A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
25 pág.
AS Geral_ FUNDAMENTOS DO CONTROLE DO RUÍDO INDUSTRIAL

Pré-visualização | Página 1 de 4

06/10/2020 AS Geral: FUNDAMENTOS DO CONTROLE DO RUÍDO INDUSTRIAL
https://cruzeirodosul.instructure.com/courses/8075/quizzes/31737 1/25
AS Geral
Entrega Sem prazo Pontos 10 Perguntas 25
Disponível 20 set em 0:00 - 30 set em 23:59 11 dias Limite de tempo Nenhum
Tentativas permitidas 3
Este teste foi travado 30 set em 23:59.
Histórico de tenta�vas
Tentativa Tempo Pontuação
MAIS RECENTE Tentativa 1 97 minutos 7,2 de 10
Pontuação desta tentativa: 7,2 de 10
Enviado 28 set em 19:42
Esta tentativa levou 97 minutos.
0,4 / 0,4 ptsPergunta 1
São efeitos extra-auditivos da exposição a altos níveis de ruído,
exceto:
 Variação da pressão arterial. 
 Vertigem. 
 Perda auditiva permanente. Correto!Correto!
 Redução da libido. 
 Fadiga mental. 
https://cruzeirodosul.instructure.com/courses/8075/quizzes/31737/history?version=1
06/10/2020 AS Geral: FUNDAMENTOS DO CONTROLE DO RUÍDO INDUSTRIAL
https://cruzeirodosul.instructure.com/courses/8075/quizzes/31737 2/25
A exposição prolongada a altos níveis de ruído, além de
provocar danos ao sistema auditivo, é a causa de outros efeitos
sobre o corpo humano, tais como: aumento de batimentos
cardíacos, hipertensão arterial, estreitamento dos vasos
sanguíneos, tensão muscular, alterações digestivas, disfunção
hormonal, redução da libido, dificuldade de repouso do corpo,
aumento da frequência respiratória, vertigem e cefaleia. Os
efeitos dessas alterações podem se manifestar na forma de
mudanças de comportamento, por exemplo, nervosismo, fadiga
mental, frustração, prejuízo no desempenho no trabalho
(GERGES, 2000. SALIBA, 2018). A perda auditiva permanente
nãos e caracteriza como efeito extra-auditivo.
0,4 / 0,4 ptsPergunta 2
O trabalhador com perda auditiva pode ter sua capacidade laboral
reconhecida através dos seguintes procedimentos, exceto:
 O histórico clínico e ocupacional do trabalhador. 
 Os resultados dos exames médicos audiológicos. 
 A demanda auditiva da atividade. 
 A exposição a outros agentes insalubres ou perigosos. Correto!Correto!
 A exposição a agentes ototóxicos. 
06/10/2020 AS Geral: FUNDAMENTOS DO CONTROLE DO RUÍDO INDUSTRIAL
https://cruzeirodosul.instructure.com/courses/8075/quizzes/31737 3/25
O trabalhador portador de PAIR não deve ser excluído do
trabalho em função de seu quadro audiométrico. Sua
capacidade laboral poderá ser reconhecida, desde que
considerando outros fatores, tais como:
- A idade do trabalhador;
- O histórico clínico e ocupacional do trabalhador;
- Os resultados dos exames médicos audiológicos;
- O tempo de exposição pregressa e atual do trabalhador a
níveis de pressão sonora elevados;
- A demanda auditiva da atividade;
- A exposição não ocupacional a níveis de pressão sonora
elevados;
- A exposição a agentes ototóxicos (substâncias químicas que
podem causar dano no sistema auditivo);
- A capacitação do trabalhador;
- Os programas de segurança que o trabalhador estará incluído.
0,4 / 0,4 ptsPergunta 3
Qual o valor do nível de potência sonora para uma potência acústica
de 5 W?
 124 dB 
 127 dB Correto!Correto!
 130 dB 
 133 dB 
 137 dB 
06/10/2020 AS Geral: FUNDAMENTOS DO CONTROLE DO RUÍDO INDUSTRIAL
https://cruzeirodosul.instructure.com/courses/8075/quizzes/31737 4/25
Considerando NWS = 10 log W + 120, e W a potência de
referência de 10 W, NWS = 126,9 = 127 dB 
0
-12
0,4 / 0,4 ptsPergunta 4
Um equipamento emite 86dB. Outro equipamento emite 89dB. Qual o
nível de pressão sonora dos equipamentos funcionando
simultaneamente?
 90,8 dB Correto!Correto!
 90,7 dB 
 87,8 dB 
 87,7 dB 
 87,5 dB 
L1 = 89 dB / L2 = 86 dB
L1 – L2 = 89 – 86 = 3 dB
Conforme a tabela 1 (Índices de correção para adição de
decibéis), ∆L para 3 dB é igual a 1,8 dB.
Portanto: NPSt = L1 + ∆L = 89 + 1,8 = 90,8 dB.
0 / 0,4 ptsPergunta 5
Em qual faixa de frequência a perda auditiva apresenta prejuízos
sociais evidentes?
06/10/2020 AS Geral: FUNDAMENTOS DO CONTROLE DO RUÍDO INDUSTRIAL
https://cruzeirodosul.instructure.com/courses/8075/quizzes/31737 5/25
 1.000 Hz esposta corretaesposta correta
 2.000 Hz 
 3.000 a 6.000 Hz ocê respondeuocê respondeu
 4.000 Hz 
 4.000 a 6.000 Hz 
A perda auditiva permanente por exposição ao ruído se inicia
geralmente na faixa de 3.000 a 6.000 Hz, principalmente na
frequência de 4.000 Hz. Enquanto situada nesta faixa, o
indivíduo pode não perceber esta perda, pois ela não influencia
a faixa de frequência da conversação humana (500 a 2.000 Hz).
Ou seja, não há prejuízo da fala, escuta ou entendimento da
conversação ou audição de músicas ou TV. Daí a importância
de se detectar e interromper a PAIR nos estágios iniciais, visto
que ainda não ocorreu prejuízo da comunicação, que pode
impactar na qualidade de vida do trabalhador (SALIBA, 2018).
Quando a frequência de 3.000 Hz é comprometida, surgem as
primeiras dificuldades na comunicação. Geralmente, quando há
presença de ruído de fundo, conversas paralelas etc. Se a faixa
de 2.000 Hz é comprometida, é comum que o indivíduo tente
compensar a perda auditiva fixando o olhar nos lábios de quem
fala, ou falando mais alto. Se a faixa de 1.000 Hz ou menos é
comprometida, os prejuízos sociais são evidentes e o indivíduo
tende a apresentar desdobramentos psíquicos. Ainda que
irreversível, é muito raro que a PAIR cause incapacidade parcial
ou total para o trabalho (SALIBA, 2018).
0 / 0,4 ptsPergunta 6
Assinale a alternativa incorreta sobre o LTCAT:
06/10/2020 AS Geral: FUNDAMENTOS DO CONTROLE DO RUÍDO INDUSTRIAL
https://cruzeirodosul.instructure.com/courses/8075/quizzes/31737 6/25
 
