A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
O Superego: Segunda tópica

Pré-visualização | Página 1 de 1

O Superego é a instância que representa os valores internalizados, estes
provenientes do meio social. As ideias tradicionais e as interpretações da
criança em relação aos pais faz com que a mesma internalize como para si
essa força moral. À isso denomina-se introjeção. 
 
Ademais, o Superego se guia pelo ideal da perfeição. Aqui a censura se faz
importante, ocorre a inibição do Id e a substituição da realidade pela
idealização da perfeição.
 
 
DIFERENÇAS DO EGO IDEAL E IDEAL DO EGO
 
O Ego ideal é aquele que nos guia ao que gostaríamos de ter sido, ou ao que
os outros gostariam que fossemos. Sempre leva em conta a expectativa do
outro em relação às nos. A ideia de não cumprir essa instância nos leva ao
desamparo. Um sentimento de inferioridade nos apodera, incapacitando-nos
de agir. Aqui o Ego é incapaz de de atender aos padrões do Superego.
 
Já o Ideal do Ego tem haver com o Complexo de Édipo. Diz respeito àquilo
que devemos ser para autorizar a emergência do desejo. Esta ligado ao
aspecto simbólico, à deformação da moralidade e também forma as ideias que
nos regula. O sentimento de culpa aqui se faz intenso, de modo que o
julgamento do Superego é preponderante.
@PSICODIDATA
1
Psicanálise Freudiana
O superego: segunda tópica