A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
Módulo 3 - aula 1 2 3 4 5 - Teorias evolutivas

Pré-visualização | Página 1 de 5

Link para as aulas: https://bit.ly/3fIFOPA 
 
1. (UFPR) Uma grande população de insetos de uma 
determinada espécie é submetida a um dado inseticida 
por um período prolongado de tempo. Como 
consequência, os indivíduos sensíveis ao inseticida 
morrem e os resistentes a ele sobrevivem. A respeito da 
seleção natural atuante nessa população, considere as 
seguintes afirmativas: 
 
1. Por promover o aumento da ocorrência de mutações 
de resistência ao inseticida, a seleção natural direcional 
ajustou a frequência dos insetos resistentes. 
2. Geração após geração, a seleção natural 
estabilizadora promove o aumento da ocorrência de 
mutações de resistência ao inseticida. 
3. Insetos resistentes ao inseticida aumentam de 
frequência, geração após geração, pela ação da seleção 
natural estabilizadora. 
4. A seleção natural direcional favorece os insetos 
resistentes ao inseticida, que irão aumentar de 
frequência geração após geração. 
 
Assinale a alternativa correta. 
a) Somente a afirmativa 4 é verdadeira. 
b) Somente as afirmativas 1 e 4 são verdadeiras. 
c) Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras. 
d) Somente as afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras. 
e) As afirmativas 1, 2, 3 e 4 são verdadeiras. 
 
2. (COTUCA) A tirinha a seguir representa Charles 
Darwin, o principal pensador da teoria evolucionista 
mais aceita atualmente. 
 
 
 
Um Sábado Qualquer 
 
Analise a explicação apresentada no segundo quadrinho 
e assinale a alternativa correta. 
a) A explicação apresentada está de acordo com a teoria 
darwinista, pois justifica o surgimento da característica 
pela seleção dos mais aptos. 
b) A explicação apresentada está de acordo com a teoria 
lamarckista, pois justifica a ocorrência da adaptação por 
sua finalidade. 
c) A explicação apresentada está de acordo com a teoria 
darwinista, pois justifica o surgimento da característica 
pela lei do uso e desuso. 
d) A explicação apresentada está de acordo com a teoria 
darwinista, pois justifica a presença da característica 
como consequência da necessidade. 
e) A explicação apresentada está de acordo com a teoria 
lamarckista, pois justifica a presença da adaptação por 
seleção ambiental. 
 
3. (IFCE) Em 2019, fez 160 anos que o naturalista inglês 
Charles R. Darwin publicou o livro A origem das 
Espécies. Uma das ideias principais desse livro (e de sua 
teoria) é que os seres vivos estão continuamente 
expostos à seleção natural que pode ser definida como 
um processo 
a) de troca de gametas entre organismos masculinos e 
femininos. 
b) aleatório, no qual os indivíduos que sobrevivem são 
aqueles que, por acaso, não sejam dizimados durante 
uma catástrofe natural. 
c) que seleciona aqueles indivíduos com características 
que o tornem aptos a sobreviver e se reproduzir 
naquele ambiente. 
d) no qual animais de espécies diferentes conseguem 
cruzar e se reproduzir, deixando descendentes férteis. 
e) de junção de DNA de organismos de Reinos 
diferentes (animal e vegetal, por exemplo), criando um 
híbrido com características de ambos. 
 
https://bit.ly/3fIFOPA
 
 
 
 
 
 
 
 
4. (UERJ) Determinado processo presente em todos os 
seres vivos não foi explicado pela teoria evolutiva de 
Charles Darwin, tendo sido esclarecido, mais tarde, 
pelas contribuições da teoria sintética da evolução. 
 
Esse processo é denominado: 
a) especiação 
b) diversificação 
c) seleção natural 
d) hereditariedade 
 
5. (Unesp) Os insetos da ordem Coleoptera têm dois 
pares de asas, mas as asas do par anterior, chamadas de 
élitros, são espessas e curvadas, protegendo as 
delicadas asas membranosas do par posterior. Além 
disso, os élitros podem apresentar manchas e cores 
específicas, contribuindo para a camuflagem do inseto 
no ambiente, como é o caso do Penthea pardalis 
(besouro leopardo). 
 
