A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
Ficha Avaliação cardio-respiratória

Pré-visualização | Página 1 de 3

AVALIAÇÃO CARDIORRESPIRATÓRIA 
 
Data da Avaliação: ______________ 
 
Avaliador (es):_________________________________________________________________ 
 
 
 
IDENTIFICAÇÃO DO PACIENTE 
Nome: Idade: 
Sexo: F ( ) M( ) Data nascimento: Estado civil: Telefone: 
Ocupação: Aposentado ( ) sim ( ) Não 
Endereço: 
Escolaridade: ( )Analfabeto ( )Ensino Fundamental Incompleto ( )Ensino Fundamental Completo 
( )Ensino Médio Incompleto ( )Ensino Médio Completo ( )Ensino Superior ( )Outro 
 
Diagnóstico(s) clínico(s): 
Médico responsável: 
 
 
1. ANAMNESE (PORTO, 2009) 
Queixa Principal 
 
 
Hist. Doença Atual 
 
 
 
Hist. Doença Pregressa 
 
 
Hist. Familiar 
 
 
Hist. Ocupacional 
 
 
 
1.1. HÁBITOS DE VIDA 
 
Tabagista? ( ) Sim ( ) Não; Tempo de uso (atual ou no passado):_______ Quantidade diária:_________ Há 
quanto tempo parou de fumar?______ 
Cálculo de Anos/Maço: (no cigarros/dia) x no anos que fumou = _____anos/maço 
 20 
Necessitou de internamento nos últimos 3 meses? ( ) Sim ( ) Não 
Causa:_____________________________________________________ 
 
Faz algum tipo de exercício físico regular? ( ) Sim ( ) Não; Qual a frequência: _______________ 
 
Faz uso de oxigênio domiciliar? ( ) Sim ( ) Não Tempo de uso diário:_____Fluxo:______l/min 
 
1.2. PRESENÇA DE COMORBIDADES (assinalar) 
Cardiovascular 
( ) Angina ( )Arritmias ( )Valvar ( )IAM ( )Insuficiência cardíaca 
( )Hipertensão ( ) Vascular periférica ( ) Cerebrovascular 
Pulmonar ( ) Asma ( ) Fibrose Pulmonar ( ) Hipertensão Pulmonar 
Neurológica ( )Outra neurológica ( )Demência ( )Hemiplegia e paraplegia 
Músculo 
Esqueléticas 
( ) Fraturas ( )Osteoporose ( )Artrose ( ) Outras 
Endócrina ( )Outra endócrina ( )Diabetes ( )Diabetes com complicação 
Renal ( )Insuficiência renal leve ( )Grave e moderada 
Hepática ( )Crônica e cirroses ( )Grave e moderada 
Gastro-intestinal ( )Hemorragia digestiva ( )Inflamação do intestino ( )Úlcera 
Reumatógicas ( ) Colagenoses ( ) Artrite Reumatóide ( ) Outras 
Outras 
 
 
 
 
1.3. MEDICAMENTOS EM USO (descrever o nome e a posologia) 
 
Nome comercial Posologia 
1. 
2. 
3. 
4. 
 
 
2. EXAME FISÍCO (PORTO, 2009) 
 
2.1. INSPEÇÃO 
 
 
2.1.1. ESTADO GERAL: ( ) Bom (paciente calmo, postura ativa, fácies atípica) ( ) Regular ( ) Mau (paciente debilitado) 
 
 
2.1.2. DADOS VITAIS (PRESTO, B, PRESTO, L,, 2003) 
 
FC: ______ bpm FR: ______ rpm SpO2: ______ % Temperatura: ______ 
PA: ________ mmHg Pressão de Pulso (PAS – PAD): ________mmHg 
( ) normal (até 40 mmHg) ( ) convergente ( ) divergente 
Duplo Produto (PAS x FC): 
 
 
Classificação - VII Diretriz da Sociedade Brasileira de Cardiologia (MALACHIAS MVB, 2016) 
[ ] Normal (≤120 e ≤80) [ ] Pré-hipertensão (121-139 e 81- 89) 
[ ] Hipertensão Estágio I (140 -159 e 90 - 99) [ ] Hipertensão Estágio II (160-179 e 100-109) 
[ ] Hipertensão Estágio III (≥180 e ≥110) [ ] Hipertensão sistólica isolada (≥ 140 e < 90) 
 
 
2.1.3. AVALIAÇÃO ANTROPOMÉTRICA: 
 
Massa corporal: Kg Estatura: cm IMC: Kg/m2 
Classificação do IMC: Circunferência Abdominal: cm 
 
 
Classificação da Circunferência Abdominal para risco de complicações cardiovasculares segundo a SBH 
 Masculino Feminino 
Aumentado ≥ 94 ≥ 80 
Aumentado substancialmente (obesidade abdominal) > 102 > 88 
 
 
2.1.4. SINAIS E SINTOMAS (PORTO, 2009) 
 
Dispneia durante as AVD? ( ) sim ( ) não (se “sim”, assinalar na escala abaixo) 
Medical Research Council – MRC (KOVELIS D, et al., 2008): por favor, de uma nota que representa a intensidade da sua “ falta 
de ar” quando faz suas atividades diárias no ultimo mês; 
[ ] 0 Só sinto falta de ar quando realizo exercícios intensos 
[ ] 1 Sofro de falta de ar quando ando apressadamente ou subo uma rampa leve 
[ ] 2 
Ando mais devagar do que pessoas da minha idade por causa da falta de ar ou tenho que parar para respirar 
mesmo quando ando devagar 
[ ] 3 Paro para respirar depois de andar menos de 100 metros ou após alguns minutos 
[ ] 4 Sinto tanta falta de ar que não saio mais de casa, ou quando estou me vestindo. 
 
