A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Sistema Digestório

Pré-visualização | Página 1 de 1

Sistema Digestório 
Introdução
Este sistema funciona em conjunto
com as diferentes substâncias para
digerir os alimentos, absorver o que
faz bem e evacuar os resíduos
• Manutenção de processos vitais.
• Transformação mecânica e química
dos alimentos
• Transportar alimentos digeridos,
água e sais minerais
• Eliminar resíduos
• Porção cefálica: boca, faringe
• Porção cranial: esôfago, estômago
• Porção média: intestino delgado
• Porção caudal: intestino grosso
• Glândulas anexas: fígado,
pâncreas, glândulas salivares
A boca é a primeira parte do sistema
digestório e comunica-se com o meio
externo.
A boca deve ser dividida
internamente em duas partes:
• vestíbulo oral – limitado 
externamente pelos lábios e bochechas
• cavidade oral - sendo limitado
internamente pelos dentes e gengivas 
e a língua. 
•Lábio superior (maxilar) – Lábio 
inferior (mandibular)
• Rima da boca – ângulos da boca 
direito e esquerdo
•Variando entre vermelho-claro e 
roxo em algumas espécies, na 
cavidade bucal que reveste o osso 
alveolar - suporte ósseo dos dentes
•Palato duro: papila incisiva, 
rugas palatinas
• Palato mole: sem pregas, liso.
Funções
Divisão
Boca
Lábios
Gengiva
Palato
Orgão muscular que auxilia na
mastigação, na deglutição e na
articulação da palavra
Função
- Lamber - Sucção
- Tátil - Preensão
- Deglutição
Características anatômicas
Boca fechada – língua ocupa toda a
cavidade oral Massa muscular Recoberto
por mucosa Ápice, dorso e raiz
• Papilas linguais:
- Mecânicas: filiformes,
- Gustativas: fungiformes, valadas,
folhadas
Responsáveis pela formação da saliva e
esta tem a função de lubrificar a boca,
proteger ela de bactérias e micro-
organismos, e também a função
digestiva. São três os tipos de glândulas
salivares:
- sub-mandibular - sub-lingual,
- parótida,
Os dentes são estruturas
implantadas no maxilar e na
mandíbula, relacionados à preensão,
ao corte e a trituração de alimentos.
Alternativamente, os dentes são
utilizados por muitos animais como
instrumentos de autodefesa ou de
ataque.
Funções
Mastigaçaõ, ataque e defesa,
transporte, locomoção, apreensão,
inoculação de veneno, caça, fonação
e mordida
Classificação
• Quanto a forma:
- Homodontes: (todos os dentes da
boca são iguais)
- Heterodontes: (os dentes na arcada
são diferentes e cada um
desempenha uma função).
• Quanto ao número de fileiras
dentárias:
- Polifiodontes (várias fileiras de
dentes)
- Difiodontes (duas fileiras de
dentes).
• A dentição dos animais é formada
por 4 tipos de dentes. São eles:
- Incisivos : possuem função de
cortar.
- Caninos : possuem função de
dilacerar.
- Pré-Molares: possuem as
funções de dilacerar, prender e
triturar.
- Molares: possuem as funções de
prender e triturar.
Glândulas salivares
DentesLíngua
Sistema Digestório PT II 
Sistema Digestório PT III 
Faringe
comum a dois sistemas, o sistema
digestório e o sistema respiratório.
laringofaringe, orofaringe e
nasofaringe.
Da faringe até o estômago para
conduzir o
alimento.
- acompanha a traqueia,.
• Esôfago Cervical
• Esôfago Torácico
• Esôfago Abdominal
O fígado é uma víscera (ou um
órgão) dos seres vertebrados, que
apresenta uma forma irregular e
uma cor vermelha escura.
• Funções:
• Produção de bile
• Armazenamento de glicose;
• Armazenamento de ferro e
vitaminas;
• Metabolismo de carboidratos,
proteínas e lipídios;
• Ação desintoxicante;
• Destruição de hemácias velhas ou
anormais;
• Localização
Localiza-se na parte mais cranial do
abdome Embora ultrapasse o plano
mediano, a maior parte fica à direita
em todas as espécies.
• Anatomia
Face diafragmática / Face visceral
Margem aguda / Margem obtusa
• Lobação:
Esquerdo - lobos lateral, medial
Direito - lateral, medial, quadrado e
caudado
• Na maioria dos animais 
domésticos, a bile deixa o fígado, e 
assim, é Armazenada na
vesícula biliar para ser, então 
liberada no intestino delgado.
