Buscar

PIM VIII

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 48 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 48 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 48 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

UNIVERSIDADE PAULISTA - UNIP EaD 
Projeto Integrado Multidisciplinar VIII 
Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 
 
 
 
MARCOS PEREIRA FREITAS – 2049226 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
DESENVOLVIMENTO DE MECANISMO PARA INTERAÇÃO COM BANCO DE 
DADOS E MANIPULAÇÃO DE INFORMAÇÕES. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
VITORIA 
2020 
MARCOS PEREIRA FREITAS – 2049226 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
DESENVOLVIMENTO DE MECANISMO PARA INTERAÇÃO COM BANCO DE 
DADOS E MANIPULAÇÃO DE INFORMAÇÕES. 
 
 
 
 
 Projeto Integrado Multidisciplinar VIII 
 para obtenção de título de tecnólogo em 
 Análise e Desenvolvimento de Sistemas 
apresentado à Universidade Paulista – UNIP 
 
 
 
 
 
VITORIA 
2020 
RESUMO 
 
Este PIM VIII tem como principal objetivo o planejamento e processo de 
desenvolvimento de um trecho de sistema para manipulação de informações em uma parte do 
banco de dados de um sistema pré-existente, utilizando conhecimentos adquiridos nas 
disciplinas Desenvolvimento de Software para Internet, Programação Orientada a Objetos II e 
Tópicos especiais de Programação Orientada a Objetos, atentando aos pré-requisitos e regras 
de negócio apresentadas no manual, fazendo uso das principais técnicas de desenvolvimento 
de software para internet com ASP.NET e utilizando a linguagem C# como back-end 
(linguagem de programação que trabalha no lado do servidor). Serão discutidas todas as 
escolhas tecnológicas para a elaboração do devido trecho do sistema, bem como explicadas de 
forma sucinta o porquê de cada escolha, com intuito de demonstrar a viabilidade do 
desenvolvimento e também como cada uma facilitará em futuras manutenções. Enfim, tornou-
se possível constatar que a utilização da internet como base para o desenvolvimento e suporte 
para sistemas de gestão pode ser um grande atrativo, além de facilitar um dos maiores 
desafios para sistemas serem acessados por diferentes usuários de diferentes lugares, que trata 
da distribuição do mesmo. 
Palavras chave: Tópicos Especiais de POO, Desenvolvimento de Software para 
Internet, Programação Orientada à Objetos, Banco de Dados, Implementação. 
 
 
ABSTRACT 
 
This PIM VIII has as main objective the planning, prototyping and development 
process of a system section for manipulating information in a part of the database of a pre-
existing system, using knowledge acquired in the Software Development disciplines for 
Internet, Object Oriented Programming II and Special Object Oriented Programming Topics, 
paying attention to the prerequisites and business rules presented in the manual, making use 
of the main software development techniques for internet with ASP.NET and using the C # 
language as back-end (programming language that works on the server side). All 
technological choices will be discussed for the elaboration of the appropriate section of the 
system, as well as briefly explained why each choice is made, in order to demonstrate the 
feasibility of the development and also how each will facilitate future maintenance. Finally, it 
became possible to verify that the use of the internet as a basis for the development and 
support for management systems can be a great attraction, in addition to facilitating one of the 
biggest challenges for systems to be accessed by different users from different places, which 
deals with distribution. 
Keywords: OOP Special Topics, Internet Software Development, Object Oriented 
Programming, Database, Implementation. 
 
 
Sumário 
Resumo .................................................................................................................................................... 8 
Abstract ................................................................................................................................................... 9 
Introdução ............................................................................................................................................... 6 
1 Levantamento de Requisitos ........................................................................................................... 7 
1.1 Cenário Atual .......................................................................................................................... 7 
2 Tecnologias Utilizadas .................................................................................................................... 8 
2.1 Framework ASP.NET ................................................................................................................... 8 
2.2 Linguagem C# ............................................................................................................................... 8 
2.3 Banco de Dados (DataBase) ........................................................................................................ 10 
3 Programação Orientada a Objetos ...................................................................................................... 11 
4 Desenvolvimento de Software para Internet ...................................................................................... 13 
5 Tópicos Especiais de Programação Orientada a Objetos ................................................................... 17 
Conclusão .............................................................................................................................................. 21 
Referências:...........................................................................................................................................22 
Apêndices: ........................................................................................................................................... 23 
 
