A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
13 pág.
NEUROSE, PSICOSE E PERVERSÃO POR QUINET

Pré-visualização | Página 2 de 4

como angústia. 
Também se faz presente em todas as estruturas. Está presente a todos os seres
falantes.
Sintoma É aquilo que pode dar um sentido a angústia. 
Podemos ver isso melhor no caso do pequeno Hanz - Pois ele tinha uma fobia a cavalos, de
que ele vê um dos objetos A (o ver, o ouvir). A fobia que ele tem ao cavalo é o que dá
ordem a lei caprichosa da mãe dele. Ali vemos a angústia de castração com o sintoma. 
FREUD tem um outro texto muito importante sobre isso, que se chama INIBIÇÃO, SINTOMA E
ANGÚSTIA. 
PSICANÁLISE não tem nada a ver com autoconhecimento.
A ideia de normalidade não tem relação com as estruturas. Temos a tendência a achar que
a psicose é algo ruim, que é da ordem do sofrimento e não necessariamente. Tem pessoas
neuróticas que sofrem muito mais que um psicótico. 
O grande problema na psicose são as alucinações, que são um grande problemas porque
como ela é da ordem do real, ou seja, o sujeito não tem dúvida do que está vendo, como
por exemplo o sujeito neurótico tem. "Ouvi ou não ouvi?" "Será que foi uma coisa que eu
ví mesmo?". "Será que eu t me sentindo perseguido, será que é coisa da minha cabeça?".
O Sujeito psicótico na alucinação, ele não tem dúvida, ele tem certeza. 
Caso do Van Gogh com as orelhas cortadas. Nesse caso
conseguimos entender que a dor da alucinação é maior que
a dor física. Após a orelha cortada, ele até fez seu
autorretrato. 
O EU dele estava despedaçado - Fenômeno clínico da
esquizofrenia.
O EU narcísico organiza. A questão da voz: A voz invade.
Eles não reconhecem a voz como sendo deles. Não é uma voz
da realidade, ela é real. Se escuta que tem que fazer,
eles fazem. 
Clínica Psicanalítica
@Mentologikas - Resumos de Eliane Cavalcante
texto - Antonio Quinet - As funções das entrevistas preliminares. - AULA 18.11.2020
Normalidade
Melancolia - O filme retrata duas irmãs: uma ainda noiva, Justine (Kirsten Dunst) e
outra já mãe, Claire (Charlotte Gainsbourg), com o seu marido John (Kiefer
Sutherland), nas suas relações familiares e interpessoais e na sua dimensão mental.
i know this much is true - Mark Rufalo
Uma minissérie da HBO conta a história de Dominic, um pintor divorciado que, após
passar por alguns anos difíceis, precisa tomar conta de Thomas, seu irmão gêmeo que, em
um surto causado por sua esquizofrenia, corta a própria mão em uma biblioteca.
Indicação de Filme e série
Psicose
MELANCOLIA
PARANOIA e a
ESQUIZOFRENIA.
Também existem os tipos clínicos. O sujeito pode ser um psicótico melancólico. E quem
conhecer um pouco sobre melancolia (Justine - do filme Melancolia). Mas existem outros
tipos clínicos que são a:
Van Gogh
Clínica Psicanalítica
@Mentologikas - Resumos de Eliane Cavalcante
texto - Antonio Quinet - As funções das entrevistas preliminares. - AULA 18.11.2020
Como é feito o diagnóstico em Psicanálise?
Através da fala (São estruturas de linguagem!). Qual lugar o sujeito ocupa nessa
estrutura de linguagem? E ela Vai vir como? através dos objetos :são as pessoas, as
relações. Tudo isso é linguagem; Tendemos a acreditar na realidade e esquecemos que a
realidade é vestida de símbolos. 
Entrevistas preliminares /tratamento de ensaio
Entrevistas preliminares (expressão do LACAN) que quer dizer a mesma coisa que o
FREUD disse no texto : O início do tratamento. 
A Expressão entrevistas preliminares corresponde em LACAN ao tratamento de ensaio em
FREUD. 
Quando usamos essa expressão: 
Em LACAN > vamos encontrar essa expressão num texto sobre PSICOSE intitulado: De uma
questão preliminar a todo tratamento possível da PSICOSE. 
FREUD > Só trabalhava com Neurose, não orientava o tratamento psicanalítico para
paciente psicóticos, daí a importância de fazer o tratamento de ensaio. FREUD só
atendia pacientes NEURÓTICOS. 