 
 
Classificação Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) no projeto Saúde, Bem-estar e Envelhecimento (SABE) que 
pesquisou países da América Latina, incluindo o Brasil (SABE, 2003) 
(IMC<23kg/m2) baixo peso 
(23<IMC<28kg/m2) peso normal 
(28<IMC<30kg/m2) pré-obesidade 
(IMC>30kg/m2) obesidade 
 
 
Tosse: ( ) sim ( ) não ( ) Seca ( ) Produtiva 
Expectoração: ( ) sim ( ) não 
Aspecto da secreção: ( ) sim ( ) não ( ) Mucóide ( ) Amarelada ( ) Purulenta ( ) Outra 
Quantidade: ( ) sim ( ) não ( ) pequena ( )média ( ) grande 
Viscosidade: ( ) sim ( ) não ( ) espessa ( ) semi-espessa ( ) Fluida 
“Chiado no peito” ( ) sim ( ) não Frequência: ( ) diária ( ) semanal ( ) mensal 
Cianose ( ) sim ( ) não ( ) labial ( ) extremidades 
Palidez cutânea ( ) sim ( ) não 
Cansaço ( ) sim ( ) não ( ) nas AVDs ( ) todo o tempo 
Dor nas últimas 24h ( ) sim ( ) não 
 
 
Edema 
( ) sim ( ) não 
Localização e Intensidade do Cacifo (de acordo com escala abaixo): 
Intensidade do Sinal de Godet ou Cacifo (COELHO, E.B., 2004) 
Ausente Leve 
(2 mm depressão, 
sem deformação 
visível, desaparece 
rapidamente) 
Moderado 
(4 mm de depressão, desaparece 
em menos de 10 segundos) 
Intenso 
(6 mm, notavelmente profundo, 
desaparece de 10 a 15 segundos, o 
membro aparenta estar aumentado 
e edemaciado) 
Muito Intenso 
(8 mm, muito profundo, desaparece em 
> 20 segundos (de 1 a 2 minutos), com 
o membro muito deformado) 
- +/4+ ++/4+ +++/4+ ++++/4+ 
 
 
2.1.5. INSPEÇÃO DO TÓRAX (PRESTO, B, PRESTO, L,, 2003) 
 
TIPO DE TÓRAX 
Normolíneo ( ) Brevelíneo ( ) Longelíneo ( ) 
Enfisematoso ou Tonel: ( ) Pectus Carinatum ( ) Pectus Escavatum ( ) 
Outras deformidades torácicas: 
 
Hipertrofia dos músculos acessórios da inspiração ( ) Sim ( ) Não 
Presença de Tiragem ( ) Sim ( ) Não Localização: 
Anteriorização de cabeça ( ) Sim ( ) Não 
Protusão e elevação de ombros ( ) Sim ( ) Não 
 
 
 
2.1.6. RITMO RESPIRATÓRIO (PRESTO, B, PRESTO, L,, 2003) 
 
Normal (relação I/E = 1:2): ( ) Sim ( ) Não Cheyne-Stokes: ( ) Sim ( ) Não 
Biot: ( ) Sim ( ) Não Kussmaul: ( ) Sim ( ) Não 
Taquipneia : ( ) Sim ( ) Não Bradipneia: ( ) Sim ( ) Não 
 
Escala Visual Analógica – EVA (ROSS,1997). 
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 
 
Localização/intensidade: 
 
 
 
 
 
 
2.2. PALPAÇÃO 
 
2.2.1. MOBILIDADE TORACICA 
 
CIRTOMETRIA (BASSO, RP, et al., 2011) 
 Inspiração Expiração Indice Toraco-abdominal (insp. - exp.) 
Axilar 
Xifóide 
Abdominal 
Conclusão 
Mobilidade ( ) torácica ( ) Abdominal ( ) Mista 
Padrão ventilatório ( ) torácico ( ) Abdominal ( ) Misto 
 
 
2.2.2. EXPANSIBILIDADE TORÁCICA (PRESTO, B, PRESTO, L,, 2003) 
 
 Normal ( )  ( )  ( ) 
Região média Normal ( )  ( )  ( ) 
Bases Normal ( )  ( )  ( ) 
Interpretação: 
 
 
2.2.3. FORÇA MUSCULAR RESPIRATÓRIA (NEDER JA, et, al, 1999) 
 
MANOVACUOMETRIA 
 1o 2o 3o 4o 
Pimax (cmH2O) * Valor previsto= % do valor previsto

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.