 
 
6 
 
 
INTRODUÇÃO 
 
A organização das informações é algo extremamente necessário e vem sendo um 
desafio que impulsiona os avanços em diversas áreas, na de tecnologia da informação 
principalmente. 
Nas ultimas décadas o processo de informatização deixou de ser estritamente 
cientifico, militar e acadêmico, para se tornar comercial. Desde então, a informatização 
tornou-se um processo administrativo, mostrando-se uma ferramenta poderosa de gestão. 
As principais vantagens agregadas pela tecnologia foram: capacidade de manipular 
uma enorme quantidade de dados simultaneamente; precisão, velocidade, menor desperdício e 
redução de custos (com a automação de tarefas), e com o surgimento da internet, ampliou-se 
os mercados consumidores ao tamanho atingido pela grande rede. Transformar toda 
tecnologia que está disponível em oportunidades é grande desafio, assim como compreender 
exatamente para que a informatização seja desejada. 
Sendo assim, a informatização pode oferecer inúmeras vantagens e oportunidades. 
Além disso, com a grande expansão contínua da Internet, a criação de sistemas totalmente 
conectados e disponíveis todo o tempo tornou-se simples e, o mais importante, de baixo custo. 
Dadas essas oportunidades, esse projeto visa apresentar a criação e implementação 
de um trecho de código, responsável pelo gerenciamento e manipulação do banco de dados de 
um sistema já existente, facilitando e simplificando seu manuseio através de interfaces 
gráficas. 
 
7 
 
 
1 LEVANTAMENTO DE REQUISITOS 
 
Uma das principais preocupações durante a elaboração e desenvolvimento desse 
projeto, foi pensar em formas de desenvolver o trabalho proposto da melhor maneira, para que 
seja manutenível e expansível de forma que os próprios desenvolvedores do sistema principal 
consigam realizar manutenções e futuras implementações conforme seja necessário. Também 
existe a preocupação com a continuidade do projeto, tornando possível que com o passar do 
tempo, o sistema se torne cada vez mais produtivo e expansível. 
 
1.1 Cenário Atual 
 
Primeiro, seguimos com a modelagem, que para isso, precisamos interpretar o 
cenário atual, com relação a essetrecho de sistema a ser elaborado, desenvolvido, testado e 
implementado no sistema já desenvolvido. 
Seguimos com a codificação, testes e correções necessárias pra desenvolver o trecho 
de conexão com o banco de dados, o qual precisará realizar operações como consulta, 
inserção, exclusão, e alteração. 
Em seguida, será elaborado um protótipo de interface gráfica em ASP.NET, que é a 
plataforma da Microsoft para desenvolvimento de aplicações e desenvolvimento web, no qual 
irá conter os formulários, botões e etc. 
Também foi desenvolvido o mesmo formulário e página de interação com o banco de 
dados para a plataforma Android, o qual usou da tecnologia Android para seu 
desenvolvimento, com a linguagem XML que é uma linguagem de marcação para tais fins. 
 
8 
 
 
2 TECNOLOGIAS UTILIZADAS 
 
Para o correto entendimento do trecho de sistema desenvolvido, deve-se primeiro 
compreender ao menos o básico a respeito das tecnologias nele utilizadas, começaremos pelo 
framework ‘.NET’. 
Denomina-se .NET o conjunto de componentes desenvolvidos pela Microsoft, para o 
sistema operacional Windows, planejados e desenvolvidos de forma a suportar aplicações e 
serviços de ultima geração. 
Um grande destaque da plataforma .NET está na facilidade de desenvolvimento de 
aplicações para os mais diversos tipos de dispositivos. Parte dessa facilidade está nos vastos 
recursos da plataforma .NET, onde falarei um pouco mais a respeito da combinação do 
ASP.NET e Visual Studio Code (Interface de desenvolvimento usada para codificação). 
 
2.1 Framework ASP.NET 
 
O framework ASP.NET é a base da plataforma, muitos especialistas realizam 
comparações com a JVM (Java Virtual Machine). 
De certa maneira o framework .NET também é uma máquina virtual, pois representa 
uma camada adicional entre o sistema operacional e o código das aplicações desenvolvidas na 
plataforma. Porém mais do que uma maquina virtual sobre o sistema operacional, o 
framework .NET possui um conjunto de bibliotecas de componentes completa, automatizando 
diversas tarefas. 
Além disso, o código escrito não é compilado em linguagem de máquina, mas sim, 
em linguagem intermediaria, chamada de MSIL (Microsoft Intermediate Language), 
interpretada pelo framework no momento da execução, de forma similar ao que ocorre com o 
código intermediário em Java, chamado byte-code, interpretado pela JVM. 
O framework ASP.NET abrange uma estrutura de objetos, classes e ferramentas que 
se integram ao sistema operacional para fornecer suporte ao desenvolvimento. 
 
