A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Estudo de caso Psicologia - 2º bimestre

Pré-visualização | Página 1 de 1

Estudo de caso 2 – Psicologia
Veja a entrevista disponível no link a seguir: <http://jornal.usp.br/radio-usp/radioagencia-usp/as-emocoes-nos-ajudam-a-tomar-decisoes/>.
Com base nisso, escreva um texto, com no máximo 20 linhas, que contenha uma linha de pensamento coerente, sobre como a emoção interfere no nosso cotidiano.
A emoção é um impulso involuntário que se origina como resposta aos estímulos ambientais que provocam sentimentos e comportamentos de reação automática nos seres humanos. Ademais, sem emoção e sentimentos a vida seria monótona e tediosa, ninguém perceberia os efeitos de cada situação, nem poderia manter uma relação afetiva e a mente não buscaria o prazer (BRAGHIROLLI, et AL., 2002; FELDMAN, 2015).
Existem dois tipos de emoções, as primárias e as secundarias ou complexas. As oito emoções primárias são: alegria, tristeza, raiva, medo, expectativa, surpresa, prazer e nojo. 
Os indivíduos que conseguem gerenciar suas emoções possuem mais recursos para enfrentar as situações adversas do dia a dia e se relacionam melhor socialmente, pois as emoções positivas tendem a aproximar as pessoas, estimulando o vínculo interpessoal, diferente de emoções negativas, como a raiva, a dúvida ou a culpa que podem atrapalhar os relacionamentos. Segundo Nolen Hoeksema et al., (2009), as pessoas com habilidades emocionais bem desenvolvidas possuem mais probabilidades de sentirem-se satisfeitas e serem eficazes em suas vidas.
Desse modo, infere-se que a emoção interfere diretamente no nosso cotidiano por meio de respostas aos estímulos que nos são direcionados pelo ambiente em que estamos presente.