A bílis, ou bile atua na digestão de 
gorduras e na absorção de 
substâncias nutritivas da dieta ao 
passarem pelo intestino.
Fígado
Vesícula biliar
Esôfago
Sistema Digestório PT IIV 
Pâncreas Classificação
• Quanto ao número de cavidades
- Pluricavitário / Policavitário
Bovino, Ovino e Caprino
- Monocavitário / Unicavitário
Cães, Gatos, Suíno, Humano, Aves
Equino e Coelho
- Secreções químicas e de enzimas 
são essenciais para a digestão
- Ação microbiana limitada portanto 
limitada digestão de fibras
• Anatomia
- Regiões - Curvaturas
- Cárdia - Maior
- Fundo - Menor
- Corpo - Pregueamento
- Piloro
Regiões anatômicas:
• Cárdia: continuação do esôfago.
• Fundo: porção dilatada a esquerda, 
ao lado da
cárdia
• Corpo: maior e principal parte do 
estômago;
• Piloro: direita e continua com o 
duodeno;
Estomago monocavitario
Estomago
O pâncreas esta localizado na alça
formada pelo duodeno, sobre o
estômago.
- O pâncreas é convencionalmente
considerado como sendo constituído
de um corpo e dois lobos, Quando
endurecido (in situ), o pâncreas
canino curva-se intensamente, com o
ápice do V localizando-se junto à
flexura cranial do duodeno.
- É um órgão oco do sistema
digestório situado abaixo do
diafragma, entre o esôfago e o
intestino, onde os alimentos são
depositados antes de serem enviados
ao intestino.
Funções:
- Começo da digestão de proteínas,
lipídeos.
- Secreção do suco gástrico;
- Ativação de enzimas;
• Ocupa ¾ da cavidade abdominal
• Estrutura e função do estômago é a
maior diferença entre monogástricos
e ruminantes
• 4 Compartimentos:
○ Rúmen ○ Reticulo
○ Omaso ○ Abomaso
• Rúmen
- Primeiro compartimento
- Maior parte do estômago
- Absorve nutrientes
- Alta necessidade de água
- Internamente composto por papilas
(pequenas projeções da parede do
rúmen)
• Retículo
- Segundo compartimento
- Há várias dobras
semelhante a favo de mel.
- Retenção de corpos
estranhos ingeridos pelo animal
• Omaso
- Terceira câmara do
estômago
- Absorção de água
• Abomaso
- Quarto compartimento
- Verdadeiro estômago
- Atividade enzimática
Sistema Digestório PT V 
O intestino é a parte final do
sistema digestório dos animais,
responsável pela absorção de
nutrientes e água e pela excreção dos
resíduos. Começa no piloro e
continua até o ânus.
O primeiro segmento curto que sai
do estômago é o duodeno. O jejuno é
a porção mais longa. O íleo é curto
e entra no cólon (intestino grosso).
• Duodeno
O duodeno está fixado a parede
dorsal do abdômen, tem início no
piloro.
• Jejuno
O jejuno é a maior parte do
intestino delgado, está localizado
sobre o colón.
• Íleo
O íleo é relativamente curto e com
camada muscular, facilitando a
movimentação do conteúdo intestinal
em direção ao intestino grosso.
Estomago policavitario Intestino
DUODENO
JEJUNO
ILEO
Intestino grosso serve como câmera
fermentativa e absorve água, o seu
desenvolvimento varia de acordo com
a espécie e o tipo de hábito
alimentar.
• Segmentos
- Ceco
- Cólon
ascendente
transverso
descendente
- Reto
• Ceco
•liga o Intestino Delgado ao
Intestino Grosso.
Ceco de Equinos
Ele é a maior parte do Intestino
Grosso, tem um formato de vírgula.
Ceco de Bovinos
O ceco é menor e liso. Tem menos
importância na digestão fermentativa
por se tratar de um ruminante
Ceco de Suínos
Apresentam o ceco em formato de
folha
Sistema Digestório PT VI 
• Colon
O colón é a porção mais longa do
intestino grosso, servindo
principalmente para a absorção de
água. O seguimento cólon se divide
em cólon ascendente, cólon
transverso e cólon descendente (nos
carnívoros)
• Nos carnívoros é dividido em
colón ascendente, transverso e
descendente.
• Nos ruminantes e suínos tem
formato espiralado.
• Nos equinos tem formato de dois
“C”
• Reto.
A Ampola retal que armazena as
fezes antes de serem excretadas
antecede o reto
Ele é a porção final do sistema
digestório que elimina os restos
alimentares não absorvidos pelo
organismo ao longo do trajeto,
finalizando assim a digestão animal.
Intestino grosso