9 
 
 
 
2.2 Linguagem C# 
 
O C# é uma linguagem de programação totalmente nova, inspirada no C++, 
orientada a objetos e que foi lançada juntamente com a plataforma ASP.NET, ou seja, tem 
como principal foco o desenvolvimento para web e dispositivos móveis. 
Todo código em C#, assim como todas as outras linguagens da plataforma .NET, é 
compilado duas vezes antes de ser executado. A primeira compilação pelo compilador C#, 
gera um arquivo executável com a extensão .dll, que contem o código MSIL. Posteriormente, 
este será interpretado pelo compilador JIT (Just in Time Compiller), componente do CLR 
(Common Language Runtime) que gera código nativo para a CPU que está executando a 
operação. 
Este código é mantido na memoria enquanto está sendo utilizado. Mas o desempenho 
do restante do sistema operacional não é afetado, já que caso essa rotina não seja mais 
utilizada, existe outro item do CLR que gera código nativo para a CPU que está executado a 
operação. 
Para trabalhar melhor a comunicação entre o código escrito em C# e o banco de 
dados é preciso entender um pouco sobre os tipos de dados em C#. Os tipos de dados na 
linguagem C# são bem completos e flexíveis, e tem fácil adaptação a outras tecnologias, se 
necessário, como banco de dados e Web Services (bibliotecas de componentes acessíveis pela 
internet, com protocolo HTTP), e facilitando assim, sua interoperabilidade. Já que as classes 
são tipos customizados, um atributo ou propriedade pode assumir qualquer tipo, sendo ele 
nativo do framework ou customizado. 
Abaixo uma tabela simples com alguns tipos de dados em C#. 
Tipo Descrição Declaração 
String Conjunto de caracteres String variável = “Texto”; 
Char Caractere único Char variável = “S”; 
Byte Inteiro de 8 bits Byte variável = “123”; 
Short Inteiro de 16 bits Short variável = “12345”; 
Int Inteiro de 32 bits Int variável = “123456”; 
Long Inteiro de 64 bits Long variável = 
1234567890”; 
10 
 
 
Bool Boolean Bool variável = true; 
Float Decimal até 16 dígitos Float variável = 12.12345; 
Tabela 1. Tipos de dados em C#. Fonte: Autoria própria. 
 
Além dos tipos de dados, vamos precisar de um pouco de conhecimento com as 
classes em C#, uma classe é uma descrição que abstrai um conjunto de objetos com 
características similares. Mais formalmente, é um conceito que encapsula abstrações de dados 
e procedimentos que descrevem o conteúdo e o comportamento de entidades do mundo real, 
representadas por objetos. 
Abaixo, segue um simples exemplo de como é codificada uma classe com uma 
função para a soma de dois números inteiros em C#. 
 
 
Imagem 1, Exemplo de classe C#, Fonte: Autoria própria, 11/2020. 
 
2.3 Banco de Dados (DataBase) 
 
Um banco de dados é uma coleção de dados inter-relacionados, representando 
informações sobre um domínio específico, ou seja, sempre que for possível agrupar 
informações que se relacionam e tratam de um mesmo assunto, posso dizer que tenho um 
banco de dados. 
Podemos exemplificar situações clássicas como uma lista telefônica, um catálogo de 
CDs ou um sistema de controle de RH de uma empresa. 
Já um sistema de gerenciamento de banco de dados (SGBD) é um software que 
possui recursos capazes de manipular as informações do banco de dados e interagir com o 
11 
 
 
usuário. Exemplos de SGBDs são: Oracle, SQL Server, DB2, PostgreSQL, MySQL, o próprio 
Access ou Paradox, entre outros. 
Também podemos exemplificar um sistema de banco de dados como o conjunto de 
quatro componentes básicos: dados, hardware, software e usuários. Date conceituou que 
“sistema de bancos de dados pode ser considerado como uma sala de arquivos eletrônica”. 
 O modelo entidade-relacionamento é um modelo de dados de alto-nível criado com 
o objetivo de representar a semântica associada aos dados do minimundo. O MER é utilizado 
para na fase de projeto conceitual, onde o esquema conceitual do banco de dados da aplicação 
é concebido. Seus conceitos são intuitivos, permitindo que projetistas de banco de dado 
capturem os conceitos associados aos dados da aplicação, sem a interferência da tecnologia 
específica de implementação do banco de dados. 
 
