A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Inquérito Policial - Noções Gerais

Pré-visualização | Página 1 de 1

1
INQUÉRITO POLICIAL
de ofício pelo Delegado;
requisição do Ministério Público; 
requerimento do ofendido ou
representante legal;
notícia oferecida por qualquer
pessoa;
 auto de prisão em flagrante.
1.
2.
3.
4.
5.
O inquérito policial (IP) é um procedimento
administrativo inquisitório e preparatório,
presidido pelo Delegado de Polícia.
@reviseidireito
O IP é marcado por diversas características.
A doutrina costumar indicar que se trata de
procedimento:
Esse procedimento tem como objetivo a
colheita de informação quanto à autoria e
materialidade da infração penal, permitindo
ao titular da ação ingressar em juízo.
Alguns doutrinadores têm argumentado queAlguns doutrinadores têm argumentado que
o juiz não pode requisitar a instauração do IPo juiz não pode requisitar a instauração do IP
após o advento do Pacote Anticrime.após o advento do Pacote Anticrime.
Quanto à forma de instauração, a depender
da modalidade de ação, será necessária uma
"autorização".
Nas ações penais públicas incondicionadas, o
IP poderá ser instaurado:
escrito;
dispensável; 
sigiloso;
inquisitorial;
1.
2.
3.
4.
5. Discricionário;
6. Oficial;
7. Oficioso;
8. Indisponível.
Nas ações penais públicas condicionada à
representação, o IP poderá ser instaurado:
requisição do Ministério Público; 
representação do ofendido ou
representante legal;
auto de prisão em flagrante.
1.
2.
3.
Tanto na requisição do Ministério Público,Tanto na requisição do Ministério Público,
quanto na hipótese de prisão em flagrante,quanto na hipótese de prisão em flagrante,
será necessária será necessária representaçãorepresentação da vítima ou da vítima ou
de quem a represente.de quem a represente.
Nas ações penais privadas, o IP poderá ser
instaurado:
requerimento do ofendido ou
representante legal;
auto de prisão em flagrante.
1.
2.
Na hipótese de prisão em flagrante, seráNa hipótese de prisão em flagrante, será
necessário necessário requerimentorequerimento da vítima ou de da vítima ou de
quem a represente.quem a represente.