A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
apol 2 teoria do conhecimento tentativa 1

Pré-visualização | Página 1 de 2

Questão 1/10 - Teoria do Conhecimento - Eletiva 
 
Leia o excerto abaixo: 
 
“Com relação ao critério utilizado para garantir um conhecimento seguro, enquanto os 
racionalistas prescrevem a necessidade de lógica e validade universal, os empiristas 
estabelecem a observação rigorosa.” 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: LOPES, Luís Fernando. MOSER, Alvino. Para compreender a teoria do conhecimento. Intersaberes: 
Curitiba, p.80, 2016. 
Considerando estas informações e os demais conteúdos do livro-base Para 
compreender a teoria do conhecimento, assinale a alternativa que resume a 
posição de John Locke acerca do intelecto: 
Nota: 10.0 
 
A A mente é abstrata. 
 
B O intelecto é composto por linguagem. 
 
C Penso, logo, existo. 
 
D O intelecto é como uma tábula rasa. 
Você acertou! 
Comentário: De acordo com o livro-base (p.80), “Locke sustenta que somos como uma tábula rasa. Para ele, o conhecimento vem das sensações, que são os sense data, isto é, os dados 
dos sentidos. A razão apenas os coloca em ordem". 
 
E A inteligência é inata. 
 
Questão 2/10 - Teoria do Conhecimento - Eletiva 
 
Leia o excerto abaixo: 
 
“[...] foi Auguste Comte (1798 – 1857) seu maior propagador. O positivismo se tornou, 
na segunda metade do séc. XIX, uma grande corrente filosófica, com muitas e 
variadas manifestações em todos os países ocidentais.” 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: LOPES, Luís Fernando. MOSER, Alvino. Para compreender a teoria do conhecimento. Intersaberes: 
Curitiba, 2016. p. 128. 
Considerando estas informações e os demais conteúdos do livro-base Para 
compreender a teoria do conhecimento, a filosofia de Comte tem por 
fundamentação a lei dos três estados, deste modo, assinale a alternativa que os 
indica: 
Nota: 0.0 
 
A Antigo, medieval e moderno. 
 
B Inicial, intermediário e final. 
 
C Teológico, metafísico e positivo 
Comentário: De acordo com o livro-base (p.129), “A filosofia de Auguste Comte tem como base a lei dos três estados, segundo a qual todas as nossas especulações, tanto no nível 
pessoal quanto no coletivo, em termos de espécie, passam, necessariamente, por três estados, habitualmente denominados de teológico, metafísico e positivo". 
 
D Arcaico, conservador e futurista. 
 
E Antigo, conservador e progressista. 
 
Questão 3/10 - Teoria do Conhecimento - Eletiva 
 
“Embora Aristóteles não seja um empirista stricto sensu, sua teoria do conhecimento 
se baseia no princípio da tábula rasa (pedra em branco), que Thomás de Aquino e os 
escolásticos sintetizaram na seguinte fórmula: Nihil est in intellectu quin prius fuerit in 
sensu (nada há no intelecto que não tenha passado antes pelos sentidos).” 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: LOPES, Luís Fernando. MOSER, Alvino. Para compreender a teoria do conhecimento. Intersaberes: 
Curitiba, p.73 - 74, 2016. 
Considerando estas informações e os conteúdos do livro-base Para compreender a 
teoria do conhecimento, assinale a alternativa que corresponde ao significado 
correto do termo “empirismo”: 
Nota: 10.0 
 
A Razão. 
 
B Emoção. 
 
C Abstração. 
 
D Realismo. 
 
E Experiência. 
Você acertou! 
Comentário: De acordo com o livro-base (p.79), “A palavra empirismo vem do grego empeiria, que significa “experiência”, e diz respeito tanto às experiências vindas dos sentidos 
externos quanto às oriundas dos sentidos internos.” 
 