3 PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS 
 
Conforme requerido no manual do PIM VIII, foram desenvolvidas as classes das 
entidades conforme pré-estabelecido no diagrama recebido. Para tal, foi utilizado o paradigma 
da programação orientada a objetos, que possui algumas vantagens em relação a programação 
procedural. São elas: 
A codificação fica mais próxima do cenário real do problema a ser resolvido: é muito 
mais simples ter uma classe pessoas que faz o cadastro, atualização, exclusão e busca do que 
uma função para cada ação necessária. 
A manutenção futura fica mais simples e rápida: você somente altera as classes que 
são necessárias, sem precisar ficar procurando funções perdidas em meio aos arquivos para 
alterar algo. 
Maior reutilização de código: foram criadas classes para realizar as operações de 
INSERT, UPDATE e DELETE do banco de dados, e criada uma classe específica para 
SELECTs, durante todo o restante do sistema estamos usando as mesmas classes, pois se 
bem planejadas eles se tornam muito mais dinâmicas do que uma simples função. 
Padronização do sistema: criando um sistema em programação procedural, ele fica 
com o padrão do programador ou da empresa, já em OOP ele fica com o padrão daOOP, ou 
seja, o sistema será "entendível" para qualquer desenvolvedor futuramente. 
Abaixo seguem alguns trechos de códigos das classes desenvolvidas. 
12 
 
 
 
 
Imagem 2, Partes desenvolvidos, Fonte: Autoria própria, /2020. 
 
 
 
 
Imagem 3, Partes desenvolvidos, Fonte: Autoria própria, 11/2020. 
Como visto, fica bem mais legível e interpretável o código, mas se for parar para 
pensar com calma ainda tem como achar algumas outras vantagens. Mas como diz o ditado, 
"nem tudo na vida são flores" e programar com OO é um pouco mais complexo para 
iniciantes, pois a curva de aprendizado é um pouco maior do que uma simples programação 
procedural. 
O fato é que uma vez desenvolvido o primeiro sistema em OOP passamos a ter uma 
leve aversão ao sistema procedural, e dificilmente sentiremos necessidade de utilizar de tal 
paradigma novamente. 
 
13 
 
 
 
3 DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE PARA INTERNET 
 
Com relação à disciplina desenvolvimento de software para internet foram pedidos 
protótipos de interface gráfica para realizar que o usuário consiga realizar cada operação de 
um CRUD (do inglês CREATE, READ, UPDATE and DELETE, Criar, Ler, Atualizar e 
Excluir) utilizando tecnologia ASP.Net, para tal, também foi utilizado o Visual Studio Code 
(IDE utilizada para o desenvolvimento dos códigos). 
A imagem abaixo exibe as operações possíveis (cadastrar, buscar, alterar e excluir)a 
serem realizadas com o trecho de código que nos foi solicitado, a partir da escolha do 
operador, serão exibidas novas telas. 
 
 
Imagem 4, Tela Inicial, Fonte: Autoria própria, 11/2020. 
 
Selecionando a primeira opção, “CADASTRAR” o operador será redirecionado a 
página de cadastro de pessoas no sistema, onde para tanto, precisará inserir alguns dados 
solicitados, após o preenchimento é realizada uma validação no servidor que verifica se os 
dados foram inseridos corretamente e se não existe nenhum campo vazio, para em seguida, 
realizar a inserção no banco de dados. 
 
 
14 
 
 
 
 
Imagem 5, Página de cadastro, Fonte: Autoria própria, 11/2020. 
 
Caso seja selecionada a segunda opção “BUSCA”, o operador do sistema será 
redirecionado a página de busca, onde ele precisa inserir somente o CPF da pessoa em 
questão. Em seguida o sistema realizara a consulta no banco de dados e exibirá o resultado 
com todas as informações referentes a aquele CPF. Abaixo, a página de busca. 
 
 
Imagem 6, Página Consulta, Fonte: Autoria própria, 11/2020. 
 
