A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
179 pág.
guia_de_profissoes_unesp_09-09-2020

Pré-visualização | Página 5 de 46

a buscar 
informação e controlar a ansiedade
caminhar. Antes, você escolhia 
um curso e sua profissão já estava 
estabelecida. Agora, a carreira é 
construída ao longo da vida.”
Um médico, por exemplo, pode 
se consolidar como administrador 
de hospital. Muitos psicólogos 
concentram sua especialidade na 
seleção de recursos humanos, en-
quanto um músico pode se tornar 
um educador. “O papel profissional 
não está mais predefinido. Há uma 
multiplicidade de funções em cada 
carreira”, diz a professora. 
FAZENDO ESCOLHAS
 Guia de Profissões  23
A Unesp oferece orientação profissional em duas unidades. As 
sessões são em pequenos grupos, acompanhados por alunos do 
último ano do curso de Psicologia. O público é variado: há desde 
pré-vestibulandos até estudantes universitários confusos com o 
futuro na profissão e trabalhadores de diferentes áreas repensando 
suas carreiras. 
As atividades incluem exibição de filmes, representações tea-
trais, dinâmicas de grupo e análises. A realidade de cada profissão, 
projetos de vida e os conceitos modernos de felicidade e sucesso 
são alguns dos temas tratados. Há também palestras e encontros 
específicos com a família da pessoa que busca ajuda. Não é aplicado 
nenhum tipo de teste vocacional, método considerado ultrapassado 
pelos psicólogos.
Câmpus de Assis
Centro de Pesquisa e Psicologia Aplicada
Duração: os trabalhos são desenvolvidos nas escolas de Ensino 
Médio a partir das demandas das escolas. São atendidos aproxi-
madamente 800 alunos, preferencialmente de escolas públicas de 
tempo integral da cidade e da região.
Inscrições e contato: (18) 3302-5892 e orienta@assis.unesp.br 
 