O documento pode comprovar a exposição efetiva do trabalhador a um
agente nocivo, para fins de aposentadoria especial, é o LTCAT.
ocê respondeuocê respondeu
 
A concessão da aposentadoria especial depende exclusivamente da
exposição a agentes nocivos químicos, físicos, biológicos ou a
associação de agentes prejudiciais à saúde ou à integridade física.
esposta corretaesposta correta
 
O LTCAT é expedido somente por médico do trabalho ou engenheiro
de segurança do trabalho.
 
A empresa que não mantiver LTCAT atualizado está sujeita a
penalidades.
 
No LTCAT deverão constar informações sobre a existência de
tecnologia de proteção coletiva ou individual, e de sua eficácia.
A concessão da aposentadoria especial depende da
comprovação:
I - do tempo de trabalho permanente, não ocasional nem
intermitente;
II - da exposição do segurado aos agentes nocivos químicos,
físicos, biológicos ou a associação de agentes prejudiciais à
saúde ou à integridade física.
0,4 / 0,4 ptsPergunta 7
Qual o exame médico permite acompanhar o histórico de saúde do
trabalhador?
06/10/2020 AS Geral: FUNDAMENTOS DO CONTROLE DO RUÍDO INDUSTRIAL
https://cruzeirodosul.instructure.com/courses/8075/quizzes/31737 7/25
 Admissional e demissional. 
 Periódico. 
 De retorno ao trabalho. 
 De mudança de função. 
 Todas as opções anteriores. Correto!Correto!
Os exames médicos permitem acompanhar o histórico de
saúde do trabalhador. Ou seja, na admissão, já se sabe se o
trabalhador é ou não portador de alguma doença. Os
periódicos, de retorno ao trabalho e de mudança de função,
permitem verificar se houve alteração da condição inicial de
saúde do trabalhador durante a execução das atividades. Os
exames demissionais permitem verificar se houve ou não
alteração da condição inicial de saúde do trabalhador antes do
mesmo se desligar da empresa. Quando detectada alguma
alteração, é possível iniciar a tomada de medidas para
interromper a progressão da doença.
0 / 0,4 ptsPergunta 8
É devida a aposentaria especial, conforme entendimento do INSS ou
do Poder Judiciário, a trabalhadores expostos a ruído excessivo, nas
seguintes condições, exceto:
 INSS, acima de 80 decibéis até 05/03/1997. 
 INSS, acima de 90 decibéis de 06/03/1997 até 18/11/2003. 
 INSS, acima de 85 decibéis a partir de 19/11/2003. 
 Judiciário, acima de 90 decibéis até 05/03/1997. esposta corretaesposta correta
06/10/2020 AS Geral: FUNDAMENTOS DO CONTROLE DO

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.