 
 
15 
 
 
Após realizar a consulta no sistema, a página de resultados recebe e organiza os 
dados de resultado de busca de uma forma amigável a ser exibida. Facilitando a leitura e 
compreensão do mesmo. 
Abaixo, a imagem da página de resultado. 
 
 
 
Imagem 7, Resultados da consulta, Fonte: Autoria própria, 11/2020. 
 
A terceira opção direciona o operador de sistema a pagina onde ele pode alterar 
dados de alguém já cadastrado, precisando somente inserir o ID referente ao cadastro que ele 
deseja alterar. Em seguida ele precisa preencher os campos que serão alterados, todos os 
campos serão apresentados, porém, o sistema atualizará no banco de dados somente os 
campos que receberem algum valor. Os campos em branco serão ignorados ao realizar a 
atualização. Abaixo a imagem da página para atualizar. 
16 
 
 
 
 
Imagem 8, Página Atualizar, Fonte: Autoria própria, 11/2020. 
Por último temos a opção excluir, que como o próprio nome diz, exclui os dados 
referentes a algum CPF dentro do sistema, para isso, o operador deverá inserir o CPF 
relacionado às informações da pessoa que ele precisa excluir, em seguida, o sistema realizará 
a consulta no banco de dados e caso encontre algum CPF igual ao inserido pelo operador, ele 
realizará a exclusão dos dados associados a ele. Caso não encontre nenhum registro 
equivalente, será exibida mensagem de erro ao tentar excluir. Abaixo, a imagem da página de 
exclusão. 
 
 
Imagem 9, Página de exclusão, Fonte: Autoria própria, 11/2020. 
 
17 
 
 
5 TÓPICOS ESPECIAIS DE PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS 
 
Em relação à disciplina Tópicos Especiais de Programação Orientada a Objetos foi 
exigido que elaborássemos a interface gráfica relacionada às funções que foram desenvolvidas 
nesse projeto, que permitissem ao operador realizar as operações desenvolvidas, e 
posteriormente, apresentar aqui as telas junto com o código que será enviado. 
Para o desenvolvimento dos layouts para Android, foram utilizados o Android Studio 
como IDE e a linguagem de marcação XML (eXtensible Marckup Language), que pode ser 
definida como uma recomendação da W3C para gerar linguagens de marcação para 
necessidades especiais. É um dos subtipos da SGML capaz de descrever diversos tipos de 
dados com propósito principal que é a facilidade de compartilhamento de informações por 
intermédio da internet. 
Logo abaixo temos um exemplo de código escrito na linguagem XML. 
 
 
Imagem 10, Exemplo de código XML, Fonte: Autoria própria, 11/2020. 
Com base no que foi solicitado, desenvolvi o layout das páginas para a aplicação em 
cima do layout que seria usado na WEB, seguindo mesmo esquema de cores e mantendo um 
padrão em relação ao layout. 
Abaixo, no centro da imagem, temos a tela de inicio, que seria a página inicial, onde 
o usuário escolhe o que precisa fazer no sistema, e que de acordo com sua escolha, a aplicação 
irá carregar a página onde ele possa realizar a função desejada. 
18 
 
 
 
Imagem 11, Página inicial-mobile, Fonte: Autoria própria, 2020. 
Caso selecione a opção cadastrar, ele será redirecionado para a tela abaixo, onde lhe 
será solicitado todos os dados necessários para realizar o cadastro. 
 
 
Imagem 12, Página cadastro-mobile, Fonte: Autoria própria, 2020. 
Caso escolha a opção buscar, ele precisará inserir o CPF referente a busca que deseja 
realizar no sistema na seguinte tela: 
19 
 
 
 
 
Imagem 13, Página de busca-mobile, Fonte: Autoria própria, 2020. 
Caso ele precise alterar dados existentes no sistema, deverá selecionar a opção 
“ALTERAR”, onde poderá inserir todos os dados que deseje alterar, de acordo com o ID 
existente, que pode ser obtido através da opção busca. 
Abaixo, a interface responsável pela interação ao atualizar. 
 
 
Imagem 14, Página alterar-mobile, Fonte: Autoria própria, 2020. 
20 
 
 
E por último, caso ele queira excluir alguma pessoa do banco de dados, precisará 
somente informar o CPF relacionado à pessoa que ele deseja excluir. E a partir daí, o sistema 
verifica se existe algum cadastro com aquele CPF e se sim, ele realiza a exclusão, caso 
contrário, ele exibe mensagem de erro, avisando que não foi possível excluir, pois não foi 
encontrado na base de dados. 
 
