A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
O Dilema de Produto vs. Engenharia

Pré-visualização|Página 1 de 1

HTML image 0


É muito comum em produto vc cometer erro para os 2 lados. Já passei por muitas vezes onde desenvolvi algo tão lean que eventualmente acabou não funcionando, assim como algo que demorou tanto (ou custou tão caro) que também não andou pra frente.


No caso de under-engineering, pelo olhar de produto a gente desenvolveu uma experiência que acabou ficando simplista demais, e no lançamento não conseguiu um feature adoption relevante. E além disso, o aprendizado gerado não convenceu a gente de tentar mais uma vez de uma forma mais robusta. São nesses momentos que a gente olha pra trás e se pergunta se tivesse feito melhor o caminho poderia ter sido diferente.


Também é comum pelo olhar de tecnologia desenvolver algo rápido d+ onde a infra/arquitetura não fica robusta o suficiente para aguentar a funcionalidade lançada. No final a experiência também acaba sendo afetada e o sucesso da funcionalidade acaba sendo comprometida não pelo ponto de vista de produto, e sim da tecnologia.


Já o outro lado da moeda, o over-engineering é mais comum ainda. Usar o famoso canhão para matar uma formiga.A solução fica tão grande que fica muito caro e difícil de iterar ou manter. O que acontece no final das contas é que ao invés de você ir tentando mudar e adaptar para fazer funcionar, acaba desistindo no meio e indo resolver outro problema.


Esse é um dos motivos do pq eh tão importante um Gerente de Produto ter conhecimento de tecnologia, ou saber ao menos conversar de igual pra igual com um líder técnico. Decisões vão ter que ser tomadas que envolvem trade-offs na solução que será construída, e isso pode definir se algo dará certo ou não no futuro.


Compartilhe com quem puder interessar ! 😋