A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
58 pág.
Análise de conjuntura II

Pré-visualização | Página 9 de 18

Os países são, em seguida, classificados pela medida de risco e divididos em cinco categorias: 1) risco muito baixo (100 a 80); 2) risco baixo (79,9 a 70); 3) risco moderado (69,9 a 60); 4) risco elevado (59,9 a 50); 5) risco muito elevado (abaixo de 50).
Referência: Rota de aprendizagem da aula 6. Análise da Conjuntura com o prof. Joaquim Israel Ribas Pereira. Tema 3: Risco Político.
	
	B
	International Risk Review.
	
	C
	Comparative Risk Analysis.
	
	D
	State and Political Risk.
	
	E
	Economic Risk Journal.
Questão 9/10 - Análise de Conjuntura
Leia o texto abaixo:
Economias mais desenvolvidas são mais complexas, e muitas vezes o sistema tradicional financeiro – poupador, banco e devedor – não oferece soluções adequadas para as necessidades atuais. Diante disso, o mercado financeiro cresceu e se especializou em diversos novos produtos. Para facilitar o entendimento, podemos utilizar a classificação proposta por Kerr (2011) para compreender a segmentação do mercado financeiro.
Fonte: Rota de aprendizagem da aula 4. Análise da Conjuntura com o prof. Joaquim Israel Ribas Pereira. Tema 1: Origem e Estrutura do Mercado Financeiro.
Tendo como base os conteúdos discutidos na disciplina Análise de Conjuntura, assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a classificação feita por Kerr para a segmentação do mercado financeiro:
Nota: 10.0
	
	A
	Mercado das finanças; Mercado internacional; Mercado monetário; Mercado de ações; e Mercado de informações.
	
	B
	Mercado de crédito; Mercado cambial; Mercado monetário; Mercado de capitais; e Mercado de derivativos.
Você acertou!
Gabarito comentado:
Na disciplina, pode-se observar que para Kerr podemos entender a crescente segmentação do mercado financeiro a partir das categorias: i) Mercado monetário: parte significante desse mercado é gerenciado e regulamentado pelo Bacen, nele são realizadas operações de negociação de títulos da dívida pública, de operações de redesconto e depósito compulsórios. Todas essas operações têm por objetivo controlar a liquidez de moeda na economia; ii) Mercado de crédito: é talvez o primeiro mercado quando você leitor pensa em mercado financeiro. É nesse mercado que ocorre os empréstimos, financiamentos, necessidade de capital de giro, depósitos à vista. É operado principalmente pelos bancos comerciais e sociedades financeiras; iii) Mercado cambial: mercado em que é realizada a compra e venda de moeda estrangeira. Ressalva-se que não se trata somente das corretoras de câmbio; iv) Mercado de capitais: a principal característica desse mercado é que são operações de longo prazo, geralmente realizadas por bancos de investimentos. Lançamento de novas ações por uma empresa na bolsa de valores e de debêntures são exemplos desse mercado; v) e Mercado de derivativos: nele são realizadas negociações com ativos financeiros cujos valores representam uma parcela de outro ativo também financeiro, daí o nome derivativos. Destina-se, principalmente, à administração de risco.
Referência: Rota de aprendizagem da aula 4. Análise da Conjuntura com o prof. Joaquim Israel Ribas Pereira. Tema 1: Origem e Estrutura do Mercado Financeiro.
	
	C
	Mercado comercial; Mercado aberto; Mercado fechado; Mercado de derivativo; e Mercado de informações.
	
	D
	Mercado econômico; Mercado cultural; Mercado político; Mercado social; e Mercado do entretenimento.
	