Não existe caso clínico de pacientes psicóticos, a não ser o homem dos lobos que
existe uma questão diagnóstica que os analistas até hoje debatem os elementos da
história dele. LACAN chega até a falar sobre > acidente tardio da PSICOSE > Como se
trata-se de uma Psicose desencadeada durante o tratamento. 
Existem os sujeitos que são psicóticos que no dia a dia parece NEUROSE mas é uma
PSICOSE não desencadeada (não teve surto ainda) em geral esses surtos acontecem na
adolescência mas existe PSICOSE INFANTIL também.
No texto de: Uma questão preliminar a todo tratamento possível da PSICOSE. Relatório
do seminário 3 - que se chama as PSICOSES, nesse texto que ele usa essa expressão
ENTREVISTA PRELIMINAR, essa expressão indica que existe um limiar, uma porta de
entrada na análise, totalmente distinta da porta de entrada do analista. Não basta
ir la no consultório. A entrada na análise não depende dessa abertura e porta e cair
lá na sala de espera ou consultório. O que vai acontecer a partir dessa momento é a
entrada nas entrevistas preliminares. 
Trata-se de um tempo de trabalho prévio a análise propriamente dita, cuja a entrada
é concebida não como continuidade e sim como próprio nome: TRATAMENTO DE ENSAIO
parece sugerir como uma DESCONTINUIDADE, um corte em relação ao que era anterior e
preliminar. 
Clínica Psicanalítica
@Mentologikas - Resumos de Eliane Cavalcante
texto - Antonio Quinet - As funções das entrevistas preliminares. - AULA 18.11.2020
Como Freud fazia os tratamentos dele?
Durante o tratamento de ensaio o paciente ficava na cadeira, no face a face. Um
problema hoje dos analistas que mantem supostamente atendimento face a face. 
Freud atendia na cadeira no face a face, quando o paciente entrava em análise, o
paciente deita no divã e FREUD vai para poltrona atrás do paciente, de modo que o
paciente não o vê mais então não tendo mas a referência imaginária. 
Quando que o paciente se deitava para Freud?
Quando o paciente era Neurótico. Quando ele era PSICÓTICO o tratamento era feito nas
instituições psiquiátricos da época. 
Psicanálise na atualidade
Estendida para qualquer ser falante, seja neurose, seja psicose e seja perversão e
seja casos de autismo. 
Quinet
Descontinuidade das entrevistas preliminares em relção ao tratamento própriamente
dito, esse corte corresponde a atravessar o umbral dos preliminares para entrar no
discurso analítico (página 32)
Então nas ENTREVISTAS PRELIMINARES o que opera é o DISCURSO DA HISTÉRICA, produzir a
histerização do discurso. Que vai evidenciar a divisão subjetiva e a entrada na
análise, o sujeito sai da posição de agente e vai para posição do outro, e o analista
sai da posição de mestre e ocupa a função do objeto A. 
Por isso que análise também angustia. Porque o analista ocupa a função de objeto A e
justamente para tratar da angústia, pois o lugar do analista no tratamento é operar
como a causa do desejo, o remédio da angústia é o desejo. 
Discurso
 analítico
Quando falamos de DISCURSO ANALÍTICO estamos falando do modo como
opera uma experiência de análise a partir do analista como aquele que
dirige o tratamento e ele dirige a partir da posição de objeto A. Que
é bastante delicado.
LACAN - TEXTO: O pior. >> No qual ele fala sobre isso.
Clínica Psicanalítica
@Mentologikas - Resumos de Eliane Cavalcante
texto - Antonio Quinet - As funções das entrevistas preliminares. - AULA 18.11.2020
Associação livre
Nem sempre é possível demarcar nitidamente esse umbral da análise, isso ocorre porque
tanto nas entrevistas preliminares quanto na própria análise o que está em jogo é a
associação livre. O paciente sabe que ele está ali para falar e associar e o analista
está ali para ouvir. E durante o tratamento também, isso não muda, a associação livre
vai ser nas entrevistas preliminares e na própria análise (experiência de análise). 
Este ensaio preliminar, diz Freud é ele próprio início de uma análise que deve
conformar-se as suas regras. 
Pode-se talvez fazer a distinção de que durante esta fase deixa-se o paciente falar
quase o tempo todo e não se explica nada mais do que o absolutamente necessário para
fazê-lo prosseguir no que está dizendo.
A TAREFA DO ANALISTA: é fazer