Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
16 pág.
Segurança em Máquinas e Equipamentos NR12 - Fundamentos Básicos

Pré-visualização | Página 1 de 5

Segurança em Máquinas e 
Equipamentos NR12 - Fundamentos 
Básicos 
Orientações do Módulo I - Eletricidade 
Neste módulo serão abordados os seguintes conteúdos: 
 Videoaula(s) em Eletricidade. 
 Minuto(s) de Revisão. 
 Para Saber Mais - vídeos suplementares. 
Neste módulo serão realizadas as seguintes atividades: 
 Visualização do Conteúdo: 
Conceitos básicos de eletricidade; 
Sistema de distribuição de energia trifásico/monofásico; 
Tipos de componentes utilizados em rede de baixa tensão para a montagem de circuito de 
partida de motor; 
Circuito de potência; 
Circuito de comando; 
Tipos de fusíveis; 
Contator; 
Rele térmico; 
Disjuntor / motor; 
Elementos necessários para uma partida de motor; 
Tipos de botoeiras e suas funções; 
Tipos e funções das sinaleira; 
Etiquetas de identificação; 
Função do selo do circuito de comando; 
O que são transformadores e fontes chaveada de tensão; 
Quando e onde se usa extra baixa tensão; 
Vantagens e desvantagens entre corrente contínua e alternada;Reles auxiliar e contadores 
auxiliares; 
Reles de monitoramento de fase e de falta de fase; 
Reles temporizadores; 
Funções das simbologias; 
Como montar painéis elétricos; 
Utilização de cabos e barramentos. 
 A energia elétrica que sai das subestações é fornecida em média tensão (usualmente 
MT = 13.800 VCA) para os transformadores e para as cabines primárias para ser 
transformada em baixa tensão (BT = 440-380-220 VCA com frequência de 60 Hz). 
 Sistema trifásico se dá com 3 fases denominadas pelas siglas R-S e T ou L1, L2 e L3, 
além do Neutro que é o fechamento do transformador e do Terra que faz a proteção do 
circuito. 
Circuito de potência é o circuito onde se encontram as cargas a serem acionadas, tais 
como motores, resistências de aquecimento, entre outras. 
Circuito de comando é aquele que vai comandar o circuito de potência, ou seja, é 
através do circuito de comando que eu vou ligar e desligar o circuito de potencia. 
 A função dos fusíveis é a de proteção do circuito contra a elevação da corrente. 
 Fusíveis Diazed vão de 2 a 63 amperes. 
 Fusíveis NH vão de 6 a 630 amperes. 
 A função do contator é de abrir ou fechar o circuito de potência, ligando 
ou desligando um motor, por exemplo. 
 
 
 Os contatores possuem um conjunto de contatos acionados por eletroímã. 
Quando a bobina é energizada, forma um eletroímã, fechando o núcleo 
onde estão fixados os contatos. Estes contatos são 3 de potência NA e 
contatos auxiliares NA e NF. 
 
 
 Contatos NA significa que são contatos normalmente abertos. 
 
 
 Contatos NF significa que são contatos normalmente fechados. 
 
 
 Segundo a norma ABNT NBR IEC 60947-4-1:2018 o contator deve 
possuir os contatos mecanicamente ligados. 
 
 
 Em uma emergência a condição de um contator interromper o 
fornecimento de energia para um motor é fundamental para se conseguir 
evitar um acidente. 
 
 
 A função de um relê térmico é a de proteção de um motor através da 
interrupção do fornecimento de energia, quando a corrente nominal 
exceder a um determinado valor pré-regulado durante um determinado 
tempo. 
 
 
 O disjuntor motor substitui o relê térmico e o fusível pois faz a função 
dos dois componentes ao mesmo tempo. 
 
 
 As botoeiras da cor verde NA são utilizadas para ligar, dar partida. Ao 
serem acionadas se tornam NF. 
 
 
 As botoeiras da cor vermelha NF são utilizadas para desligar, parar ou 
botão de emergência; Ao serem acionadas se tornam NA. 
 
 
 As sinaleiras da cor verde iluminada significam que, por exemplo, o 
equipamento está ligado. 
 
 
 As sinaleiras de cor vermelha iluminada significam que, por exemplo, o 
equipamento está desligado. 
 
 
 As sinaleiras de cor amarela iluminada significam que, por exemplo, foi 
acionada a condição de emergência no equipamento. 
 
