A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
AvaliAÇÃO Estácio 2020 02

Pré-visualização | Página 4 de 5

um ou mais comunidades indígenas, utilizada por estes em suas atividades produtivas, culturais, bem-estar e
reprodução física. Assim sendo, se trata de um bem da União, e como tal é inalienável e indisponível, e os direitos sobre ela são imprescritíveis. Nos termos da legislação vigente - CF/88,
Lei 6001/73 ¿ Estatuto do Índio, Decreto n.º 1775/96, as terras indígenas podem ser classificadas nas seguintes modalidades: Terras Indígenas Tradicionalmente Ocupadas: São as terras
indígenas de que trata o art. 231 da Constituição Federal de 1988, cujo processo de demarcação é disciplinado pelo Decreto n.º 1775/96. Reservas Indígenas: São terras doadas por
terceiros, adquiridas ou desapropriadas pela União, que se destinam à posse permanente dos povos indígenas. São terras que também pertencem ao patrimônio da União, mas que não se
confundem com as terras de ocupação tradicional. Além disso, vale destacar que existem reservas indígenas, que foram reservadas pelos Estados-membros, principalmente durante a
primeira metade do século XX , mas que hoje são reconhecidas como de ocupação tradicional. Terras Dominiais: São as terras de propriedade das comunidades indígenas, havidas, por
qualquer das formas de aquisição do domínio, nos termos da legislação civil. Dessa forma, são estas as três modalidades de terras indígenas, nos termos da legislação vigente (CF/88, Lei
6001/73 ¿ Estatuto do Índio, Decreto n.º 1775/96). Apesar disso, vale destacar também o instrumento administrativo de interdição de áreas (terras interditadas), instrumento este, o qual
não deve ser entendido como modalidade de terra indígena, mas tão somente como instrumento administrativo utilizado para assegurar a proteção de comunidades ou grupos indígenas
que vivem em situação de isolamento com o estabelecimento de restrição de ingresso e trânsito de terceiros na área, mas que não se trata de área, quando isoladamente considerada e
ceteris paribus, sob domínio da União, antes, se trata de instrumento para assegurar a proteção das comunidades ou grupos indígenas isolados. Quantas são as terras indígenas e onde se
localizam? Atualmente existem 488 terras indígenas regularizada que representam cerca de 12,2% do território nacional, localizadas em todos os biomas, com concentração na Amazônia
Legal. Tal concentração é resultado do processo de reconhecimento dessas terras indígenas, iniciadas pela Funai, principalmente, durante a década de 1980, no âmbito da política de
integração nacional e consolidação da fronteira econômica do Norte e Noroeste do país. 
Considerando o texto acima é correto afirmar que:
As terras indígenas são consideradas porções do território nacional isentas de jurisdição do Estado brasileiro.
A maior parte das terras indígenas está na região Norte em função do processo de integração promovida pelo IBAMA
As terras dominiais são terras adquiridas pelos indígenas na forma do decreto de intervenção da União
 Existem terras de reserva que foram atribuídas pelos Estados-membros e que hoje são reconhecidas como ocupações territoriais
As terras indígenas são de propriedade dos povos indígenas, podendo, estes, alienar as mesmas de acordo com a sua vontade.
Acerto: 0,10,1
Metade da população do mundo vive com menos de 2 doláres por dia. A maioria dessas pessoas é mulher. A pobreza se tornou uma questão feminina e, para milhões de mulheres, a
busca por uma vida melhor significa viver longe, muitas vezes longe demais de seus filhos - ou amando os filhos de outras em troca de pagamento, ou trabalhando como faxineira,
garçonete, operária, trabalhadora agrícola, prostituta ou qualquer outra coisa no lado obscurso da economia. (MARÇAL, Katrine. O Lado invisível da economia: uma visão feminista. São
Paulo: Alaúde, 2017, p. 54).
Em plena Revolução, a mulher francesa carecia de cidadania. Era considerada uma prolongação do homem quando entrava em contrato matrimonial com ele. Nós crescemos escutando