 
Imagem 15, Página excluir-mobile, Fonte: O próprio autor, 2020. 
 
21 
 
 
CONCLUSÃO 
 
Baseado no desenvolvimento desse projeto e no estudo por trás dele, conclui-se que 
as tecnologias escolhidas atuam de forma satisfatória para o papel que precisam desempenhar, 
o novo trecho para o sistema pôde ser desenvolvido sem problemas, e o melhor, de forma 
extensível e manutenível, utilizando conceito de Orientação a objetos que torna o código mais 
legível e organizado, facilitando futuras implementações dependendo da necessidade do 
usuário. 
Ao desenvolver esse PIM, pude sentir na prática, um pouco das dificuldades de se 
elaborar uma solução para o que o usuário precisa, sendo que, neste projeto, a solução já veio 
descrita, apenas tivemos que desenvolver e realizar os testes necessários, mas ao final do 
projeto, pude entregar o solicitado e descrito da forma que foi pedido e isso faz com que eu 
me sinta completamente capaz de desenvolver qualquer solução. 
 
22 
 
 
REFERÊNCIAS 
 
CHRIS, Date. Banco de Dados. Google books. Disponível em: 
https://books.google.com.br/books?hl=pt-
BR&lr=&id=xBeO9LSlK7UC&oi=fnd&pg=IA6&dq=banco+de+dados&ots=xcLChZEe4K&
sig=h8mJJ8jFjNWnP-j4Y62o-AcbGMs#v=onepage&q=banco%20de%20dados&f=false.Acesso em: 15/11/2020. 
 
Android Studio. Android Studio Tutorials: Free+ 20 source code Android Studio . Academic 
Google.Disponível 
em:https://books.google.com.br/books?id=nbWbDwAAQBAJ&printsec=frontcover&dq=andr
oid+studio+tutorial&hl=pt-BR&sa=X&ved=2ahUKEwiZxe6-
0oHtAhVFILkGHWkIBtYQ6AEwAHoECAQQAg#v=onepage&q=android%20studio%20tut
orial&f=false. Acesso em: 15/11/2020. 
 
 
Daum, Berthold. Modelagem de Objeto de Négocios com XML. Academic Google. 
Disponível em:< https://books.google.com.br/books?id=c-
mpiK3uijEC&pg=PR26&dq=xml+para+iniciantes&hl=pt-
BR&sa=X&ved=2ahUKEwj6k_T40oHtAhXCHrkGHZGpBAoQ6AEwAHoECAEQAg#v=o
nepage&q=xml%20para%20iniciantes&f=false>. Acesso em: 16/11/2020. 
 
Microsoft. C# Tutorials. Tutoriais do C#. Disponível em:< https://docs.microsoft.com/pt-
br/dotnet/csharp/tutorials/>. Acesso em: 16/11/2020. 
 
Microsoft. Introdução ao Visual Studio. Tutoriais de Introdução/Microsoft. Disponível em:< 
https://visualstudio.microsoft.com/pt-br/vs/getting-started/>. Acesso em: 17/11/2020 
 
TROY, Dimes. Programação orientada a objetos para iniciantes em C#. Academic Google . 
Programação orientada a objetos para iniciantes em C#. Disponível em: 
https://books.google.com.br/books?hl=pt-
BR&lr=&id=LR3nCwAAQBAJ&oi=fnd&pg=PT4&dq=programa%C3%A7%C3%A3o+orie
ntada+a+objeto+c%23&ots=MvElYAldxe&sig=y6-
xXsGQAvT4A9l_vsDBI5YgP8o#v=onepage&q=programa%C3%A7%C3%A3o%20orientad
a%20a%20objeto%20c%23&f=false. Acesso em 17/11/2020. 
 