 
 
Um pesquisador coletou amostras representativas de 
três populações de besouros leopardo e classificou-os 
segundo a quantidade e a distribuição de manchas 
escuras nos élitros. Em cada uma das três populações, a 
variabilidade fenotípica pôde ser representada pela 
mesma curva, conforme o gráfico: 
 
 
 
Dez anos após a primeira coleta, o pesquisador voltou 
aos locais anteriormente visitados e coletou novas 
amostras representativas das mesmas populações. As 
proporções fenotípicas da população 1 não sofreram 
alterações, mas as populações 2 e 3 apresentaram 
novas proporções de fenótipo, como mostram as curvas 
do gráfico: 
 
 
 
Ao longo dos dez anos de intervalo entre as coletas, a 
população 
a) 3 se estabeleceu em novos nichos ecológicos, nos 
quais foram selecionadas mutações que levaram à 
formação de duas novas espécies. 
b) 1 não se modificou porque sobre ela não houve ação 
de seleção natural sobre a variabilidade fenotípica. 
c) 3 sofreu intensa pressão seletiva, que favoreceu os 
indivíduos de fenótipos extremos e eliminou aqueles de 
fenótipos intermediários. 
d) 1 manteve-se fenotipicamente uniforme porque a 
pressão seletiva favoreceu uma variante fenotípica 
específica. 
e) 2 foi submetida a uma pressão seletiva, que 
desfavoreceu fenótipos menos escuros e fenótipos mais 
escuros e favoreceu os indivíduos de fenótipo 
intermediário. 
 
6. (UFJF-PISM3) A Teoria Moderna da Evolução, 
também conhecida como Teoria Sintética, agrega à 
seleção natural compreensões sobre a origem da 
diversidade genética. A respeito dos processos que dão 
origem à diversidade genética, marque a alternativa 
CORRETA: 
a) Deriva genética. 
b) Endogamia. 
c) Polimorfismo. 
d) Mutação. 
e) Seleção sexual. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
7. (COTUCA) Tinha cara de cachorro, corpo de jacaré, 
vivia na região onde hoje é o Rio Grande do Sul e, até 
então, era desconhecido dos cientistas. Uma nova 
espécie de cinodonte - animal que está no grupo dos 
ancestrais dos mamíferos - foi identificada a partir de 
fósseis de 230 milhões de anos atrás. 
O bicho foi denominado Siriusgnathus niemeyerorum, em 
referência à estrela Sirius, a mais brilhante da constelação 
de Cão Maior, e ao bruxo Sirius Black, da série de livros 
"Harry Potter", que se transformava em cachorro. 
Esses animais eram caracterizados por grandes dentes, 
lembrando os caninos de cachorros (“cinodontes” 
refere-se a "cão" e "odontes", a "dentes"). A equipe de 
paleontólogos da Universidade Federal de Santa Maria 
(RS) encontrou crânios e mandíbulas de quatro 
exemplares do bicho. 
Adaptado de: https://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-
noticias/redacao/2018/08/31/fossil-de-bicho- com-corpo-de-reptil-
e-porte-de-cachorro-e-encontrado-no-rs.htm. 
 
Considerando as informações contidas no texto e seus 
conhecimentos sobre evolução, assinale a alternativa 
correta. 
a) Considerando a descrição do animal acima, podemos 
afirmar que, seguramente, esse animal é ancestral dos 
cachorros atuais. 
b) Se considerarmos que o animal descrito possuía corpo de 
réptil e porte de cachorro, é razoável imaginar que ele 
possui um ancestral comum aos répteis e aos mamíferos. 
c) Com certeza, trata-se de um animal que, durante sua 
evolução, ao utilizar mais os dentes para predar, 
desenvolveu-os até ficarem grandes. 
d) Por se tratar de um animal que evoluiu de um réptil, 
em ambiente mais frio, foi desenvolvendo pelos, devido 
à necessidade de gerar calor nesse ambiente, até se 
tornar um mamífero. 
e) A espécie considerada não pode ter tido um ancestral 
réptil, pois répteis só surgiram no planeta depois dos 
mamíferos. 
 
8. (UFPR) Sobre o processo evolutivo, é correto afirmar: 
a) As mutações genéticas ocorrem com o objetivo de 
promover adaptação dos organismos ao ambiente. 
b) Alterações na sequência de aminoácidos do DNA dos 
organismos podem ser vantajosas, neutras ou 
desvantajosas para seus portadores. 
c) Em uma população, uma característica vantajosa 
tende a aumentar de frequência na geração seguinte 
pela ação da seleção natural. 
d) Os organismos de uma população biológica são 
idênticos entre si, potencializando a ação da seleção 
natural. 
e) Os organismos atuais