 
 As botoeiras e sinaleiras devem acompanhar etiqueta indicando a função 
que o componente exerce no circuito de comando. 
 Circuito de comando trabalha com extra baixa tensão, fornecida pelo transformador em 
corrente alternada ou pela fonte chaveada em corrente contínua. 
 
 
 Relé ou contator auxiliar utilizados em circuito de comando devido a suportarem só extra 
baixa tensão. 
 
 
 Os relês de monitoramento de fases detectam a falta de fase, evitando que o motor 
queime ou a inversão de fase , evitando que o motor inverta o sentido de rotação do 
motor. 
 
 
 O relê de tempo tem a função de ligar ou desligar um circuito com um tempo 
programável. 
 
Orientações do Módulo II - Mecânica 
Neste módulo serão abordados os seguintes conteúdos: 
 Videoaula(s) em Mecânica. 
 Minuto(s) de Revisão. 
 Para Saber Mais - vídeos suplementares. 
Neste módulo serão realizadas as seguintes atividades: 
 Visualização do Conteúdo: 
Sistema de transmissão mecânica 
Concepção de um sistema de transmissão mecânica em máquina; 
Tipos de transmissão de movimento; 
Elementos de transmissão; 
Eixo e árvore; 
Mancais; 
Acoplamentos; 
Engrenagens; 
Polias e Correias; 
Correntes; 
Cabo de aço; 
Caixa de redução. 
 
 A transmissão mecânica é, de forma resumida, o processo pelo qual acontece a 
transferência de potência e movimento de um motor para outros elementos que 
compõem uma máquina. 
 Os elementos de transmissão mecânica são peças que possibilitam a transmissão de 
potência, torque e rotação para uma máquina acionada em uma operação industrial. Os 
principais elementos são: acoplamentos, redutores e moto redutores, correias, 
engrenagens, cabos de aço, polias, correntes, eixos e rolamentos. 
 Eixos são elementos relativamente longos de seção transversal circular que suporta 
elementos que giram sobre eles, os quais suportam só os esforços de flexão. 
 Árvores são elementos rotativos ou estacionários, geralmente de seção circular, que 
tem montado sobre si elementos para a transmissão de potência, os quais suportam 
esforço não só de flexão como também de torção, cisalhamento e carregamento axial. 
 Mancais são elementos de máquinas que servem para apoio fixo para árvores. 
Geralmente são compostos de uma estrutura de ferro fundido e bipartida (base tampa), 
que encerra a bucha ou o rolamento, no qual gira a árvore. 
 Os mancais de deslizamento são constituídos de uma bucha fixada em um suporte e 
são utilizados em máquinas pesadas e em equipamentos de baixa rotação, porque a 
baixa velocidade evita o superaquecimento dos equipamentos expostos ao atrito. 
 Os mancais de rolamento, são constituídos de um rolamento fixado em um suporte, 
que permite o movimento relativo controlado entre duas ou mais partes. Estes tipos de 
mancais são utilizados quando for necessário maior velocidade e menor atrito. 
 Os rolamentos de esferas são apropriados para rotações mais elevadas. 
 Os rolamentos de roletes são utilizados quando se precisa de velocidades menores e 
cargas maiores. 
 Os rolamentos de agulha são utilizados para mecanismos oscilantes em razão dos 
mesmos terem alta rigidez, onde o espaço radial é limitado e a carga não é constante. 
 Acoplamento é um conjunto mecânico, constituído de elementos de máquina, 
empregado na transmissão de rotação entre duas árvores. Ele além de fazer a união 
entre duas árvores é responsável também em transmitir torques e movimentos, reduzir 
vibrações, compensar desalinhamentos e absorver choques. 
 Engrenagens são rodas dentadas que operam aos pares e servem para transmitir o 
movimento de rotação e torque entre árvores, transmitindo assim potência. 
 As engrenagens cilíndricas de dentes retos são aquelas cujos dentes são dispostos 
paralelamente entre si em relação ao eixo. São os tipos mais comuns de engrenagens e 
os de mais baixo custo. São usadas em transmissões que requerem mudanças de 
posição das engrenagens em serviço, pois são fáceis de se engatar. São mais 
empregadas nas transmissões de baixa do que de alta rotação, por causa do ruído que 
produz. 
 Em relação às engrenagens cilíndricas de dentes retos, as de dente helicoidais
Página12345