Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Canadá - Sistema de Saúde

Pré-visualização | Página 1 de 2

SEMINÁRIO
Sistemas de Saúde
Nome: Andressa, Carol, Daniela, Egídio e Letícia Morais
Tema: Sistema de Saúde no Canadá 
INTRODUÇÃO
O Canadá foi colonizado por europeus e reconhecido como país em 1867. Está localizado na América do Norte e é o segundo maior país, com o PIB em torno de US$ 1,552 trilhão e 35 milhões de habitantes. É formada por 10 províncias, sendo a Quebec a maior entre elas, e 3 territórios. 
A assistência médica canadense, em toda sua história tem como ideia ajudar o próximo sem prever lucros ou segundas intenções. Até o século XVIII, o tratamento ao paciente era diferente entre os mais e menos afortunados. Enquanto os que tinham condição se tratavam em casa, os mais carentes procuravam cuidados médicos em hospitais administrados por igrejas e governo. Mesmo esse cuidado existindo, no século XIX, a população começou a exigir melhores tratamento e maior saneamento básico. Entre 1900 a 1945 começaram a desenvolver diretrizes para um sistema de saúde.
Em 1946, a primeira província, Saskatchewan, implantou o sistema de saúde. Vinte anos mais tarde, Quebec introduziu o sistema e teve um incrível avanço, sendo hoje, a referência em saúde.
DESENVOLVIMENTO
No Canadá, toda a população tem acesso aos mesmos tratamentos, aos mesmos médicos, independente da sua classe social, toda a população deve ser tratada, e bem tratada sobre aquele sistema. O gasto com saúde já está incluso no imposto de renda, de acordo com o rendimento de cada um, ou seja, na hora de receber o atendimento não é necessário desembolsar nada 
Todos os habitantes recebem um cartão de saúde e todos os pacientes que possuem esse cartão devem receber o mesmo nível de cuidado, sem extinção ou preferência. A cobertura de saúde não é afetada pela perda ou mudança de emprego. O sistema não cobre remédios farmacêuticos e medicamentos para idosos com baixa renda são cobertos por outros pequenos grupos de saúde púbica.	
Mesmo no caso de uma clínica de propriedade privada, o pagamento pelo tratamento será feito pelo governo, dentro do sistema público de saúde, e não pelo paciente. Sistema privado pode ser usado apenas para alguns serviços, como testes e diagnósticos, algumas cirurgias estéticas ou tratamento odontológico.
Mesmo como referência em saúde pública, o serviço público recebe algumas queixas, em relação ao tempo de espera para determinados tratamentos, reflexo do número de atendimentos prestados. Entretanto, o número de queixas ainda é inferior ao do Brasil.
 A assistência médica no Canadá é fornecida através de um sistema de saúde financiado com fundos públicos, cujos serviços, que são em sua maior parte fornecidos pelo governo local para o público canadense, são fornecidos também por instituições privadas.
A regulação da assistência médica no Canadá é responsabilidade de cada província e território, cada uma regulando suas próprias regras. Cada província e território fornece um sistema de assistência médica pública, popularmente chamada de Medicare.
No geral, os custos da assistência médica no país são cobertos por fundos provenientes do imposto de renda, embora três províncias imponham um imposto fixo (que podem ser removidos em famílias de baixa renda). Aproximadamente 70% dos gastos da assistência médica canadense são cobertos por fundos públicos, com o restante sendo cobertos por fontes privadas, tanto seguradoras privadas quanto pagamentos pessoais por parte dos pacientes. 
O seguro privado no Canadá existe e é permitido, embora seja limitado pelo governo canadense a cobrir serviços que não são cobertos pela assistência médica pública da província ou território. A Medicare não cobre os custos de remédios farmacêuticos. Estes são cobertos por companhias privadas, ou, no caso de clientes idosos ou de baixa renda, por outros programas públicos. Os preços dos remédios são negociados com as distribuidoras pelo governo federal, para regular custos.