https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=&id=xBeO9LSlK7UC&oi=fnd&pg=IA6&dq=banco+de+dados&ots=xcLChZEe4K&sig=h8mJJ8jFjNWnP-j4Y62o-AcbGMs#v=onepage&q=banco%20de%20dados&f=false
https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=&id=xBeO9LSlK7UC&oi=fnd&pg=IA6&dq=banco+de+dados&ots=xcLChZEe4K&sig=h8mJJ8jFjNWnP-j4Y62o-AcbGMs#v=onepage&q=banco%20de%20dados&f=false
https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=&id=xBeO9LSlK7UC&oi=fnd&pg=IA6&dq=banco+de+dados&ots=xcLChZEe4K&sig=h8mJJ8jFjNWnP-j4Y62o-AcbGMs#v=onepage&q=banco%20de%20dados&f=false
https://books.google.com.br/books?id=nbWbDwAAQBAJ&printsec=frontcover&dq=android+studio+tutorial&hl=pt-BR&sa=X&ved=2ahUKEwiZxe6-0oHtAhVFILkGHWkIBtYQ6AEwAHoECAQQAg#v=onepage&q=android%20studio%20tutorial&f=false
https://books.google.com.br/books?id=nbWbDwAAQBAJ&printsec=frontcover&dq=android+studio+tutorial&hl=pt-BR&sa=X&ved=2ahUKEwiZxe6-0oHtAhVFILkGHWkIBtYQ6AEwAHoECAQQAg#v=onepage&q=android%20studio%20tutorial&f=false
https://books.google.com.br/books?id=nbWbDwAAQBAJ&printsec=frontcover&dq=android+studio+tutorial&hl=pt-BR&sa=X&ved=2ahUKEwiZxe6-0oHtAhVFILkGHWkIBtYQ6AEwAHoECAQQAg#v=onepage&q=android%20studio%20tutorial&f=false
https://books.google.com.br/books?id=nbWbDwAAQBAJ&printsec=frontcover&dq=android+studio+tutorial&hl=pt-BR&sa=X&ved=2ahUKEwiZxe6-0oHtAhVFILkGHWkIBtYQ6AEwAHoECAQQAg#v=onepage&q=android%20studio%20tutorial&f=false
https://books.google.com.br/books?id=c-mpiK3uijEC&pg=PR26&dq=xml+para+iniciantes&hl=pt-BR&sa=X&ved=2ahUKEwj6k_T40oHtAhXCHrkGHZGpBAoQ6AEwAHoECAEQAg#v=onepage&q=xml%20para%20iniciantes&f=false
https://books.google.com.br/books?id=c-mpiK3uijEC&pg=PR26&dq=xml+para+iniciantes&hl=pt-BR&sa=X&ved=2ahUKEwj6k_T40oHtAhXCHrkGHZGpBAoQ6AEwAHoECAEQAg#v=onepage&q=xml%20para%20iniciantes&f=false
https://books.google.com.br/books?id=c-mpiK3uijEC&pg=PR26&dq=xml+para+iniciantes&hl=pt-BR&sa=X&ved=2ahUKEwj6k_T40oHtAhXCHrkGHZGpBAoQ6AEwAHoECAEQAg#v=onepage&q=xml%20para%20iniciantes&f=false
https://books.google.com.br/books?id=c-mpiK3uijEC&pg=PR26&dq=xml+para+iniciantes&hl=pt-BR&sa=X&ved=2ahUKEwj6k_T40oHtAhXCHrkGHZGpBAoQ6AEwAHoECAEQAg#v=onepage&q=xml%20para%20iniciantes&f=false
https://docs.microsoft.com/pt-br/dotnet/csharp/tutorials/
https://docs.microsoft.com/pt-br/dotnet/csharp/tutorials/
https://visualstudio.microsoft.com/pt-br/vs/getting-started/
https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=&id=LR3nCwAAQBAJ&oi=fnd&pg=PT4&dq=programa%C3%A7%C3%A3o+orientada+a+objeto+c%23&ots=MvElYAldxe&sig=y6-xXsGQAvT4A9l_vsDBI5YgP8o#v=onepage&q=programa%C3%A7%C3%A3o%20orientada%20a%20objeto%20c%23&f=false
https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=&id=LR3nCwAAQBAJ&oi=fnd&pg=PT4&dq=programa%C3%A7%C3%A3o+orientada+a+objeto+c%23&ots=MvElYAldxe&sig=y6-xXsGQAvT4A9l_vsDBI5YgP8o#v=onepage&q=programa%C3%A7%C3%A3o%20orientada%20a%20objeto%20c%23&f=false
https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=&id=LR3nCwAAQBAJ&oi=fnd&pg=PT4&dq=programa%C3%A7%C3%A3o+orientada+a+objeto+c%23&ots=MvElYAldxe&sig=y6-xXsGQAvT4A9l_vsDBI5YgP8o#v=onepage&q=programa%C3%A7%C3%A3o%20orientada%20a%20objeto%20c%23&f=false
https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=&id=LR3nCwAAQBAJ&oi=fnd&pg=PT4&dq=programa%C3%A7%C3%A3o+orientada+a+objeto+c%23&ots=MvElYAldxe&sig=y6-xXsGQAvT4A9l_vsDBI5YgP8o#v=onepage&q=programa%C3%A7%C3%A3o%20orientada%20a%20objeto%20c%23&f=false
https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=&id=LR3nCwAAQBAJ&oi=fnd&pg=PT4&dq=programa%C3%A7%C3%A3o+orientada+a+objeto+c%23&ots=MvElYAldxe&sig=y6-xXsGQAvT4A9l_vsDBI5YgP8o#v=onepage&q=programa%C3%A7%C3%A3o%20orientada%20a%20objeto%20c%23&f=false
23 
 