	E
	Mercado das elites; Mercado de classe média; Mercado popular; Mercado nacional; e Mercado local.
Questão 10/10 - Análise de Conjuntura
Leio o texto a seguir:
De acordo com os conteúdos da disciplina Análise de Conjuntura, a intermediação financeira pode ser definida como a troca de recursos entre um agente superavitário em dinheiro com um agente deficitário em moeda, sendo que o agente pode ser um indivíduo ou uma empresa. Segundo Lopes e Rosseti (2002), nós podemos falar em três importantes motivos que impulsionaram a intermediação financeira.
Fonte: Rota de aprendizagem da aula 4. Análise da Conjuntura com o prof. Joaquim Israel Ribas Pereira. Tema 1: Origem e Estrutura do Mercado Financeiro.
Tendo como base os conteúdos discutidos na disciplina Análise de Conjuntura, análise as afirmações abaixo, que versam sobre os motivos que impulsionaram a intermediação financeira e, depois, assinale a alternativa que indica apenas as corretas:
I. A intermediação financeira foi impulsionada pelo estabelecimento de uma economia baseada no escambo em larga escala durante o período colonial.
II. Um dos aspectos que favoreceu a criação de bases institucionais para o funcionamento do mercado de intermediação financeira foi o surgimento do sistema judiciário.
III. A existência de agentes econômicos deficitários e superavitários, dispostos a buscar segurança e rentabilidade para a própria poupança e financiar os próprios investimentos, impulsionou a intermediação financeira.
Nota: 10.0
	
	A
	Apenas as afirmativas I e III estão corretas
	
	B
	Apenas as afirmativas I está correta
	
	C
	Apenas as afirmativas I e III estão corretas
	
	D
	Apenas a Afirmativa II está correta
	
	E
	Apenas as afirmativas II e III estão corretas
Você acertou!
Gabarito comentado:
De acordo com a disciplina Análise de Conjuntura, apenas as afirmativas II e III estão corretas. A afirmação II está correta porque, segundo Lopes e Rosseti (2002), dentre os três motivos que impulsionaram a intermediação financeira está a criação de bases institucionais para o funcionamento do mercado de intermediação financeira, principalmente pela origem do sistema judiciário. A afirmação III está correta, porque um dos motivos de impulsão da intermediação financeira está na existência de agentes econômicos (famílias, empresas) deficitários e superavitários, dispostos a buscar segurança e rentabilidade para a própria poupança e financiar os próprios investimentos. Todavia, a afirmação I está incorreta porque um dos motivos que impulsionaram a intermediação financeira foi a superação de uma economia baseada no escambo (troca pura de produtos) e não o seu estabelecimento.
Referência: Rota de aprendizagem da aula 4. Análise da Conjuntura com o prof. Joaquim Israel Ribas Pereira. Tema 1: Origem e Estrutura do Mercado Financeiro.
Questão 1/10 - Análise de Conjuntura
Leia o texto abaixo:
Economias mais desenvolvidas são mais complexas, e muitas vezes o sistema tradicional financeiro – poupador, banco e devedor – não oferece soluções adequadas para as necessidades atuais. Diante disso, o mercado financeiro cresceu e se especializou em diversos novos produtos. Para facilitar o entendimento, podemos utilizar a classificação proposta por Kerr (2011) para compreender a segmentação do mercado financeiro.
Fonte: Rota de aprendizagem da aula 4. Análise da Conjuntura com o prof. Joaquim Israel Ribas Pereira. Tema 1: Origem e Estrutura do Mercado Financeiro.
Tendo como base os conteúdos discutidos na disciplina Análise de Conjuntura, assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a classificação feita por Kerr para a segmentação do mercado financeiro:
Nota: 10.0
	
	A
	Mercado das finanças; Mercado internacional; Mercado monetário; Mercado de ações; e Mercado de informações.
	
	B
	Mercado de crédito; Mercado cambial; Mercado monetário; Mercado de capitais; e Mercado de derivativos.
Você acertou!
Gabarito comentado:
Na disciplina, pode-se observar que para Kerr podemos entender a crescente segmentação do mercado financeiro a partir das categorias: i) Mercado monetário: parte significante desse mercado é gerenciado e regulamentado pelo Bacen, nele são realizadas operações de negociação de títulos da dívida pública, de operações de redesconto e depósito compulsórios. Todas essas operações têm por objetivo controlar a liquidez de moeda na economia; ii) Mercado de crédito: é talvez o primeiro mercado quando você leitor pensa em mercado financeiro. É nesse mercado que ocorre os empréstimos, financiamentos, necessidade de capital de giro, depósitos à vista. É operado principalmente pelos bancos comerciais e sociedades financeiras; iii) Mercado cambial: mercado em

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.