Câmpus de Bauru
Centro de Psicologia Aplicada
Duração: orientação permanente, na modalidade individual 
(atendimentos semanais de uma hora cada e cerca de 10 en-
contros) ou atendimentos em grupo (semanais, de duas horas 
cada, com duração de 10 a 12 semanas). Também são realizados 
projetos de intervenção em orientação profissional em instituições 
educacionais, conforme demanda apresentada.
Contato: (14) 3203-0562 / 3103-6090 e cpafc@fc.unesp.br
ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL
Muitos estudantes temem não 
passar no vestibular, não gostar do 
curso que escolheram ou não ser 
bem-sucedidos no trabalho. No fun-
do desse temor está o receio de não 
corresponderem às expectativas da 
sociedade, da família e de si mesmos. 
“O problema é que você tem que dar 
certo ontem”, resume o psicólogo 
Dinael Corrêa de Campos, professor 
da Faculdade de Ciências do Câmpus 
de Bauru e coordenador do servi ço 
de ajuda profissional da unidade.
“A família é a causa de muito de-
sespero. A pressão é grande e, em 
geral, velada”, relata o professor e 
psicólogo Paulo Motta, coordenador 
do serviço de orientação profissional 
da Faculdade de Ciências e Letras 
de Assis. “Sempre afirmo ao jovem 
que ele fez o que foi possível neste 
momento da vida. No ano que vem, 
talvez ele possa fazer mais.”
Existem “armadilhas” em todo 
esse processo, como desconhecer 
o mercado de trabalho, já que as 
carreiras mais promissoras nem 
sempre são as mais tradicionais. 
Não perceber que o modelo social-
mente propagado de felicidade e 
sucesso é só “um modelo”, também 
é um risco. 
Saber aceitar comparações ten-
do em vista que a história de cada 
pessoa é única torna-se saudável, 
assim como combater a ansiedade 
e a pressa, pois é sempre possível 
mudar de ideia e recomeçar.
Alimentar temores infundados, 
como o medo de chegar atrasado 
no dia da prova ou de dar “branco” 
atrapalha muito. O mesmo ocorre 
com considerar-se potencialmente 
excluído. Quem deixa de prestar 
vestibular por achar que é muito 
difícil entrar na Unesp ou em um 
curso mais concorrido está tirando 
de si a própria chance.
24  Guia de Profissões
Fundação Vunesp em 
busca de talentos
Nascida para grandes desafios
Saber quem está mais bem preparado é o papel da 
Fundação Vunesp há quatro décadas. A Vunesp é uma 
instituição de natureza pública, de direito privado, sem 
fins lucrativos, que ocupa posição de destaque entre as 
instituições envolvidas na seleção e no recrutamento 
de pessoal. Com sede na cidade de São Paulo, possui 
abrangência nacional, realizando certames para órgãos 
das esferas federal, estadual e municipal, bem como 
para autarquias de caráter público ou privado, com 
espectros diferentes de atuação na sociedade civil.
A Fundação Vunesp já realizou concursos públicos, 
avaliações e vestibulares que abrangeram um 
contingente de 43 milhões de pessoas, e investe os 
resultados financeiros na melhoria das atividades-meio 
e das atividades-fim pautada em seu estatuto. Dentre 
os concursos vestibulares, ganha destaque o segundo 
maior do País, que seleciona ingressantes para a 
Unesp. Ademais, a Vunesp atua na área de ensino e 
no acompanhamento de projetos e programas.
Vunesp foi criada por uma das 
maiores universidades do País
A natureza pública da Vunesp vem de sua criação 
pela Universidade Estadual Paulista – Unesp, em 
1979. Mesmo tendo a Unesp, na época, dimensões 
bem inferiores às de hoje, já ocupava o posto entre 
FUNDAÇÃO VUNESP
 Guia de Profissões  25
as maiores universidades brasileiras: seus 65 cursos 
de graduação estavam distribuídos por 14 câmpus. 
Hoje a Unesp possui 34 unidades em 24 cidades do 
Estado, com cerca de 54 mil alunos de graduação e 
pós-graduação, 3 mil professores e 5.500 servidores 
técnico-administrativos. São oferecidas anualmente 
7.630 vagas em 184 opções de entrada pelo 
vestibular, realizado por cerca de 100 mil candidatos.
Qualidade atestada pelo 
certificado ISO 9001
A instituição é certificada em conformidade com 
a norma ISO 9001:2008. O sistema de gestão da 
qualidade foi balizado pela Fundação Vanzolini em 
dezembro de 2012. Tal certificação atesta que a Vunesp 
está estruturada para atender a processos que visam à 
melhoria contínua da qualidade dos serviços prestados 
aos seus clientes, candidatos e órgãos contratantes de 
concursos públicos, vestibulares e avaliações.
Cuidado com todas as 
etapas dos processos
Dentre as principais etapas de avaliação dos 
candidatos, destacam-se: a elaboração de provas, 
com qualificado corpo de especialistas; a área de 
informática, responsável pela segurança dos dados e a 
integração entre todas as áreas da Vunesp; e as áreas 
de produção e logística, encarregadas da importante 
tarefa de preparar e levar às mãos dos candidatos o 
instrumento mais importante do processo: a prova.
Fazendo concursos para 20 candidatos ou 2 
milhões, o padrão de atuação e a preocupação da 
Vunesp com a qualidade do trabalho têm sido sempre 
os mesmos, com ênfase no sigilo e na credibilidade, 
além da certeza de que a conquista dos candidatos é 
a razão principal da existência da Fundação Vunesp.
Criada em 1979, a Vunesp 
realiza pela primeira vez o 
vestibular da Unesp, com 2.283 
vagas e 35.622 inscritos.
1981
1988
A Fundação começa a realizar 
concursos, com 5 seleções 
para 202.312 candidatos.
O número de vagas do vestibular 
da Unesp chega a 4.875 e registra 
um crescimento de 59,9% em 
relação ao ano anterior.
1989
1992
Vunesp registra pela primeira 
vez mais de meio milhão 
de candidatos em seus 38 
projetos realizados no ano.
O vestibular da Unesp 
chega aos 70 mil inscritos, 
maior número de candidatos 
até então, com 4.311 vagas
1995
1999
A Fundação realiza 55 
concursos no ano, recorde 
entre os 12 anos de execução 
dessa atividade.
Com a criação de 7 novas 
unidades, a Unesp passa a 
oferecer cursos em 23 cidades 
(atualmente são 24).
2003
2007
A Vunesp supera pela 
primeira vez o índice de 
1 milhão de candidatos em 
seus concursos públicos.
O vestibular da Unesp passa 
a ser realizado em duas fases, 
com 82 mil candidatos nos dois 
vestibulares da temporada.
2009
2016/
2017
A Fundação realiza pelo sétimo 
ano consecutivo o Saresp, 
exame aplicado em todas as 
645 cidades do Estado para 
mais de 1,2 milhão de alunos, 
e é contratada pelo Inep para 
elaborar o Revalida e a

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.