 
APÊNDICES 
 
APÊNDICE A- Classe Endereço 
 
Documento 1.. Classe Telefone C#. Autoria própria, 11/2020. 
 
 
 
APÊNDICE B- Classe Telefone 
Documento 2. Classe Endereço C#. Autoria própria, 11/2020. 
 
 
 
24 
 
 
APÊNDICE C- Classe Pessoa 
Documento 3. Classe Pessoa C#. Autoria própria, 11/2020. 
 
 
 
25 
 
 
APÊNDICE D- Classe PessoaDAO 
 
Documento 4. Classe PessoaDAO C#. Autoria própria, 11/2020. 
 
26 
 
 
 
 
 
27 
 
 
 
 
28 
 
 
 
 
 
 
 
29 
 
 
 
APÊNDICE E- Classe TipoTelefone 
Documento 5. Classe TipoTelefone C#. Autoria própria, 11/2020. 
 
 
 
30 
 
 
APÊNDICE G- Interface ASP.NET Formulário Alterar 
Documento 6. Interface ASP.Net Formulário. Autoria própria, 11/2020. 
 
 
31 
 
 
 
 
 
 
32 
 
 
APÊNDICE H- Formulário Cadastro ASP.Net 
Documento 7. Interface ASP.Net Cadastro. Autoria própria,11/ 2020. 
 
 
 
33 
 
 
 
 
 
 
34 
 
 
APÊNDICE I- Interface ASP.NET Formulário Consultar 
 
Documento 8. Interface ASP.Net Formulário Consultar. Autoria própria, 11/2020. 
 
 
 
35 
 
 
 
APÊNDICE J- Interface ASP .NET Formulário Excluir 
 
Documento 9. Interface ASP.Net Formulário Excluir. Autoria própria, 11/2020. 
 
 
 
 
 
36 
 
 
APÊNDICE L- Interface ASP.NET Formulário Início 
 
Documento 10. Interface ASP.Net Formulário Inicio. Autoria própria, 11/2020. 
 
 
 
 
 
 
37 
 
 
APÊNDICE M- Interface ASP.NET Formulário Busca 
 
Documento 11. Interface ASP.Net Formulário Busca. Autoria própria, 11/2020 
. 
 
 
 
 
38 
 
 
APÊNDICE N- Interface Android XML Formulário Alterar 
 
Documento 12. Interface Android em XML, Alterar.. Autoria própria, 11/2020. 
 
 
 
39 
 
 
 
 
40 
 
 
 
 
41 
 
 
 
 
 
 
 
 
42 
 
 
APÊNDICE O- Interface Android XML Formulário Buscar 
 
Documento 13. Interface Android em XML, Buscar.. Autoria própria, 11/2020. 
 
 
 
 
 
43 
 
 
APÊNDICE P- Interface Android Formulário Cadastrar 
 
Documento 14. Interface Android em XML, Cadastrar.. Autoria própria, 11/2020 
 
. 
 
44 
 
 
 
 
 
45 
 
 
 
 
 
 
46 
 
 
APÊNDICE Q- Interface Android Formulário Excluir 
 
Documento 15. Interface Android em XML, Excluir.. Autoria própria, 11/2020. 
 
 
 
47 
 
 
APÊNDICE R- Interface Android XML Formulário Inicio 
 
Documento 16. Interface Android em XML, Início.. Autoria própria, 11/2020. 
 
 
 
48