que a palavra homem incluía toda humanidade, mas isso é rotundamente falso. Homem, na barulhenta declaração dos direitos naturais, fundamentais, inalienáveis e até sagrados -
quantas palavras altissonantes -, só considerava o gênero masculino e nem mesmo todo o gênero. (MARUANE, Lina. Contra os filhos. São Paulo: Todavia, 2018., p. 35)
Diante desse texto, é correto afirmar que:
Os ideais iluministas foram capazes de promover a igualdade inter e intra gênero.
 A Revolução Francesa deixou de lado a efetividade da igualdade de gênero.
Podemos afirmar que no século XXI já foi possível alcançar a igualdade de gênero no mundo do trabalho.
A ocupação dos postos de trabalho desconsidera o elemento de gênero na sua distribuição.
Os âmbitos do trabalho e da cidadania trouxeram ganhos igualitários aos gêneros.
Acerto: 0,00,0
A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) trouxe novamente à tona a questão da obrigatoriedade das decisões e recomendações de organizações internacionais no País. De fato, sabe-
se que muitas organizações internacionais ¿ como a Organização Mundial de Saúde (OMS) ¿ expedem decisões ou recomendações aos seus Estados-membros, à luz de seu acordo ou
tratado constitutivo. Tal é assim pelo fato de serem formadas por Estados, que consentem, quando da assunção do jogo obrigacional, aos ditames estabelecidos naqueles mesmos
instrumentos. O art. 2º, k, da Constituição da OMS ¿ concluída em Nova York, em 22 de julho de 1946 ¿ destaca que ¿[p]ara conseguir o seu objetivo, as funções da Organização serão:
(¿) k) Propor convenções, acordos e regulamentos e fazer recomendações respeitantes a assuntos internacionais de saúde e desempenhar as funções que neles sejam atribuídas à
Organização, quando compatíveis com os seus fins¿. No art. 23, por sua vez, o mesmo instrumento estabelece que ¿[a] Assembleia da Saúde terá autoridade para fazer recomendações
aos Estados-membros com respeito a qualquer assunto dentro da competência da Organização¿. Ademais, o art. 62 do tratado determina que ¿[c]ada Estado-membro apresentará
anualmente um relatório sobre as medidas tomadas em relação às recomendações que lhe tenham sido feitas pela Organização e em relação às convenções, acordos e regulamentos¿. O
Brasil é parte da OMS e, portanto, tem o compromisso de cumprir com as suas determinações ou recomendações, notadamente as de base convencional, como as acima referidas,
decorrentes do próprio instrumento constitutivo da Organização. Todas as recomendações de higiene (p. ex.: limpeza das mãos com sabão ou álcool em gel 70%) e distanciamento de
pessoas (p. ex.: período de isolamento e quarentena em casa) são importantes para evitar maiores contágios da pandemia em curso, sem o que o número de infecções crescerá em
progressão geométrica, como têm experimentado países como a China e a Itália.
Considerando o texto acima, é correto afirmar que:
A estratégia de manter a independência diante dos organismos internacionais prioriza os direitos humanos e permite que a atuação brasileira seja mais segura diante dos riscos
internacionais.
 A soberania nacional brasileira implica na sua independência diante de outras nações, por consequência, na sua total liberdade de
adotar ou não medidas de sanitárias determinadas pela OMS.
A independência dos Estados lhes permite que não haja consequências, tampouco sanções pelos descumprimentos dos pactos internacionalmente assumidos.
 A soberania não é mais absoluta, devendo ser conjugada de forma interdependente com outros Estados e organismos internacionais, face os problemas globais
Em que pese a Organização Mundial de Saúde ser a autoridade competente, tomando em conta a cooperação, o Brasil pode ou não adotar suas recomendações.
Acerto: 0,10,1
A segunda paralisação dos entregadores de aplicativos, realizada no dia 25-07-2020, conhecida como Breque dos Apps, teve menos adesão dos trabalhadores do que a primeira, realizada
 2727aa Questão Questão2727
 2828aa Questão Questão2828
 2929aa Questão Questão2929
 3030aa Questão Questão3030
Voltar
VANESSA MARIA ANDRADE DA SILVA
CIÊNCIAS CONTÁBEIS
03/12/2020 07:21EPS:

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.