos alunos ou por seus responsáveis, em caráter: confessional que era de acordo com a opção religiosa do aluno ou do seu responsável, ministrado por professores ou orientadores religiosos preparados e credenciados pelas respectivas igrejas ou entidades religiosas; ou interconfessional que era resultante de acordo entre as diversas entidades religiosas, que se responsabilizarão pela elaboração do respectivo programa. 
Já na LDB atual, o ensino religioso comparado ao de 1996 ainda é de matrícula facultativa e constitui disciplina dos horários normais das escolas públicas de ensino fundamental. Só que atualmente ele é considerado parte integrante da formação básica do cidadão e assegura o respeito à diversidade cultural religiosa do Brasil, vedadas quaisquer formas de proselitismo. Na LDB atual os sistemas de ensino regulamentarão os procedimentos para a definição dos conteúdos do ensino religioso e estabelecerão as normas para a habilitação e admissão dos professores, além de ouvirem a entidade civil, constituída pelas diferentes denominações religiosas, para a definição dos conteúdos do ensino religioso, fatos estes que antes não eram aceitos.