Questão 4/10 - Teoria do Conhecimento - Eletiva 
 
Leia o excerto a seguir: 
 
“Com Descartes, teve início uma nova etapa da filosofia, de respeito pelas ideias 
claras e de preocupação com os problemas do homem. A orientação filosófica, que até 
então era essencialmente ontológica, começou a ser vista sob outra perspectiva, 
segundo a qual a crítica gnosiológica (ou epistemológica) tem como princípio verificar 
a possibilidade e o valor de validade ou de credibilidade do conhecimento humano”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: LOPES, Luís Fernando. MOSER, Alvino. Para compreender a teoria do conhecimento. Intersaberes: 
Curitiba, 2016. p. 72. 
Considerando estas informações e os demais conteúdos do livro-base Para 
compreender a teoria do conhecimento, assinale a alternativa que indica a corrente 
filosófica da qual Descartes é considerado o maior representante: 
Nota: 10.0 
 
A Ceticismo. 
 
B Empirismo. 
 
C Realismo. 
 
D Agnosticismo. 
 
E Racionalismo. 
Você acertou! 
Comentário: De acordo com o livro-base (p.72) “Não por acaso, a matemática foi uma das áreas de domíno do primeiro racionalista “puro”, por assim dizer o Filósofo francês René 
Descartes (1596-1650), considerado o pai da filosofia moderna.” 
 
Questão 5/10 - Teoria do Conhecimento - Eletiva 
 
Leia o excerto abaixo: 
 
“Criada como uma reação ao idealismo hegeliano que dominava o pensamento 
filosófico em Oxford na virada do século XIX para o século XX, a filosofia analítica 
engloba várias correntes filosóficas que surgiram no século XX: positivismo lógico, 
empirismo lógico neopositivismo e neoempirismo.” 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: LOPES, Luís Fernando. MOSER, Alvino. Para compreender a teoria do conhecimento. Intersaberes: 
Curitiba, 2016. p. 138. 
Considerando estas informações e os demais conteúdos do livro-base Para 
compreender a teoria do conhecimento, a guinada dada pela filosofia nesse 
contexto também é conhecida como: 
Nota: 0.0 
 
A Virada filosófica. 
 
B Guinada epistêmica. 
 
C Revolução epistemológica. 
 
D Virada linguística. 
Comentário: De acordo com o livro-base (p.138), “Quem deu início a essa guinada na filosofia, conhecida como virada linguística (linguistic turn), foram Georges Wdward Moore 
(1873 – 1958) e Bertrand Russel (1872 - 1970), que eram colegas na Universidade de Oxford. 
 
E Transformação metodológica. 
 
Questão 6/10 - Teoria do Conhecimento - Eletiva 
 
Considere o fragmento abaixo: 
 
“Esse estudo, como vimos, Kant denomina de transcendental – termo que apresenta 
uma dimensão que torna possíveis as condições de necessidade e de viabilidade do 
conhecimento dessas proposições”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: LOPES, Luís Fernando. MOSER, Alvino. Para compreender a teoria do conhecimento. Intersaberes: 
Curitiba, 2016. p.96. 
Considerando estas informações e os conteúdos do livro-base Para compreender a 
teoria do conhecimento, sobre as proposições sintéticas propostas por Kant, 
que se subdividem em duas categorias, assinale a alternativa que as apresenta: 
Nota: 0.0 
 
A Noumenon e phainomena. 
 
B Imanente e transcendente. 
 
C Intelecto ativo e intelecto passivo. 
 
D Criticismo e dogmatismo. 
 
E Proposições sintéticas a priori e proposições sintéticas a posteriori. 
Comentário: De acordo com o livro-base (p.95), “ Proposições sintéticas: subdividem-se em duas categorias: 
1. Proposições sintéticas a posteriori: afirmações em que o predicado é atribuído ao sujeito, baseado numa experiência, numa observação. Por exemplo: 'a caneta é verde', 'o clima 
está frio'. 
2. Proposições sintéticas a priori: são aquelas cuja atribuição é necessária (a priori), não é analítica nem depende da informação da experiência. Por exemplo: 'tudo o que acontece 
exige uma causa'. Nesse exemplo, a causalidade não está nos fenômenos (no que acontece), mas é o sujeito conhecedor que estabelece a relação de causa." 
 
Questão 7/10 - Teoria do Conhecimento - Eletiva 
 
Considere o fragmento abaixo: 
 
“Kant chama Descartes e Leibniz de “dogmáticos”, pois considera que os resultados 
das investigações desses filósofos não alcançaram resultados seguros.” 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: LOPES, Luís Fernando. MOSER, Alvino. Para compreender a teoria do conhecimento. Intersaberes: 
Curitiba, 2016.