A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Infecções Cutâneas

Pré-visualização | Página 1 de 1

Beatriz Tianeze de Castro | SOI III | P3 - MEDICINA 
 
Infecções por Bactérias 
 
Transmissão 
 
As bactérias se proliferam na pele e 
penetram nas camadas mais profundas 
da pele através de cortes ou arranhões 
 
Infecções Bacterianas Primárias 
 
Epidemiologia 
Acometem cerca de 7% da população, 
mas sua ocorrência pode variar de 
acordo com diversos fatores. 
Etiologia 
São causadas principalmente por 
bactérias pyogênicas dos gêneros 
Staphylococcus e Streptococcus. 
Fatores 
♦ O verão predispõe as infecções 
cutâneas, por facilitar a instalação do 
calor e umidade, necessários à 
proliferação dos micro-organismos. 
♦ Individuais, como aqueles 
relacionados à baixa resistência 
imunológica, como na dermatite atópica 
e diabetes mellitus. 
 
♦ Falta de higiene. 
♦ Predisposição genética. 
♦ Fatores relacionados ao grau de 
virulência e patogenicidade do 
microrganismo, sendo também a 
principal complicação de tratamentos 
com corticoides e imunossupressores. 
 
Bactérias Residentes 
 
Pele 
Possui bactérias residentes, que vivem 
como comensais e transitórias que, 
ocasionalmente, podem colonizá-la. 
Flora 
Contribuem para a resistência contra a 
colonização por bactérias patogênicas 
(Staphylococcus e Streptococcus) ao 
hidrolisar lipídeos e produzir ácidos 
graxos livres que são tóxicos para 
muitas bactérias. 
 
Epidemiologia 
 
A incidência de infecções bacterianas de 
pele e tecidos moles é de cerca de 24,6 
por 1000 pessoas/ano, mas como a 
 
Beatriz Tianeze de Castro | SOI III | P3 - MEDICINA 
maioria dura entre sete e dez dias, a 
prevalência estimada das mesmas é 
bastante variável; entre pacientes 
hospitalizados, essa taxa de 
prevalência varia entre 7% e 10%. 
 
Infecções por Fungos 
 
Proliferação 
 
Os fungos se proliferam em áreas 
úmidas e quentes, por isso os locais do 
corpo que apresentam tais 
características são as mais propensas 
ao desenvolvimento dos fungos de 
forma descontrolada. 
 
Micoses Superficiais 
 
O que são? 
São infecções localizadas nas camadas 
superficiais da pele e seus anexos. 
Quais são os agentes etiológicos + 
frequentes? 
Fungos dermatófitos e leveduriformes 
como Candida spp. e Malassezia spp. 
 
Epidemiologia 
 
♦ A infecção é adquirida entre 10 
e 20 anos de idade. 
♦ A doença clínica é mais comum 
em adultos 30 e 50 anos. 
♦ Na forma crônica é mais comum 
em homens. 
♦ Na forma aguda a prevalência é 
igual entre homens e mulheres. 
♦ Está associada com o trabalho 
rural pregresso, o etilismo crônico, a 
desnutrição e alcoolismo. 
♦ Não é doença de notificação 
compulsória. 
♦ Incidência varia de 3 a 4 novos 
casos/milhão até 1 a 3 CN/ 
100.000 por ano. 
♦ Oitava causa de mortalidade por 
doença infecciosa – 1,45 óbitos/ milhão 
de habitantes. 
 
Infecções por Vírus 
 
Herpes 
 
O herpes genital é infecção comum e 
ascendente, tanto em países 
industrializados como naqueles em 
desenvolvimento. 
Etiologia 
A grande maioria dos casos é causada 
pelo HSV-2, embora a prevalência do 
HSV-1 encontre-se em ascensão, 
principalmente na população jovem, 
devido à prática de sexo oral. 
Epidemiologia 
♦ A infecção por HSV-2 há 400 
milhões de pessoas infectadas no 
mundo. 
 
Beatriz Tianeze de Castro | SOI III | P3 - MEDICINA 
♦ De 50% a 90% de adultos têm 
anticorpos circulantes contra HSV-tipo 
1, e 20% a 30% contra HSV-tipo 2. 
 
Síndrome Mão-Pé-Boca 
 
O que é? 
Vírus infantil comum que causa feridas 
na boca e erupções nas mãos e nos pés. 
Transmissão 
É transmitida por contato direto com 
saliva ou muco. 
Sintomatologia 
Febre, dor de garganta, mal-estar, 
irritabilidade e perda de apetite. 
Epidemiologia 
Em 2019 no Brasil foram mais de 
230 casos. 
 
Sarampo 
 
A doença ocupa, em diferentes 
municípios, elo segundo ao quarto lugar 
como causa ele morte entre as doenças 
infecciosas e parasitárias. 
 
Varicela ou Catapora 
 
É uma epidemia sazonal, pois os surtos 
ocorrem, geralmente, no outono, 
coincidindo com a chegada de novas 
populações de crianças suscetíveis às 
aulas, bastando o contato com uma 
criança infetada, para iniciar a 
epidemia. 
Verrugas 
 
O que são? 
São as proliferações epidérmicas 
benignas causadas pelo vírus de 
papiloma humano (HPV) que são 
comuns na população geral a dada 
altura da vida. 
Aparência 
Elas podem variar em tamanho, 
aparência, forma, e resposta do 
tratamento, segundo o tipo de epitélio 
afetado. 
Epidemiologia 
São encontradas em 7 a 10% da 
população e podem ocorrer em qualquer 
idade, porém são mais frequentes em 
crianças e adultos jovens.