Foi a partir de 1946 que as províncias começaram a implantar um sistema de saúde universal e em 1984, o Canada Health Act foi aprovado, proibindo que pacientes fossem diretamente cobrados pelos médicos pelos serviços fornecidos. 
Estima-se que gastos na assistência médica sejam de 183,1 bilhões (mil milhões) de dólares canadenses em 2009, ou 5,452 dólares por pessoa, correspondendo por 10,7% do PIB do país. A maior porção destes gastos é para hospitais (51 bi CDN$), seguido por farmacêuticos (30 bi CDN$) e doutores (26 bi CDN$). 
É um sistema de pagador único, onde serviços básicos são fornecidos por médicos ou instituições privadas, com os custos dos serviços fornecidos sendo pagos pelo governo. A maioria dos médicos de família recebem uma taxa fixa por visita. Estas taxas são negociadas entre o governo e as provinciais e as associações médicas provinciais, geralmente a cada ano. Médicos não podem cobrar mais por um serviço, além da taxa negociada - até mesmo para pacientes que não são cobertos pelo sistema público de saúde - a não ser que o médico decida não participar do programa Medicare. 
A base do Sistema de Saúde no Canadá é o atendimento primário, que geralmente é feito pelo médico da família, enfermeiro, fisioterapeuta, farmacêutico e etc. 
Em geral, os serviços de saúde primários têm uma função dupla: oferecer diretamente serviços de saúde no contato inicial e coordenar os serviços de saúde dos pacientes a fim de garantir sua continuidade e facilidade de movimento no sistema de saúde quando são necessários serviços mais especializados (p.ex.: de especialistas ou em hospitais). Os serviços de saúde primários abrangem frequentemente: prevenção e tratamento de lesões e doenças comuns, serviços básicos de emergência, encaminhamento e coordenação com outros níveis de assistência, tais como assistência hospitalar e de especialistas, serviços primários de saúde mental, cuidados paliativos e de fim da vida, promoção da saúde, desenvolvimento infantil saudável, cuidados maternais primários e serviços de reabilitação. Quando necessário, os pacientes são encaminhados para os serviços de especialistas (médico especialista, serviços de saúde associados, admissões em hospitais, testes de diagnóstico, terapia para medicamentos vendidos com receita médica, etc.)
O Canadá possui bons índices em vários aspectos quando comparados a outros países, o que significa que o sistema funciona eficientemente. Como se pode observar na tabela abaixo, o Canadá possui maior esperança de vida e menor taxa de mortalidade infantil quando comparado por exemplo aos EUA, país que possui apenas planos privados, sem previsão de implantação de um sistema universal. É um dos melhores países para se viver e o sistema de saúde influencia diretamente nisto, pois uma população saudável e bem tratada possui melhor desenvolvimento.
CONSIDERAÇÕES FINAIS
O país analisado, no caso, Canadá, possui um sistema de saúde de alta qualidade tendo como características principais o sistema gratuito em algumas províncias que possuem um imposto um pouco elevado e o sistema pago em quantias pequenas nas províncias que possuem um imposto mais baixo.
Em comparação ao Sistema Único de Saúde (SUS) do Brasil, as ideias se aproximam, principalmente quando se trata da universalização do sistema, no entanto, os índices do Brasil são bem inferiores aos do Canadá, provavelmente por ainda ser relativamente novo. A maior reclamação da população canadense se aproxima da dos brasileiros que é a demora para as consultas.
O Canadá possui apenas os atendimentos gratuitos ou parcialmente gratuitos pois os medicamentos são pagos, mas mesmo assim há políticas públicas para os que necessitam mais dos mesmos e para o restante da população há um controle dos preços.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 
1. CARNEIRO, S. E. O Sistema de Saúde Canadense. Disponível em: <http://docplayer.com.br/2207211-O-sistema-de-saude-canadense.html>. Acesso em: 17 ago. 2016.
1. CORREA, A. Pobres e ricos têm tratamento idêntico em sistema único no Canadá, diz médico brasileiro. Disponível em: <http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2014/09/140922_medico_salasocial_eleicoes2014_canada_ac_cq>.
Página12